MP deflagra operação para apurar desvios de R$ 306 mil do Colégio Agrícola de Arapoti

03/04/2018 12:310 comments

Arapoti – A Promotoria de Justiça deflagrou na manhã desta terça-feira, 03, a “Operação Usurpador”. Mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, foram cumpridos no Colégio Agrícola de Arapoti, na empresa de comercialização de grãos (Agropantanal), em um posto de combustíveis e nas residências do diretor do colégio e de um técnico agrícola.

O Promotor de Justiça, José de Oliveira Júnior, coordenou pessoalmente o cumprimento dos mandados. A ação foi composta por 20 policiais militares do batalhão de choque do Estado do Paraná, além de sete viaturas. Também participou da operação em Arapoti uma equipe de informática do Centro de Apoio a Execução do Ministério Público, com o objetivo de auxiliar na análise dos computadores apreendidos.

De acordo com a Promotoria da Comarca de Arapoti, estão sendo investigados supostos desvios de safras de milho, soja e eucaliptos plantadas no Colégio Agrícola desde o ano de 2015. O valor dos desvios, até agora apurados, seriam de aproximadamente R$ 306.872,00.

Segundo o MP, para a execução dos crimes, os investigados incorreram em práticas como falsidade ideológica, fraude a licitação, peculato e outras contravenções penais. A Promotoria está apurando a existência de uma organização criminosa constituída por servidores do colégio, familiares e empresários da cidade.

Fonte: MP/PR