Série B: Coxa vence Juventude e ainda sonha com acesso

07/10/2018 09:250 comments

Foi no minuto 52 do segundo tempo que Wilson balançou as redes para a comemoração da torcida coxa-branca. A noite desta sexta-feira (05) terminou com vitória de 2×1 do Coritiba sobre o Juventude na 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com gols de Alecsandro e Wilson, de pênalti, o Coxa quebrou um tabu de mais de 15 anos sem vencer o time gaúcho.

Os três pontos somados são importantes para o Alviverde na retomada na competição. Agora, com 43, o Coxa ocupa a oitava colocação da competição e até fim desta noite fica a cinco pontos do G4, aguardando ainda o fim da rodada que termina amanhã com mais dois jogos

Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o Coxa teve a oportunidade de entrar em campo repetindo o mesmo time que iniciou a última rodada. Com isso, Argel Fucks mandou o Verdão com: Wilson, Leandro Silva, Alan Costa, Rafael Lima, Abner, Simião, Uillian Correia, Jean Carlos, Chiquinho, Guilherme Parede e Alecsandro.

Desde os primeiros minutos, o Coritiba buscou se impor. Com boa organização, o Alviverde trabalhava no setor ofensivo. Postado na defesa, o Juventude procurava apenas contra-atacar o Verdão.

O Coxa chegou a balançar as redes aos 22 minutos, com Guilherme Parede, mas a arbitragem anotou impedimento na jogada. O mesmo Parede quase marcou aos 29’, após passe de Chiquinho, mas mandou para fora.

O Juventude teve um lance perigoso, com Hugo Sanches, que soltou a bomba da entrada da área, mas a bola passou perto do gol de Wilson. Ainda na etapa inicial, Abner avançou pela esquerda e cruzou na área, Alecsandro desviou no primeiro pau e quase fez.

Já na etapa complementar, o Coxa voltou com tudo e abriu o placar no primeiro gol do segundo tempo. Abner recebeu de Simião e cruzou, Alecsandro se antecipou ao zagueiro e tocou para o gol. A bola bateu no travessão e pingou dentro da meta, para delírio da torcida.

O gol deu confiança ao Coritiba que passou a procurar o segundo gol. Guilherme Parede recebeu de Jean Carlos, passou por Bonfim e quase marcou. Na sequência, Yan Sasse que havia acabado de entrar, arriscou da entrada da área e Douglas Silva salvou.

Na reta final do segundo tempo, o Coxa passou a atuar com um atleta a mais em campo. Isto porque, Leandro Lima foi expulso após reclamar veemente com a arbitragem da partida.

Aos 34 minutos, o Coxa teve tudo para aumentar o marcador. Leandro Silva cruzou da direita, na marca do pênalti Chiquinho bateu de primeira, mas mandou para fora do gol do Juventude. Porém, o Juventude teve um contra-ataque e empatou a partida aos 44’.

O fim da partida foi, então, emocionante. O árbitro assinalou cinco minutos de acréscimo e o Coxa foi para cima. Até que foi marcado o pênalti a favor do Coritiba, após toque de mão de Lucas dentro da área. O goleiro coxa-branca, ídolo da torcida, Wilson, atravessou o gramado, pegou a bola e se preparou para cobrar. Aí foi só comemoração. Ele bateu no meio do gol e o Coxa fez o 2 a 1 para cima do Juventude.

Agora o Coritiba tem um desafio fora de casa contra o Figueirense. No sábado, dia 13, o Verdão entra em campo no Orlando Scarpelli buscando pontos longe de seus domínios.