Atlético é derrotado para o Inter com pênalti mal marcado

05/11/2018 08:010 comments
Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense foi derrotado pelo Internacional, por 2 a 1. Camacho marcou para o Furacão. Mas o duelo no Beira-Rio, em Porto Alegre, ficou manchado por um pênalti inexistente marcado pela arbitragem no final da partida, que se encaminhava para o empate.
Com a derrota, o Rubro-Negro segue com 43 pontos, na nona colocação. O Internacional está com 61 pontos, no segundo lugar.
Pelo torneio nacional, o Furacão volta a campo no dia 10 de novembro [sábado], contra o Cruzeiro, às 19h, no Joaquim Américo. Antes, a equipe tem o primeiro jogo da semifinal da Conmebol Sul-Americana. O Rubro-Negro enfrenta o Fluminense, na quarta-feira (7), às 21h45, no Caldeirão.
O jogo
O primeiro tempo no Beira-Rio foi de muito estudo e poucas chances de gol. O Internacional tocava a bola, mas a defesa do Furacão protegia bem o gol defendido por Felipe Alves.
A primeira finalização foi do Rubro-Negro, aos 22 minutos. Em jogada individual, Rony arriscou de fora da área, mas Marcelo Lomba fez a defesa. Dois minutos depois, o Inter respondeu com D’Alessandro, que bateu à direita do gol atleticano.
O Furacão quase abriu o placar aos 34 minutos. O atacante Bergson cobrou falta da intermediária e a bola passou com perigo à esquerda do gol adversário.
O segundo tempo começou com as equipes buscando o gol. O Internacional chegou com perigo aos três minutos. Nico Lopez arriscou com perigo, mas Felipe Alves jogou para escanteio.
O lance mais perigoso foi do Atlético Paranaense. Aos sete minutos, Márcio Azevedo cobrou falta na área, e Victor Cuesta quase marcou contra. A bola bateu na trave e saiu.
Aos 19 minutos, saiu o gol rubro-negro. Camacho roubou a bola no meio de campo, conduziu e bateu forte. A bola desviou em Rodrigo Moledo e entrou: 1 a 0.
O Furacão voltou a levar perigo aos 25 minutos. Raphael Veiga bateu de fora da área e a bola passou perto do gol.
O Internacional conseguiu o empate aos 36 minutos. Wellington Silva cruzou e Rodrigo Moledo completou para o gol, deixando tudo igual.
Já nos acréscimos, o árbitro marcou um pênalti inexistente para o time da casa. Rossi caiu na área, mesmo sem ser tocado por Márcio Azevedo, que corria junto. D’Alessandro bateu e marcou o segundo gol.
O Furacão ainda tentou o empate com Rony, aos 50 minutos, mas o goleiro adversário salvou. Depois disso, a arbitragem encerrou a partida, com um escanteio a favor do Furacão, antes do tempo apontado por ele.
Ficha técnica: Internacional 2×1 Atlético Paranaense 
Campeonato Brasileiro: 32ª rodada
Data: 04/11/2018 [domingo]
Horário: 19h
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira – SC [categoria AB]
Assistentes: Helton Nunes – SC [categoria AB] e Alex dos Santos – SC [categoria AB]
Quarto árbitro: Thiaggo Americano Labes – SC [categoria AB]
Público total: 32.007
Renda: R$ 625.080,00
Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias (Rossi, aos 34’ do 2ºT), Juan Alano (William Pottker, aos 21’ do 2ºT) e Patrick; D’Alessandro, Nico López e Leandro Damião (Wellington Silva, aos 14’ do 2ºT).
Técnico: Odair Hellmann.
Gols: Rodrigo Moledo, aos 36’ do 2ºT; D’Alessandro, aos 48’ do 2ºT
Cartões amarelos: Victor Cuesta, aos 20’ do 1ºT; Iago, aos 28’ do 2ºT
Atlético Paranaense: Felipe Alves; Diego, Wanderson, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães e Camacho (Léo Pereira, aos 38’ do 2ºT); Marcinho (Marcelo, aos 25’ do 2ºT), Matheus Rossetto (Raphael Veiga, aos 20’ do 2ºT) e Rony; Bergson.
Técnico: Tiago Nunes.
Gols: Camacho, aos 19’ do 2ºT.
Cartões amarelos: Felipe Alves, aos 34’ do 2ºT, Márcio Azevedo, aos 47’ do 2ºT