Athletico e Internacional decidem semifinais da Copa do Brasil em casa

23/07/2019 09:370 comments
Athletico e Internacional decidem semifinais da Copa do Brasil em casa

Athletico Paranaense e Internacional decidirão em casa o segundo jogo das semifinais da Copa do Brasil 2019. A definição dos mandos de campo desta fase do torneio foi realizado por meio de sorteio realizado na sede da CBF nesta segunda-feira (22).

Os jogos de ida e volta já têm datas marcadas, assim como os dois jogos finais. Cruzeiro recebe o Internacional no dia 7 de agosto. Grêmio recebe o Athletico-PR no semana seguinte, no dia 14 de agosto. Já as partidas que definirão os finalistas estão agendadas para o dia 4 de setembro.

Semifinais da Copa do Brasil

Dia 07/08: Cruzeiro x Internacional

Dia 14/08: Grêmio x Athletico/PR

Dia 04/09: Internacional x Cruzeiro
                      Athletico/PR x Grêmio

Tricolor paulista vence Chape e entra no G6 do Brasileirão

09:360 comments
Tricolor paulista vence Chape e entra no G6 do Brasileirão

A festa é tricolor no Morumbi! Depois de um segundo tempo fatal, o São Paulo venceu a Chapecoense por 4 a 0, pela 11ª rodada do Brasileirão. Antony, Toró, Raniel e Vitor Bueno marcaram os gols da vitória são paulina na noite desta segunda-feira (22).

O resultado colocou o Tricolor paulista na quinta colocação, com 18 pontos conquistados. Já a Chape segue na zona de rebaixamento, com oito pontos. Confira a tabela completa da Série A!

O jogo

No Morumbi, o São Paulo até ensaiou uma pressão inicial, mas foi a Chape que teve a primeira boa chance da partida. Após bola alçada na área, Everaldo finalizou e Tiago Volpi fez a defesa, na marca dos 19 minutos. O susto acordou o time da casa e, logo na sequência, Pato arriscou o chute da intermediária, a bola desviou na marcação e foi para fora. Aos 22, Igor Vinícius fez o cruzamento, Pato ajeitou para o meio e Raniel testou firme, mas Douglas apareceu quase em cima da linha para evitar o gol. Seis minutos depois, Antony recebeu passe em profundidade dentro da área e, dessa vez, Tiepo foi quem salvou o Verdão.

Se no primeiro tempo a bola não entrou, na etapa complementar a história foi bem diferente. E o São Paulo precisou de apenas três minutos para abrir o placar. Everton fez o cruzamento e Antony completou para o fundo das redes. O segundo dos donos da casa veio quatro minutos depois. Toró em belo lance individual, limpou a marcação e bateu com muita categoria para ampliar o marcador. Mas a volta fatal do Tricolor não parou por aí. Aos dez, Raniel aproveitou uma falha da defesa adversária, saiu de frente para a meta e não perdoou: 3 a 0. Aos 18, a Chape teve duas chances para diminuir o prejuízo. Na primeira, Douglas cabeceou para fora e, na segunda, Volpi defendeu a finalização de Everaldo. Com boa vantagem no placar, o São Paulo controlou bem o jogo e, já nos acréscimos, Vitor Bueno, de cabeça, fechou a conta no Morumbi: 4 a 0.

CBF

Furacão elimina o Flamengo e está na semifinal da Copa do Brasil

18/07/2019 09:300 comments
Furacão elimina o Flamengo e está na semifinal da Copa do Brasil

O Athletico Paranaense fez história na noite desta quarta-feira (17), no Maracanã. Nos pênaltis, o Furacão venceu o Flamengo por três cobranças contra uma, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, e avançou às semifinais da Copa do Brasil pela segunda vez na história. Rony marcou o gol do Furacão!

Agora, o Rubro-Negro encara o Grêmio, na semifinal do torneio. O time gaúcho eliminou o Bahia.

