Em grande noite, Furacão faz 4 a 0 no Jorge Wilstermann e assume a vice-liderança do grupo

15/03/2019 09:260 comments

O Athletico Paranaense se recuperou na Conmebol Libertadores. No primeiro desafio em casa, o Furacão goleou o Jorge Wilstermann [Bolívia], por 4 a 0, e marcou os primeiros pontos no torneio. Superior durante toda a partida, o Rubro-Negro não sofreu sustos. Marco Ruben, Tomás Andrade, Renan Lodi e Bruno Guimarães marcaram os gols do jogo.

Com a vitória, o time athleticano assumiu a segunda colocação do Grupo G. O líder é o Boca Juniors, que já somou quatro pontos. O próximo desafio será justamente contra a equipe argentina. A partida será novamente no Caldeirão, dia 2 de abril [terça-feira], às 21h30.

Jogando em casa e precisando do resultado, o Furacão se lançou ao ataque. Aos quatro minutos, Renan Lodi fez boa jogada e entregou para Rony. O atacante tocou para Bruno Guimaraes, que chutou rasteiro e o goleiro espalmou para escanteio.

Três minutos depois, Tomás Andrade recebeu no meio, dominou no peito e mandou para o gol. A zaga afastou. No rebote, Thiago Heleno arriscou de primeira e o goleiro fez a defesa.

A pressão continuou e o Rubro-Negro chegou mais uma vez, aos nove minutos. Renan Lodi fez jogada pela esquerda. A bola chegou em Rony, que girou e bateu no gol. Arnaldo Giménez defendeu.

Aos 15 minutos, Nikão lançou na área. Renan Lodi dominou e bateu com muito perigo, para ótima defesa do goleiro. A equipe adversária apenas se defendia e, aos 24 minutos, foi a vez de Nikão tentar. De muito longe, o camisa 11 mandou para o gol e Giménez espalmou.

Com toda a equipe athleticana no ataque, Léo Pereira cruzou na área, aos 30 minutos. Marco Ruben antecipou o zagueiro e desviou para o gol. A bola passou por cima e acertou a rede boliviana.

De tanto tentar, o Furacão abriu o placar aos 31 minutos. Rony recebeu na entrada da área, girou e mandou para o gol. A bola desviou em Marco Ruben e enganou o goleiro.

O time boliviano chegou com perigo, aos 35 minutos, e acertou a trave de Santos. Mas no contra-ataque, saiu o segundo gol rubro-negro. Tomás Andrade avançou pelo meio e chutou da entrada da área. A bola passou por baixo do goleiro.

A vantagem não fez o time athleticano recuar. Aos dois minutos, da segunda etapa, Rony recebeu e mandou para o gol. O goleiro fez a defesa no alto.

Mas aos quatro minutos, o Furacão ampliou. Camacho fez lindo lançamento para Renan Lodi, que dominou, invadiu a área e tocou na saída goleiro. 3 a 0 para o Rubro-Negro.

O Jorge Wilstermann não esboçou reação e o Athletico quase marcou mais um, aos 28 minutos. Renan Lodi foi até a linha de fundo e tocou para trás. Tomás Andrade mandou por cima do gol.

O time rubro-negro controlou a partida até o final e marcou mais um, aos 42 minutos. Braian Romero recebeu de Nikão e cruzou rasteiro. A bola passou por Marcelo, mas Bruno Guimarães apareceu bem na segunda trave e completou para o gol. 4 a 0.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 4×0 Jorge Wilstermann [Bolívia]
Conmebol Libertadores: Fase de grupos – 2ª rodada
Data: 14/03/2019 [quinta-feira]
Horário: 21h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan (Wellington, aos 9’ do 2º T), Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho; Nikão, Bruno Guimarães, Tomás Andrade e Rony (Marcelo, aos 9’ do 2º T); Marco Ruben (Braian Romero, aos 34’ do 2º T).
Técnico: Tiago Nunes
Gols: Marco Ruben, aos 31’ do 1º tempo; Tomás Andrade, aos 35’ do 1º tempo; Renan Lodi, aos 4’ do 2º tempo; Bruno Guimarães, aos 42’ do 2º tempo
Cartão amarelo: Rony, aos 44’ do 1º tempo

Jorge Wilstermann: Arnaldo Giménez; Alejandro Meleán, Alex Silva, Zenteno e Aponte; Fernando Saucedo (Moises Villarroel, aos 16’ do 2º T), Jorge Ortíz, Ariel Núñez (Carlos Melgar, aos 12’ do 2º T) e Serginho; Pochi Chávez e Lucas Gaúcho (Gilbert Álvarez, aos 12’ do 2º T).
Técnico: Miguel Ángel Portugal
Cartões amarelos: Serginho, aos 21’ do 1º tempo; Alex Silva, aos 32’ do 1º tempo; Aponte, aos 42’ do 1º tempo; Alejandro Meleán, aos 24’ do 2º tempo; Pochi Chávez, aos 27’ do 2º tempo