Agosto Azul: Câmara apoia campanha de incentivo à saúde do homem

03/08/2018 08:550 comments

Arapoti – A Câmara Municipal de Arapoti começa o mês de agosto no azul. E não estamos falando de finanças, mas sim de saúde. É a Campanha Agosto Azul, que chama a atenção para os cuidados que os homens devem ter com a saúde.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida do homem brasileiro é sete anos menor em relação à da mulher. Este é um fato que evidencia que em geral o homem dá menos atenção à saúde. Ter hábitos saudáveis, como ingerir alimentos balanceados, ter uso moderado da bebida alcoólica, praticar exercícios e fazer exames regularmente, são decisivos para diminuir as chances de incidência e agravamento de doenças.

O Secretário Municipal de Saúde, Ademir Moreira, anunciou que as ações do Agosto Azul em Arapoti também serão realizadas nas empresas. A Prefeitura deve fazer testes rápidos e palestras de conscientização para funcionários do setor privado e público, dentro do ambiente de trabalho. “Dificilmente o homem falta ao trabalho para ir ao médico, ou busca uma unidade de saúde. Pensando nisso, teremos um cronograma de ações a serem realizadas dentro das empresas e também com os funcionários públicos”, explicou. “Também em breve teremos nas unidades de saúde tratamentos de combate ao tabagismo, uma das principais causas de câncer entre os homens”.

No Paraná – Em 2012, foi instituído no Estado do Paraná que o mês de agosto seria dedicado à realização de ações para incentivar a prevenção e a promoção da Saúde do Homem (Lei n°17.099, de 28 de março de 2012). O objetivo principal é motivar uma mudança cultural para que homens procurem atendimento médico e verifiquem sua condição de saúde com mais frequência, antes que doenças se manifestem de forma mais grave. Exames simples como testes para diabetes, hipertensão, aids e hepatite estão disponíveis na rede pública de saúde e podem identificar enfermidades ainda em estágios iniciais.

Esse ano, a campanha chama a atenção para os malefícios do uso do tabaco, um dos principais responsáveis pelas mortes das pessoas em todo o mundo. A discussão do tema tem como objetivo alertar para a importância da adoção de hábitos saudáveis de maneira que o curso da vida não seja interrompido precocemente.