O Jogo

O Furacão chegou próximo do gol logo aos 30 segundos. Rony fez a jogada e tentou ligar Marco Ruben, dentro da área, mas a defesa foi mais rápida.

Aos sete minutos, quem apareceu foi Santos. Ele fez ótima defesa em cabeçada de Arrascaeta.

Depois, aos 17’, Santos foi novamente fundamental para evitar que o placar fosse aberto. Com os pés, ele defendeu finalização de Lincoln, após cruzamento da direita.

Aos poucos, o Furacão foi se soltando na partida e chegando mais ao ataque. Aos 29 minutos, Marcelo foi ao fundo pelo lado direito e rolou na entrada da área. Rony chegou batendo, mas a bola saiu por cima.

Equipe da casa sai na frente, mas Furacão busca o empate
Na segunda etapa, o Flamengo exerceu uma pressão inicial e acabou chegando ao gol aos 17 minutos, com Gabriel Barbosa.

Mas o Furacão foi valente e, em uma jogada de visão de jogo com velocidade, chegou ao empate. Bruno Nazário recebeu no meio e foi rápido para acionar Rony, em passe em profundidade. O camisa 7 ficou cara a cara com Diego Alves e bateu rasteiro para empatar, aos 31 minutos!

Aos 44’, Rony quase virou o jogo. Ele pegou a sobra fora da área e emendou o chute. A bola passou com muito perigo, pelo lado direito do gol.

Nos acréscimos, Nazário recebeu lançamento de Lucho, invadiu a área e tentou o chute. Renê desviou pela linha de fundo.

Com a igualdade no marcador após o apito final, a partida foi para a decisão por pênaltis. E nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Santos. Ele pegou duas cobranças na vitória por 3 a 1 do Furacão, classificado para a semifinal da Copa do Brasil!

Ficha técnica: Flamengo (1) 1×1 (3) Athletico Paranaense
Copa do Brasil: Quartas de final – Jogo de volta
Data: 17/07/2019 [quarta-feira]
Horário: 21h30
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Athletico Paranaense:
 Santos; Jonathan, Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo (Lucho González, aos 43’ do 2ºT); Wellington; Bruno Guimarães, Nikão (Bruno Nazário, aos 24’ do 2ºT), Rony e Marcelo (Vitinho, aos 38’ do 2ºT); Marco Ruben.
Técnico: Tiago Nunes
Gol: Rony, aos 31’ do 2º tempo.
Cartões amarelos: Léo Pereira, Rony e Bruno Guimarães

Flamengo: Diego Alves; Rafinha (Rodinei, aos 42’ do 2ºT), Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar e Diego; De Arrascaeta (Vitinho, aos 13’ do 1ºT), Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa; Lincoln (Berrío, aos 13’ do 2ºT).
Técnico: Jorge Jesus
Gol: Gabriel Barbosa, aos 17’ do 2º tempo.
Cartões amarelos: Renê e Gabriel Barbosa

Pênaltis
Diego – Bateu no meio e Santos pegou!
Jonathan – Cobrou no canto direito do goleiro. Diego Alves tocou na bola, mas ela entrou.
Vitinho – Bateu por cima, para fora.
Lucho – Chutou com categoria, no canto esquerdo, e balançou as redes!
Cuéllar – Cobrou no canto esquerdo e fez.
Bruno Nazário – Bateu rasteiro, no canto direito, e Diego Alves defendeu.
Everton Ribeiro – Parecia replay do pênalti anterior. Cobrou rasteiro, no canto direito, e SANTOS defendeu!
Bruno Guimarães – Deslocou Diego Alves e colocou o Furacão na semifinal da Copa do Brasil!

 

Inter elimina Palmeiras nos pênaltis e avança para as semifinais da Copa do Brasil

08:330 comments
Inter elimina Palmeiras nos pênaltis e avança para as semifinais da Copa do Brasil

Na noite desta quarta-feira, 17, no Beira-Rio, o Inter foi fatal diante do Palmeiras, venceu no tempo normal por 1 a 0 e na disputa por pênaltis contou com Marcelo Lomba para carimbar a vaga.

