Furacão goleia Shonan Bellmare e conquista Levain Cup

07/08/2019 09:550 comments
O Athletico Paranaense é o campeão da Levain Cup 2019! Nesta quarta-feira (7), o Furacão passou no Japão e goleou o Shonan Bellmare por 4 a 0 na decisão da competição internacional, a maior goleada da história da competição. Marcelo, Rony, Thonny Anderson e Braian Romero marcaram os gols athleticanos!

O Jogo

O Furacão começou em cima do Shonan Bellmare, chegando próximo ao gol em algumas oportunidades com Bruno Guimarães e Bruno Nazário. O time japonês tentava pressionar a saída de bola do Athletico, que teve sucesso com base na boa troca de passes e velocidade dos atacantes pelos lados.

Aos cinco minutos, Rony tabelou com Bruno Guimarães e arriscou um chute para o gol, de fora da área. A bola quase surpreendeu o goleiro adversário, que mandou para escanteio.

O time da casa equilibrou a partida depois dos 10 minutos, mas também não conseguiu assustar o goleiro Santos.

Aos 28’, a melhor chance do jogo. Santos lançou Rony, que partiu em velocidade, invadiu a área e soltou a bomba. Matsubara espalmou para escanteio. Na cobrança, a bola ficou viva dentro da área e o Rubro-Negro não conseguiu aproveitar!

Dois minutos depois, uma grande chance com Wellington. Jonathan cruzou rasteiro, Nazário escorou e o camisa 5 bateu colocado. A bola passou muito perto, pelo lado direito.

O Shonan até balançou as redes aos 36′, com Tokac, em um chute de fora da área. Mas a arbitragem pegou e posição de impedimento.

O lance serviu para deixar o elenco athleticano mais ligado. Quatro minutos mais tarde, Wellington cruzou e Marcelo subiu sozinho para cabecear para o fundo das redes e abrir o placar no Shonan BMW Stadium. 1 a 0!

Matsuda levou muito perigo aos 43’. Ele recebeu passe na meia-lua da grande área e bateu de primeira. A bola passou muito perto da trave esquerda de Santos.

A resposta foi rápida. Marcelo foi lançado na esquerda, dominou e já inverteu o jogo. A bola chegou até Jonathan, dentro da área, que fez o cruzamento rasteiro. Marco Ruben tocou para fora.

Mais uma de Marco já no lance seguinte. Rony ganhou a jogada pela esquerda e cruzou forte, rasteiro. O camisa 9 colocou o pé na bola e ela chegou a tocar na trave antes de sair pela linha de fundo.

Goleada construída com naturalidade

Da mesma forma que terminou o primeiro, o Furacão iniciou o segundo tempo, pressionando. E conseguiu ampliar o placar logo aos 11 minutos, em um golaço de Rony. O camisa 7 recebeu de Nazário, dominou no peito, ajeitou e soltou uma bomba, no ângulo. Sem chances para Matsubara. 2 a 0!

O terceiro saiu aos 17 minutos, em uma grande jogada. Nikão achou bom passe para Marcelo, dentro da área. Ele viu a movimentação de Thonny Anderson e tocou para o camisa 38, que, de frente para o gol, não desperdiçou. 3 a 0!

O Furacão teve boa chance em contra-ataque, aos 31’. Madson foi lançado por Nikão e fez o cruzamento para Braian, que estava esperando no meio da área, mas a defesa afastou.

E quando o Shonan Bellmare tentou se lançar ao ataque, o Athletico aproveitou o contra-ataque. Thonny Anderson viu bem a movimentação de Braian Romero e fez bom passe. O argentino ganhou na velocidade e bateu tirando do goleiro para ampliar, aos 39 minutos. 4 a 0!

Ficha técnica: Shonan Bellmare 0x4 Athletico Paranaense
Levain Cup 2019
Data: 07/08/2019 [quarta-feira]
Horário: 7h [horário de Brasília]
Local: Shonan BMW Stadium, Hiratsuka

Shonan Bellmare: Matsubara; Freire, Onoda e Okamoto (Kobayashi, no intervalo); Mouri, Matsuda (Yamato, aos 20’ do 2ºT), Kaneko e Suzuki (Saito, no intervalo); Tokac (Tsukasa, aos 15’ do 2ºT), Yamada (Sugioka, no intervalo) e Ibusuki (Crislan, aos 8’ do 2º T).
Técnico: Kwi Jae Cho

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan (Madson, aos 23’ do 2ºT), Pedro Henrique (Lucas Halter, aos 30’ do 2ºT), Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Lucho González, aos 30’ do 2ºT); Marcelo, Bruno Guimarães, Bruno Nazário (Nikão, aos 15’ do 2º T) e Rony (Braian Romero, aos 23’ do 2ºT); Marco Ruben. (Thonny Anderson, aos 15’ do 2ºT)
Técnico: Tiago Nunes
Gols: Marcelo, aos 40’ do 1º tempo; Rony, aos 11’ do 2º tempo; Thonny Anderson, aos 17’ do 2º tempo; Braian Romero, aos 39’ do 2º tempo.