Atlético vence São Paulo e sai na frente na disputa pela vaga para a próxima fase da Copa do Brasil

05/04/2018 10:11 am0 comentários
A primeira partida da quarta fase da Copa do Brasil foi disputada na noite desta quarta-feira (4), no Caldeirão. Com o show da torcida rubro-negra nas arquibancadas, o Atlético Paranaense fez sua parte dentro de campo e venceu o São Paulo por 2 a 1, gols de Pablo e Paulo André.
O jogo de volta, que define quem avança para as oitavas de final, acontece no próximo dia 19 [quinta-feira], no Estádio Morumbi, em São Paulo (SP). A bola rola às 19h15.
 
Furacão joga melhor e abre o placar no primeiro tempo
O Atlético Paranaense teve maior volume de jogo nos primeiros minutos e conseguiu chegar bem ao ataque em algumas oportunidades, embora não tenha conseguido a finalização.
Aos oito minutos, Nikão protegeu a bola na área adversária e caiu após disputa com Rodrigo Caio. A arbitragem nada marcou.
O São Paulo finalizou duas vezes antes dos quinze minutos, uma vez com Nenê e outra com Liziero. Ambas de fora da área e para fora.
Aos 17 minutos, Lucho tabelou com Guilherme e invadiu a área pela direita. O cruzamento foi bom para o meio da área, mas a defesa afastou.
Com perigo o Furacão chegou aos 22’, com Paulo André. O zagueiro apareceu no campo de ataque e finalizou forte, por cima do gol de Sidão.
Mas no minuto seguinte, o gol saiu. Pablo ganhou a disputa de bola no meio de campo e partiu em velocidade para o ataque. Ele tentou o passe dentro da área, a defesa cortou parcialmente e a bola voltou para o camisa 92, que soltou uma bomba cruzado e estufou as redes. 1 a 0!
Já no final da primeira etapa, aos 43’, Carleto cobrou falta na segunda trave. Veiga tentou o desvio, mas não alcançou.
No segundo tempo, o Rubro-Negro voltou com mudança. Camacho substituiu Jonathan. Com isso, Raphael Veiga passou a jogar na direita, e foi dali que ele criou uma boa chance, aos sete minutos. Ele recebeu próximo à área e bateu forte. A bola tocou na rede, pelo lado de fora.
Dois minutos depois, outra chance. Em boa troca de passes no ataque atleticano, Guilherme tocou para Pablo na meia lua da grande área. O camisa 92 passou para Nikão, que bateu de primeira, para fora.
Aos 12’, foi a vez de Guilherme tentar. A jogada começou no campo de defesa, com uma bela troca de passes. Guilherme abriu para Carleto, que avançou e devolveu para o camisa 17. Ele bateu colocado, tirando do goleiro, mas a bola saiu à direita.
Carleto, de falta aos 15’, quase marcou. Ele cobrou direto, rasteiro, mas a defesa tirou para escanteio. E foi na cobrança que saiu o segundo gol. Carleto mandou na segunda trave e a defesa afastou mal. Paulo André estava esperto e desviou para o fundo das redes. 2 a 0!
Aos 19 minutos, o São Paulo diminuiu com Trélez após cruzamento da esquerda. 2 a 1.
Depois de pouco mais de dez minutos sem muitas chances criadas, o Rubro-Negro chegou bem com Nikão. Aos 32’, ele recebeu boa bola de Pablo na direita, ajeitou e bateu forte. Sidão mandou para escanteio. Na cobrança, Thiago Heleno tocou de cabeça para fora.
Ficha técnica: Atlético Paranaense 2×1 São Paulo
Copa do Brasil: Quarta fase – Jogo de ida
Data: 04/04/2018 [quarta-feira]
Horário: 21h45
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba
Público total: 24.545
Público pagante: 22.865
Renda: R$654.115,00
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (CBF-SE)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (CBF-SE) e Ailton Farias da Silva (CBF-SE)
Quarto árbitro: Diego da Silva (CBF-SE)
Atlético Paranaense: Santos; Pavez, Paulo André (José Ivaldo, aos 28’ do 2ºT) e Thiago Heleno; Jonathan (Camacho, no intervalo), Lucho González (Wanderson, aos 25’ do 2ºT), Raphael Veiga e Carleto; Guilherme, Pablo e Nikão.
Técnico: Fernando Diniz
Gols: Pablo, aos 23’ do 1º tempo, e Paulo André, aos 16’ do 2º tempo
São Paulo: Sidão; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Petros (Cueva, aos 12’ do 2ºT) e Nenê; Marcos Guilherme (Régis, aos 12’ do 12ºT), Tréllez e Liziero (Hudson, aos 29’ do 2ºT).
Técnico: Diego Aguirre
Cartões amarelos: Reinaldo, Rodrigo Caio e Militão
Gol: Tréllez, aos 19’ do 2º tempo.