Atlético vence o Bahia e ganha a 4ª consecutiva no brasileirão

03/09/2018 09:120 comments
O Atlético Paranaense segue sua ascendência no Campeonato Brasileiro! O Furacão venceu mais um jogo neste domingo (2), desta vez contra o Bahia, pela 22º rodada. Pablo e Rony marcaram os gols da vitória por 2 a 0. Com o resultado, o Rubro-Negro subiu para a nona posição, com 24 pontos.
O time comandado por Tiago Nunes volta a campo na quarta-feira (5), contra o Palmeiras, em São Paulo (SP). A partida está marcada para às 21h.
Furacão cria as melhores chances, mas para em boa atuação do goleiro adversário
Após uma pressão inicial do time visitante, o Furacão chegou ao ataque com Renan Lodi aos quatro minutos. Ele colocou uma bola cheia de açúcar dentro da área. O goleiro conseguiu desviar antes de chegar em Nikão. Foi a mesma coisa no minuto seguinte, em que Douglas colocou para lateral após cruzamento do camisa 12.
O Bahia se arriscou no ataque aos 19 minutos e o Furacão partiu em um rápido contra-ataque. A bola foi de pé em pé até Jonathan, que lançou Pablo dentro da área. O camisa 92 tentou o chute para o meio e o goleiro cortou com os pés. Na sobra, Marcinho bateu mas o chute foi cortado pela defesa na pequena área.
O Rubro-Negro continuou apostando nas jogadas trabalhadas. Foi assim que criou mais uma boa chance aos 29 minutos. Jonathan cruzou da direita, uma bola forte na segunda trave. Pablo cabeceou, mas a bola foi por cima.
Três minutos depois, cobrança de falta ensaiada e José Ivaldo soltou a bomba rasteira par ao gol. O goleiro foi buscar no canto. No rebote, Lodi tentou tocar para o meio da área, mas a defesa colocou para escanteio.
Aos 39’, Nikão recebeu na direita, viu o espaço e soltou a bomba no canto. Douglas espalmou. Na sequência da jogada, Renan Lodi foi lançado no fundo e fez o cruzamento. O defensor baiano tirou a bola com o braço, mas o árbitro nada marcou.
Nos acréscimos da primeira parte, o Bahia chegou com Elton. Ele bateu bem, rasteiro no canto, mas Santos praticou ótima defesa. Na sequência, Gilberto bateu para fora, com perigo.
Aos 48’, veio a resposta. Jonathan cruzou da direita na medida para a boa cabeçada de Marcinho. Douglas foi buscar no canto. Ótima defesa do goleiro do Bahia.
Pablo comanda vitória com gol e assistência na segunda etapa
O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro. O time visitante tentou uma pressão inicial, mas logo o time atleticano assumiu o controle da partida. Aos 11 minutos, após cruzamento de Marcinho, Renan Lodi apareceu na segunda trave para desviar. A bola, no entanto, foi para fora.
De tanto insistir, o Rubro-Negro abriu o placar aos 22 minutos. Nikão passou para o camisa 92, que com um toque sutil driblou o marcador. Ainda de fora da área, ele soltou a bomba no canto direito. Golaço de Pablo, em seu jogo 150 com a camisa atleticana! 1 a 0!
Aos 30’, Pablo teve mais uma chance. O chute de Rony parou na defesa e Pablo esticou o pé dentro da área para dominar. A bola ficou longe e ele tentou a finalização, que foi defendida pelo goleiro.
A dupla Pablo e Rony foi responsável pelo segundo gol atleticano, aos 32’. O camisa 92 recebeu cruzamento, dominou pelo lado direito e mandou rasteiro para o meio da área. Lá estava o estreante da noite, Rony, que bateu de primeira e estufou as redes. 2 a 0 Furacão!
O jogo, a partir de então, passou a ser controlado com tranquilidade. Sem poder de criação, o Bahia não assustou a defesa atleticana.
Ficha técnica: Atlético Paranaense 2×0 Bahia
Campeonato Brasileiro: 22ª rodada
Data: 02/09/2018 [domingo]
Horário: 16h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) [categoria MTR]
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) [categoria AB] e Lucio Beiersdorf Flor (RS) [categoria AB]
Quarto árbitro: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) [categoria CD]
Árbitros assistentes adicionais: Rafael Gomes Felix da Silva (SP) [categoria CD] e Thiago Duarte Peixoto (SP) [categoria AB]
Público total: 13.433
Público pagante: 11.471
Renda: R$ 238.580,00
Atlético Paranaense: Santos; Jonathan, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão, Raphael Veiga (Bruno Nazário, aos 27’ do 2ºR) e Marcinho (Rony, aos 17’ do 2ºT); Pablo (Bergson, aos 36’ do 2ºT).
Técnico: Tiago Nunes
Gols: Pablo, aos 22’ do 2º tempo; Rony, aos 32’ do 2º tempo.
Cartão amarelo: Raphael Veiga
Bahia: Douglas (Fernando, no intervalo); Bruno (Nino Paraíba, no intervalo), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinicius e Elber; Edigar Junio (Clayton, aos 24’ do 2ºT) e Gilberto.
Técnico: Enderson Moreira
Cartão amarelo: Elton, Elber