Conselho de Ética aprova parecer sobre cassação do vereador Giovanni

06/08/2018 21:030 comments

Arapoti – Na noite desta segunda-feira, 06, os vereadores membros do Conselho de Ética da Câmara Municipal decidiram, por dois votos a um, aprovar o parecer que pede a cassação do mandato do vereador Giovanni Carneiro (PP). O documento foi elaborado pelo relator do processo, vereador Ricardo Pedroso. Além dele, votou pela aprovação, o vereador Joel de Melo (PTB). Apenas Nei Ferreira (PSC) foi contra o prosseguimento da denúncia.

 

Com a aprovação do parecer, o processo agora segue para votação em plenário. Para ter o mandato definitivamente cassado, serão necessários os votos de 2/3 da Casa, ou seja, seis vereadores. A expectativa é que esta sessão seja marcada para os próximos dias.

Giovanni é acusado de estelionato qualificado por supostamente ter ludibriado uma aposentada, prometendo a esta que conseguiria um aumento no valor do pagamento mensal do seu benefício junto à Previdência Social. O Ministério Público (MP) da Comarca de Arapoti foi o autor de processo criminal junto à Justiça. Foi este processo que motivou a denúncia levada até a Câmara de Vereadores.

Caso Giovanni tenha o mandato cassado, quem assume a vaga é o suplente da chapa, Sílvio Lopes do PP.