O Internacional entrou em campo precisando de uma vitória simples para levar a partida para as penalidades. Só que no Beira-Rio quem assustou primeiro foi o Palmeiras. Com menos de um minuto de bola rolando, Dudu cobrou escanteio e Gustavo Gómez desviou com perigo para boa defesa de Marcelo Lomba. Passado o susto inicial, o Colorado colocou ordem na casa e tomou conta do jogo. A blitz gaúcha no ataque começou com D’Alessandro, aos três minutos, mas Weverton salvou o Verdão.

Na sequência, Rodrigo Moledo e Nico López também tiveram boas chances. Já aos 26, Guerrero fez boa jogada individual, bateu cruzado e novamente o arqueiro alviverde evitou o gol. E no rebote, Edenilson mandou por cima da meta. Demorou, mas a pressão do Inter surtiu efeito ainda na primeira etapa. Patrick pegou uma sobra na entrada da área e arriscou o chute, a bola ainda desviou na marcação antes de morrer no fundo das redes, aos 40 minutos: 1 a 0. O Palmeiras até tentou a resposta logo na sequência, mas Marcelo Lomba defendeu a finalização de Dudu.

Na volta do intervalo, o Internacional manteve a pressão nos primeiros minutos. Aos sete, Lindoso fez o cruzamento na área e Nico López emendou de primeira para mais uma grande defesa de Weverton. O próprio camisa 7 pegou o rebote e de novo o goleiro do Verdão apareceu de maneira providencial. Mas aos poucos o Palmeiras passou a ter mais a posse de bola e a decisão da vaga foi para a disputa de pênaltis.

Nas penalidades, o Inter levou a melhor. Guerrero, Rafael Sóbis, Edenílson, Lindoso e Nonato balançaram as redes para o Colorado, que ainda contou com uma defesa de Marcelo Lomba e uma bola trave para avançar às semifinais.

Grêmio e Cruzeiro avançam às semifinais da Copa do Brasil

08:300 comments
Grêmio e Cruzeiro avançam às semifinais da Copa do Brasil

Definidos os primeiros semifinalistas da Copa do Brasil 2019! Atuando como visitantes, Grêmio e Cruzeiro carimbaram a classificação, na noite desta quarta-feira (17). Na Arena Fonte Nova, o Imortal venceu o Bahia por 1 a 0, com um belo gol de Alisson. Enquanto no Independência, a Raposa perdeu para o Atlético-MG por 2 a 0, mas avançou na competição por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0.

Furacão acredita até o fim e vence o Internacional

15/07/2019 09:260 comments
Foto: Site Oficial Athletico Paranaense

O Athletico voltou a disputar uma partida do Campeonato Brasileiro, após a parada para a Copa América. No Caldeirão, o Furacão venceu o Internacional e somou mais três pontos na competição, chegando aos 13. O gol da vitória por 1 a 0 foi marcado por Vitinho, no final da segunda etapa.

O time comandado por Tiago Nunes volta aos gramados na próxima quarta-feira (17), no Rio de Janeiro (RJ), onde enfrenta o Flamengo, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Foto: Site Oficial Athletico Paranaense

O Jogo

A partida teve um início bastante equilibrado e sem chances de gol. A primeira finalização foi com Rafael Sóbis, aos 12 minutos. O chute de fora da área foi defendido com tranquilidade pelo goleiro Santos.

Quem chegou com mais perigo foi o Furacão. Aos 17 minutos, uma boa trama pelo lado direito. De Marcelo para Marco Ruben, que entregou para Jonathan. O camisa 2 viu bem a entrada de Cirino e fez o passe em profundidade. Frente a frente com Marcelo Lomba, o camisa 10 tentou o toque por cima, com categoria. O goleiro do Internacional tocou com a ponta dos dedos e a bola parou no travessão.

