Verdão supera J. Barranquilla e chega a 40 anos sem perder em estreias da Liberta

07/03/2019 09:250 comments

O Palmeiras visitou o Junior Barranquilla-COL na noite desta quarta-feira (06) e venceu por 2 a 0 em sua partida de estreia pela Libertadores de 2019, com gol de Gustavo Scarpa, aos 11 minutos do primeiro tempo, e de Marcos Rocha, nos acréscimos da etapa derradeira. Com isso, o Alviverde se manteve por 40 anos sem saber o que é perder em estreias de Libertadores: ou seja, desde 1979. Naquela ocasião, a equipe palestrina bateu o Alianza Lima-PER por 4 a 2 na casa do adversário e, desde então, acumula invencibilidade de 14 jogos inaugurais pela competição continental, com 11 vitórias e três empates.

O jogador Gustavo Scarpa, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Junior Barranquilla, durante partida valida pela primeira rodada, da Copa Libertadores, no Estádio Metropolitano.

Após este duelo, o Palmeiras também segue invicto em jogos diante do Junior Barranquilla-COL. Agora são quatro duelos travados entre as equipes, com três triunfos palmeirenses e um empate (10GP e 3GC). Vale lembrar que, na Libertadores do ano passado, o Verdão também cruzou com os caminhos do Junior na fase de grupos e levou a melhor nas duas ocasiões: 3 a 0 na Colômbia e 3 a 1 no Brasil.

O Palmeiras aposta ne experiência para conquista a Libertadores da América pela segunda vez em sua história, pois, ao todo, cinco jogadores de seu atual elenco têm no currículo o troféu. São eles: Edu Dracena, pelo Santos, Marcos Rocha, pelo Atlético Mineiro, Willian, pelo Corinthians, e Borja e Guerra, ambos pelo Atlético Nacional-COL. Além disso, o técnico Luiz Felipe Scolari conquistou o título em 1999, pelo Palmeiras, e em 1995, pelo Grêmio.

Esta é a primeira vez na história em que o Palmeiras disputa quatro edições seguidas da competição continental. O Alviverde já é o time brasileiro que mais vezes disputou a Libertadores em todos os tempos, ao lado de Grêmio e São Paulo (os três com 19 participações – já contando 2019). São, ao todo, 175 jogos pela Libertadores, com 92 vitórias, 33 empates e 50 derrotas (311 gols marcados e 197 sofridos).

O Maior Campeão do Brasil é o clube brasileiro com mais gols na história da Conmebol Libertadores: o time alviverde marcou 311 vezes (já considerando o tento desta noite). Com isso, a equipe palestrina ocupa a décima colocação do ranking geral de clubes, considerando times estrangeiros. Neste quesito, o líder é o River Plate-ARG, com 546 bolas na rede.

Com mais esta vitória fora de casa na Libertadores, aliás, o Palmeiras engordou mais um recorde: segue ainda mais isolado como o time brasileiro com mais triunfos fora de casa no Continental. São 34 triunfos fora de seus domínios, três a mais do que o Cruzeiro, que contabiliza 31 vitórias no certame como visitante.

Vale ressaltar que o Alviverde também é o time brasileiro com mais bolas na rede como visitante na principal competição das Américas, agora com 129 tentos anotados fora de seus domínios ao longo de suas participações.

Primeiro brasileiro finalista do Continental

O Verdão carrega ainda a fama histórica de ter sido o primeiro brasileiro a ter disputado uma final de Libertadores. Foi em 1961, quando enfrentou o Peñarol na grande decisão e ficou com o vice-campeonato. O Alviverde ainda chegou à final em 1968 e 2000, além de 1999, quando foi campeão. O clube ainda alcançou a fase semifinal em 1971, 2001 e 2018.

Artilheiros palmeirenses na Libertadores

Ao longo de sua trajetória na mais importante competição das Américas, o Alviverde já contou com cinco artilheiros: Tupãzinho (1968, com 11 gols), Lopes (em 2001, com nove gols), Marcinho e Washington (ambos em 2006, com cinco gols cada um) e Borja (em 2018, com nove gols).