Parecer sobre o processo do vereador Giovanni será apresentado dia 11

04/06/2018 14:550 comments

Arapoti – A leitura do parecer sobre o processo de quebra de decoro parlamentar do vereador Giovanni Carneiro (Progressistas) será realizada em sessão pública do Conselho de Ética da Câmara Municipal na próxima segunda-feira, 11 de junho. A reunião está programada para às 09h.

A informação foi confirmada pelo relator do parecer, vereador Ricardo Pedroso (PPS). Nesta segunda-feira, 04, ele estará protocolando o parecer junto à Comissão. A votação do parecer será feita na sessão do dia 11, após a leitura. Somente então depois é que o caso será analisado pelo plenário da Câmara.

Vereador Giovanni afirmou que vai provar a sua inocência. Foto: Divulgação.

O caso

A denúncia contra o vereador Giovanni foi recebida pela Câmara no dia 25 de abril. Ela foi enviada ao Conselho de Ética para a análise se houve ou não a quebra do decoro parlamentar por parte do vereador. O conselho é formado pelos vereadores Nei Ferreira (PSC), Ricardo Pedroso (PPS) e Victor Brondani (PDT).

A denúncia apresentada na Câmara é baseada em ação proposta pelo Ministério Público da Comarca de Arapoti que acusa o vereador de ter cometido o crime de estelionato qualificado por supostamente ter recebido R$ 4,8 mil de uma aposentada com a promessa de que conseguiria um aumento no valor mensal do seu benefício junto ao INSS. Segundo a promotoria, o vereador teria ludibriado a idosa com a intenção de obter vantagem financeira.

O vereador Giovanni negou as acusações e afirmou que pretende provar a sua inocência ao fim do processo. “Vou provar minha inocência.  Se Deus quiser tudo vai ser provado e eu vou concluir o meu mandato” disse Giovanni, que afirmou estar sendo alvo de retaliação política por ter votado a favor da cassação do ex-prefeito Braz Rizzi (DEM) em setembro do ano passado.