Arapoti, Jaguariaíva e Sengés atingem meta no IDEB

15/09/2016 12:090 comments

Jaguariaíva – As cidades de Arapoti, Jaguariaíva e Sengés atingiram sem problemas as metas estipuladas pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Do 1º ao 5º do ensino fundamental Arapoti atingiu a nota de 6.4, Jaguariaíva, 6.2 e Sengés 6.5. Os números se referem ao IDEB de 2015, divulgadas na última semana pelo Ministério de Educação (MEC).

Escola Municipal Maria de Loudes Oliveira Taques alcançou a maior nota de Jaguariaíva. 6.8. Foto: Divulgação

Escola Municipal Maria de Lourdes Oliveira Taques alcançou a maior nota de Jaguariaíva. 6.8. Foto: Divulgação

Arapoti passou de um IDEB em 2013 de 5.7 para 6.4, um crescimento de 10,9% em dois anos. A nota também está bem acima da meta estipulada para o ano que era de 5.0. Para efeitos de comparação, o índice do Paraná nas séries iniciais foi de 6,2. Portanto, Arapoti está acima da média estadual.

Em Jaguariaíva, o crescimento da educação foi um pouco menor que em Arapoti. Em 2013 o IDEB da cidade entre o 1º e o 5º ano era de 5.9. O índice subiu apenas 4,8%, menos da metade do crescimento de Arapoti. O município com o maior índice do IDEB no Paraná foi o de Atalaia, noroeste do estado. Com pouco mais de 4 mil habitantes, a cidade alcançou a nota de 8,1 (1º ao 5º ano) sendo a sexta maior do país. Porém, apesar do pequeno crescimento, Jaguariaíva atingiu a meta estipulada de 4.9 com sobras.

No entanto, a maior nota da microrregião foi alcançada por Sengés. Com um significativo crescimento de 15,3% entre 2013 e 2015, a educação municipal passou de 5,5 para 6,5 no IDEB, atingindo mais uma vez a meta do MEC que era de 5.3. Em Piraí do Sul, o IDEB pode ser considerado baixo se comparado as notas das cidades vizinhas. Com 5,3, a cidade não alcançou a meta para 2015 que era de 5.4.

As escolas municipais que mais se destacaram na região foram: Lhubina Rosa (Sengés) com 6.9, Maria de Lourdes Oliveira Taques (Jaguariaíva) com 6.8 e Telêmaco Carneiro (Arapoti) também com 6.8.

ideb

Infográfico Folha Paranaense

O que é o IDEB

O Índice foi criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas de melhoria do ensino. O Ideb é calculado a partir de dois componentes – a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep.

(Matéria Publicada na Edição Impressa de 14 de Setembro de 2016 da Folha Paranaense)