Jogando com reservas, Furacão fica no empate contra o Ceará

26/11/2018 08:300 comments
O Atlético Paranaense fez seu último jogo em casa pelo Campeonato Brasileiro 2018. Na tarde deste domingo (25), o Rubro-Negro empatou com o Ceará, em 2 a 2, pela 37ª e penúltima rodada da competição nacional.
Após sair atrás no placar, o Furacão virou com gols de Marcinho e Lucho. Felipe Alves ainda defendeu um pênalti na segunda etapa, mas o time de Fortaleza (CE) chegou à igualdade.
Na última rodada, no próximo fim de semana, o Atlético Paranaense enfrenta o Flamengo, fora de casa, no encerramento do Brasileirão.
O jogo
A partida não teve muitas oportunidades nos primeiros minutos. O Atlético teve maior posse, mas não conseguiu ser efetivo nas jogadas.
Efetividade teve o Ceará, que conseguiu abrir o placar na primeira finalização para o gol. Em um contra-ataque, a bola foi virada para Leandro Carvalho, que pegou de primeira e marcou o gol, aos 25 minutos.
O Rubro-Negro assustou aos 37’, com Bergson. Marcinho cruzou da direita, José Ivaldo escorou de cabeça e o camisa 30 bateu de primeira. A bola passou perto da trave e saiu pela linha de fundo.
Dois minutos mais tarde, Camacho recebeu no meio e arriscou o chute. A bola foi por cima. Aos 44’, Márcio Azevedo cobrou escanteio e Marcinho desviou de cabeça, pelo lado esquerdo do gol.
Nos acréscimos, a melhor chance atleticana. Guimarães achou Rossetto na entrada da área. O camisa 20 dominou, cortou para o meio e bateu de perna esquerda. O goleiro defendeu o chute rasteiro.
O Furacão voltou melhor para a segunda etapa. Logo no primeiro minuto, Lucho recebeu passe dentro da área e tocou para Bergson, que ficava na cara do gol. A arbitragem marcou impedimento do camisa 3, que estava na mesma linha da defesa.
Um minuto mais tarde, Marcinho arriscou de fora da área e a bola passou muito perto do gol.
E de insistir, veio o empate, aos sete minutos. Diego fez o cruzamento na área, a zaga afastou mal e Marcinho não perdoou, mandou de perna esquerda para o fundo das redes!
A virada também não demorou. Escanteio cobrado pelo lado esquerdo, Rony desviou na pequena área e Lucho González apareceu na segunda trave para estufar as redes, em seu centésimo jogo com a camisa rubro-negra. 2 a 1 Furacão!
Perigo para o gol atleticano aos 17 minutos. Cruzamento na área e, após desvio, a bola tocou na trave e saiu pela linha de fundo.
O terceiro quase saiu aos 25’. A troca de passes chegou até Lucho, que tocou para Bergson, na meia-lua da grande área. Ele bateu de perna esquerda, mas pegou muito forte e a bola foi por cima do gol.
Se lá na frente o ataque fazia sua parte, a defesa não ficava por menos. Aos 28’, Felipe Azevedo bateu forte da entrada da área e Felipe Alves fez ótima defesa, espalmando para escanteio.
Aos 30 minutos, o time atleticano saiu jogando e perdeu a bola na entrada da área. Camacho puxou o atacante adversário e o árbitro assinalou pênalti. Richardson cobrou, dois minutos depois, e Felipe Alves pulou no canto esquerdo para espalmar e garantir a vantagem no placar!
Rony teve boa chance aos 36’. A bola chegou até Nikão, que segurou e fez o passe. Rony chegou batendo, mas mandou por cima.
Só que, no minuto seguinte, o Ceará empatou. Wescley aproveitou cruzamento da esquerda e marcou.
No final, o time atleticano correu em busca do gol da vitória, mas não conseguiu sair com os três pontos.
Ficha técnica: Atlético Paranaense 2×2 Ceará
Campeonato Brasileiro: 37ª rodada
Data: 25/11/2018 [domingo]
Horário: 17h
Local: Estádio Joaquim Américo
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho – SP [categoria AB]
Auxiliares: Daniel Luis Marques – SP [categoria AB] e Daniel Paulo Ziolli – SP [categoria AB]
Quarto árbitro: Fabio Rogerio Baesteiro – SP [categoria AB]
Árbitros assistentes adicionais: Adriano de Assis Miranda – SP [categoria CD] e José Claudio Rocha Filho – SP [categoria CD]
Público total: 11.059
Público pagante: 9.632
Renda: R$ 191.850,00
Atlético Paranaense: Felipe Alves; Diego, Wanderson, José Ivaldo e Márcio Azevedo; Camacho e Bruno Guimarães (Lucho González, no intervalo); Marcinho, Rossetto (Nikão, aos 27’ do 2ºT) e Marcelo (Rony, no intervalo); Bergson.
Técnico: Tiago Nunes
Gols: Marcinho, aos 7’ do 2º tempo; Lucho González, aos 12’ do 2º tempo;
Cartão amarelo: Camacho, Bergson
Ceará: Everson; Samuel Xavier, Valdo (Felipe Azevedo, aos 18’ do 2ºT), Tiago Alves (Luiz Otávio, aos 8’ do 1ºT), Eduardo Brock e Felipe Jonatan; Richardson, Juninho e Ricardinho (Wescley, aos 28’ do 2ºT); Leandro Carvalho e Arthur.
Técnico: Lisca
Gols: Leandro Carvalho, aos 25’ do 1º tempo; Wescley, aos 37’ do 2º tempo.
Cartão amarelo: Juninho, Leandro Carvalho, Wescley, Éverson