Polícia identifica autores de atentado contra médico

11/01/2018 10:04 am0 comentários

Jaguariaíva – A Polícia Civil informou que já identificou os dois responsáveis pela tentativa de roubo frustrada ocorrida no último dia 3 de janeiro e que resultou no baleamento do médico José Carlos Nisgoski. Ele foi encaminhado em estado grave a Ponta Grossa, onde foi internado na UTI do Hospital da Unimed e passou por cirurgias para a retirada dos projéteis. O médico passa bem e aguarda alta no hospital.

Os autores dos disparos foram dois jovens moradores de Arapoti, ambos de 20 anos de idade, mas que se encontram foragidos. Segundo o delegado da Polícia Civil de Jaguariaíva, Derick Moura Jorge, os criminosos fugiram e abandonaram a arma do crime no local, um revólver calibre .38. A Polícia não divulgou os nomes dos suspeitos

“A nossa equipe de Jaguariaíva os identificou com o apoio da equipe policial de Arapoti. Agora estamos em buscas para localizar ambos” informou o delegado.

O crime

O médico pediatra, José Carlos Nisgoski, foi vítima de disparos de arma de fogo no início da noite do último dia 03. Segundo relatório divulgado pela Polícia Militar (PM), a esposa da vítima relatou que quando abria o portão de sua residência, na Avenida Conde Francisco Matarazzo, no centro de Jaguariaíva, para adentrar com seu veículo, foi abordada por dois indivíduos.

Os elementos a obrigaram a voltar ao veículo e adentrar à garagem. O marido da mesma, que estava na residência, percebeu a ação e reagiu. Momento em que foi alvejado por vários disparos de arma de fogo. Os autores fugiram, sentido ao parque linear.

Revólver utilizado no crime foi abandonado no local. Foto: Divulgação/Polícia Civil