Expoleite 2018 teve público recorde e resultado inédito dos julgamentos

01/08/2018 09:200 comments

Arapoti – A 46ª edição da Expoleite, realizada pela Capal Cooperativa Agroindustrial, chegou ao fim no sábado (28) e reuniu um público recorde de 20 mil pessoas, o dobro da edição anterior. Outra grande novidade da exposição foi o resultado do Julgamento de Gado Holandês, com cerca de 300 animais inscritos e que premiou um mesmo criador com três animais no grande campeonato.

Pela primeira vez o Julgamento de Raça Holandesa da Expoleite integrou o Circuito Nacional da Raça Holandesa, com a etapa credenciada junto à Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (ABCBRH). O juiz canadense Richard Landryn elogiou a qualidade dos animais e o trabalho desenvolvido pelos criadores da região. Ele destacou ainda o ineditismo do resultado da competição. “Não é em todas as exposições que podemos ver três grandes vacas no grande campeonato do mesmo criador. Essa é a primeira vez que eu julguei dessa forma, avaliando para o circuito nacional, e isso é um fato muito importante.”

No Grande Campeonato, categoria de Gado Holandês Preto e Branco, o vencedor unânime foi o criador Pedro Elgersma, que saiu da Expoleite com premiação de Melhor Criador e Expositor de Gado Holandês Preto e Branco e com destaque para três dos 15 animais que levou para a exposição. São eles: Halley Sigilosa Windbrook 322 TE, Halley Ruivinha Doorman 538 TE e Halley Verdade Windbrook 274 TE. “Para a nossa família essa conquista representa o resultado de um trabalho em equipe, com muita confiança, respeito e dedicação de cada um”, conta Ronald Elgersma.

No Grande Campeonato, categoria de Gado Holandês Vermelho de Branco, os vencedores foram os criadores Korstiaan Bronkhorst, com o animal Bronkhorst Royal 261 Anahiem Red; Ubel Borg, com o animal Borg Red Rose Cinz Destry 1714; e Hirochi Uehara, com o animal Naha Sky Debonair 318 – TE. E o título de Melhor Criador e Expositor de Gado Holandês Vermelho e Branco foi para Adriaan Frederik Kok.

Foco no produtor

O evento, já consagrado como polo difusor de conhecimento e troca de experiências dentro do setor de pecuária leiteira, exibiu, ao longo de quatros dias, palestras técnicas, 60 estandes de empresas ligadas ao segmento, apresentação das crianças e adolescentes do Clube de Bezerras, Encontro de Suinocultores e Exposição de Flores.

Para o Presidente Executivo da Capal, Adilson Roberto Fuga, a sensação pós-feira é de satisfação e dever cumprido. “Em mais um ano cumprimos nosso objetivo com a Expoleite, que é contemplar os produtores, levando a eles conhecimento e mostrando novidades do setor que podem ser aplicadas à realidade de cada um. Estamos extremamente orgulhosos com os resultados e principalmente com a presença em massa de produtores e com o feedback que nos passaram sobre a qualidade, organização e evolução desta edição da Expoleite.”

O criador de gado holandês Charles Salomons faz parte da segunda geração da família que participa da Expoleite expondo seus melhores animais. Nesta edição foram 15 animais inscritos. “A exposição é uma grande oportunidade para trocarmos experiências com outros criadores, além de ser um momento de reconhecimento e validação do trabalho que realizamos ao longo do ano”, ressalta.

A pequena produtora Danielle Ferraz dos Santos esteve na Expoleite pela primeira vez e conta que adquiriu novos conhecimentos para aplicar em sua propriedade. “As palestras foram muito produtivas, aprendi sobre a importância da aplicação consciente das medicações para o controle da mastite bovina e conheci muita tecnologia para melhorar desde o processo de ordenha até o bem- estar do gado”, relata.

A cooperativa

A região atendida pela Capal, formada por 80 municípios, está localizada em uma das principais bacias leiteira do País. A cooperativa, que faz 58 anos em 2018, reúne quase 3 mil produtores cooperados, dos quais 1,1 mil se dedicam à atividade leiteira em propriedades pequenas, médias e grandes.

Serviço:

Mais informações pelo site www.capal.coop.br/expolei te