Aos 19’, O time gaúcho chegou com Tréllez. Ele pegou a sobra na marca do pênalti e bateu por cima.

Em cobrança de falta ensaiada, o Rubro-Negro criou mais uma oportunidade aos 25’. Jonathan rolou para Rony, que bateu por cima.

Vitinho sai do banco e resolve o jogo

Logo no início da segunda etapa, o Rubro-Negro criou uma ótima chance. Bruno Guimarães recebeu de Nikão e colocou na área. Rony apareceu na segunda trave para tocar de cabeça, com muito perigo.

Aos oito, Tréllez recebeu cruzamento no meio da área e completou de carrinho. Santos fechou o ângulo e fez uma grande defesa para evitar o gol adversário.

Lucho lançou a bola para o campo de ataque, aos 14’. Marcelo disputou pelo alto e a bola sobrou para Marco Ruben. Ele tentou o toque, mas Lomba defendeu.

No lance seguinte, Rony fez ótima jogada no meio-campo e foi derrubado. Só que Márcio Azevedo estava esperto e puxou o ataque. Perto da área, ele rolou para Nikão, que soltou a bomba. Lomba espalmou e Marco Ruben finalizou em seguida, mas em posição de impedimento.

Nazário arriscou de longe aos 24’, mas não acertou o alvo. Bruno Nazário tentou de novo aos 40’, desta vez de cabeça. Ele subiu junto com o goleiro, mas o toque saiu por cima.

E quando o jogo caminhava para um empate sem gols, uma jóia rubro-negra apareceu, aos 43’. Vitinho recebeu pela ponta esquerda, fintou o marcador e bateu colocado, no canto esquerdo do goleiro. Sem chances de defesa. Golaço do camisa 28! 1 a 0!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1×0 Internacional
Campeonato Brasileiro: 10ª rodada
Data: 14/07/2019 [domingo]
Horário: 16h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Lucho González (Bruno Nazário, aos 19’ do 2ºT) e Bruno Guimarães; Rony, Nikão e Marcelo (Vitinho, aos 32’ do 2ºT); Marco Ruben (Thonny Anderson, aos 32’ do 2ºT).
Técnico: Tiago Nunes
Gol: Vitinho, aos 43’ do 2º tempo.
Cartão amarelo: Jonathan, Márcio Azevedo, Rony

Internacional: Marcelo Lomba; Natanael (Erik, aos 27’ do 2ºT), Roberto, Emerson e Heitor; Nonato, Rithely (José Gabriel, aos 37’ do 2ºT) e Rodrigo Lindoso; Rafael Sobis (Wellington Silva, aos 20’ do 2ºT), Sarrafiore e Tréllez.
Técnico: Odair Hellmann
Cartão amarelo: Roberto, Lindoso, Serrafiore

Site Oficial Athletico Paranaense

Paraná Clube, de virada, derrota o líder e segue nas primeiras posições da Série B

08:280 comments
Paraná Clube, de virada, derrota o líder e segue nas primeiras posições da Série B

O Paraná Clube derrubou o líder Bragantino, emplacou a sua terceira vitória seguida na competição – 2×1, de virada – e segue no pelotão de frente do Campeonato Brasileiro da Série B. Com 16 pontos, o Tricolor ocupa a 8ª colocação, mas a apenas 3 pontos do líder. Na sequência, o time do técnico Matheus Costa fará dois jogos fora de casa, contra Brasil e Figueirense.

A Vila Capanema recebeu quase 6 mil torcedores para acompanhar a retomada do Campeonato Brasileiro após a disputa da Copa América. O início do jogo não foi bom para o Paraná. Logo aos 9 minutos, Thiago Ribeiro bateu forte e Thiago Rodrigues espalmou, na sobra, Ytalo cabeceou para uma defesa sensacional do goleiro paranista, que viria a se tornar um dos personagens da partida.

