Ministério Público apresenta denúncia contra vereador

12/04/2018 10:290 comments

Arapoti – A Promotoria de Justiça da Comarca de Arapoti apresentou nesta quarta-feira, 11, uma denúncia contra o vereador Giovanni Carneiro (PP) pelo crime de estelionato qualificado. O Ministério Público (MP) requereu à Justiça o recebimento da denúncia e o prosseguimento da ação penal com o julgamento do caso.

Segundo o documento apresentado pelo Promotor de Justiça, José de Oliveira Júnior, o vereador teria obtido vantagem financeira indevida no valor de R$ 4.800,00 por supostamente ludibriar uma idosa. De acordo com a denúncia, Giovanni teria prometido que conseguiria um aumento de 25% no valor da aposentadoria da idosa junto à Previdência Social.

Para tanto, segundo o Ministério Público, o vereador teria exigido o valor de R$ 4.800,00 para o pagamento de custas referente ao processo para alguém denominado como “conselheiro”. “O denunciado  pegou fotocópias de RG, CPF, comprovante de residência e documentos do INSS da vítima, para simular que estava tomando providências para obter o aumento do benefício da idosa e mantê-la em erro, porém as respostas encaminhadas pelo INSS e pela Justiça Federal demonstram que nehum pedido foi apresentado, em que pese os documentos falsos apreeendidos na residência do denunciado” aponta a denúncia.

O suposto crime teria iniciado entre outubro de 2015 e março de 2016 e, conforme a Promotoria, a vítima foi ludibriada até setembro do ano passado com a promessa da conquista do aumento no benefício. O promotor disse que existem provas através de documentos apreendidos, de depoimentos colhidos e de interceptações telefônicas  autorizdas pela Justiça.

 

O Ministério Público enviou a denúncia para a Câmara Municipal informando que compete ao Legislativo não apresentar obstáculos na formulação de uma eventual denúncia por parte de qualquer eleitor.