Casal que pedala desde Florianópolis inicia trilha pela Rota do Rosário

12/02/2020 16:170 comments

Arapoti – Na manhã desta quarta-feira, 12, Gabriel Ramos Fugiwara, 35 anos, e sua esposa, Jane Terezinha Fugiwara, 56 anos, iniciaram a pedalada dos 648 Km da Rota do Rosário. Eles estimam percorrer todo o percurso entre 35 e 40 dias. Eles iniciaram o longo desafio em frente a Igrejinha de São João Batista, patrimônio histórico do município.

Gabriel e Jane com o padre Celso

O casal afirma que veio pedalando desde Florianópolis, Santa Catarina, buscando caminhos e trilhas pelo Estado do Paraná e encontrou informações da Rota do Rosário. “Através do Padre Celso (Miqueli) que levanta a bandeira desta rota e que busca cada vez mais fortalecê-la é que a acabamos descobrindo e decidimos encarar este novo desafio” revelou Gabriel.

O casal, que busca viver na estrada sem o apego às coisas materiais, carrega apenas uma espécie de caixa ou balde pesando entre 40 e 50kg com pertences básicos. “Com essa pedalada buscamos a socialização com as pessoas. Com isso também contribuímos para tornar mais familiar a acolhida dos futuros peregrinos que percorrerem essa rota” complementou Gabriel.

Ele aponta que o maior desafio é a incerteza. “Nós não sabemos se vamos receber o acolhimento das pessoas, mas seguimos com fé” disse. O ciclista aponta que para a Rota do Rosário levarão ainda menos bagagem, pois confiam na recepção das pessoas pelo caminho e nos pontos de apoio.

Sua esposa diz que a experiência da pedalada por eles promovida visa resgatar a essência do ser humano. “Nós queremos direcionar e inspirar as pessoas a seguirem seus caminhos, mostrando que se pode viver com o pouco, mas tendo o muito, que nesse caso é o contato e o carinhos das pessoas que encontramos pelo caminho” falou Jane.

Eles foram recepcionados em Arapoti pelo pároco Celso Miqueli nesta terça-feira, 11. Iniciaram a rota no sentido do Distrito do Cerrado das Cinzas, seguindo pelo Boa Vista, Roncador, Lavrinha e adiante. A Rota do Rosário compreende 14 santuários e 17 municípios.

Pequenas caixas para levar os pertences acoplados às bicicletas