O Paraná até arriscou algumas pontadas no ataque, com a velocidade de Bruno Rodrigues, mas em vão. Aos 15 minutos, o Bragantino abriu o placar. Thiago Ribeiro errou o chute, mas a bola quicou no gramado e encobriu seu xará: 1×0 para o Bragantino. O Tricolor só teve uma chance real para empatar. Aos 24, Bruno arrancou e tocou para Matheus Anjos, que bateu cruzado. Ramon chegou atrasado e a bola cruzou toda a área.

Com um toque de bola envolvente, o Bragantino só não ampliou devido a uma grande intervenção de Thiago Rodrigues, em chute de Claudinho e duas chances desperdiçadas por Ytalo. No intervalo, Matheus Costa procurou reorganizar o time, encaixando a marcação e trocando Itaqui por Fernando Neto.

Logo aos 25 segundos, o Paraná chegou ao empate. Bruno Rodrigues cruzou da esquerda. Matheus Anjos cabeceou para a defesa de Júlio César, mas na sobra o próprio Matheus Anjos conferiu: 1×1. O Bragantino respondeu com Ytalo cobrando falta para nova defesaça de Thiago Rodrigues.

O Tricolor chegou à virada aos 19 minutos. Na cobrança de escanteio de João Pedro, o zagueiro Leandro Almeidasubiu mais que seu marcador e, de cabeça, conferiu: 2×1. O Bragantino se lançou à frente o Paraná apostava nos contragolpes. No final, mais emoção. Aos 41 minutos, Guilherme Santos salvou, sobre a risca, o chute de Ytalo. Logo depois, Ramon arrancou em velocidade, mas bateu fraco para a defesa de Júlio César. E foi só.

 

Paraná Clube 2×1 Bragantino

Paraná: Thiago Rodrigues; Léo Príncipe (Éder Sciola), Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Fernando Neto), João Pedro e Matheus Anjos (Rodrigo Porto); Ramon e Bruno Rodrigues. Técnico: Matheus Costa

Bragantino: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Uillian Correia (Roberson), Claudinho e Wesley (Morato); Ytalo e Thiago Ribeiro (Bruno Tubarão). Técnico: Antônio Carlos Zago

Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG)

Renda: R$ 122.935,00

Público pagante: 4.962

Público total: 5.728

Gols: Thiago Ribeiro aos 15’ do 1º tempo. Matheus Anjos aos 25’’ e Leandro Almeida aos 19’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Uillian Correia, Ligger e Edimar (Bragantino). Rodrigo Porto (Paraná)

 

Departamento de Comunicação – PRC

Operário vence o Londrina no retorno da Série B

07:260 comments
Operário vence o Londrina no retorno da Série B

O Operário Ferroviário superou a equipe do Londrina neste sábado (13), no Estádio Germano Krüger, pelo placar de 2 a 0. A partida foi válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os gols do jogo saíram na primeira etapa. Aos 8 minutos, o meia Cleyton cruzou e Felipe Augusto cabeçeou, abrindo o placar para o Fantasma. Aos 40 minutos, o volante Jardel deu o passe para Marcelo marcar o dele e garantir a vitória do time da casa.

O Operário iniciou a partida com Simão, Mailton, Lázaro, Rodrigo, Allan Vieira, Jardel, Índio, Marcelo, Cleyton, Felipe Augusto e Uilliam. No segundo tempo, entraram Lucas Gaúcho, Jean Carlo e Rafael Chorão para saída de Uilliam, Marcelo e Felipe Augusto.

Em entrevista coletiva, o treinador Gerson Gusmão falou sobre a vitória do alvinegro. “A equipe melhorou depois do primeiro gol, que deu confiança para o time arriscar mais em campo. Essa vitória mostra que conseguimos melhorar durante a parada do campeonato e, a partir de agora, pretendemos fortalecer a equipe cada vez mais.”

Com a vitória, o alvinegro está em 15° na tabela e acumula 10 pontos. O alvinegro volta a campo pela Série B no próximo sábado (20) contra o CRB-AL, às 19h, no Germano Krüger.

Categorias de base

A equipe Sub-17 do Fantasma venceu o Verê fora de casa por 2 a 0, nessa sexta-feira (12), pela primeira rodada da segunda fase do Paranaense da categoria. Já o time Sub-19 entra em campo nesta segunda-feira (15) contra o Coritiba, às 10h30, no América Pontagrossense, também pelo início da segunda fase do estadual.

FICHA TÉCNICA

Operário 2×0 Londrina-PR
Campeonato Brasileiro Série B – 9ª rodada
Estádio Germano Krüger – 13/07/19 – 19h

Operário: Simão, Mailton, Lázaro, Rodrigo, Allan Vieira, Jardel, Índio, Marcelo (Jean Carlo), Cleyton, Felipe Augusto (Rafael Chorão) e Uilliam (Lucas Gaúcho). Téc: Gerson Gusmão.
Banco: André Luiz, Alisson, Peixoto, Danilo Báia, Julinho, Revson, Bruno Batata, Robinho e Lucas Batatinha.

Londrina: Matheus Albino, Raí Ramos, Augusto, Marcondes, Breno, Anderson Leite (Arthur Caculé), Germano (Neris), Higor Leite, Anderson Oliveira, Paulinho Moccelin e Carlos Henrique (Léo Passos).
Téc: Alemão
Banco: César, Diogo Silva, Denner, Nathan, Luidy e Bertotto.

Gols: 1T 8’ Felipe Augusto e 1T 40’ Marcelo (Operário)

Árbitro: Daniel Nobre Bins
Árbitro Assistente 1: Elio Nepomuceno de Andrade Junior
Árbitro Assistente 2: André da Silva Bitencourt
Quarto Árbitro: João Paulo Romano Queiroz
Analista de Campo: Afonso Vitor de Oliveira

Público pagante: 4.282 pessoas
Público total: 4.502 pessoas
Renda: R$ 50.135,00

Cruzeiro faz 3 a 0 no galo e abre boa vantagem

12/07/2019 09:550 comments
Cruzeiro faz 3 a 0 no galo e abre boa vantagem

O Cruzeiro deu um passe gigantesco rumo às semifinais da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (11), diante de um Mineirão lotado e colorido de azul, a Raposa soube se impor e venceu o Atlético-MG por 3 a 0, pelo jogo de ida das quartas de final da competição. Os gols foram marcados por Pedro Rocha, Thiago Neves e Robinho. As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (17), no Independência.

O jogo

Com uma marcação muito bem encaixada, a Raposa foi avassaladora na etapa inicial. O 2 a 0 no placar traduziu muito bem o primeiro tempo no Mineirão. O gol não tardou. E que golaço! Logo aos 12 minutos, Pedro Rocha deu lindo drible em Elias e encheu o pé de fora da área. A bola fez o efeito “pombo sem asa” e morreu no ângulo de Victor. Mantendo-se superior, a Raposa acelerou e buscou mais um. Quando o relógio apontava 25 minutos, Pedro Rocha aproveitou falha na saída de bola do Atlético-MG, recuperou a bola no meio-campo e partiu ao ataque. Dentro da pequena área, o camisa 32 rolou para Thiago Neves, que só teve o trabalho e escorar para o fundo das redes.

O Galo até tentou ensaiar uma melhora na volta do intervalo, mas o Cruzeiro seguia atento muito bem em campo. Tanto que, aos nove minutos, chegou ao terceiro gol: Robinho, na frente da área, driblou e chutou. Victor caiu para o canto direito, mas a bola bateu em Réver e voltou. No rebote, Robinho finalizou com o gol vazio e fez o terceiro do time celeste. Depois, o Cruzeiro soube conduzir bem a partida e não sofreu gols. Ao Atlético-MG, resta agora buscar forças para devolver o placar no Independência.

CBF

Athletico e Flamengo ficam no empate em Curitiba

11/07/2019 09:510 comments
Athletico e Flamengo ficam no empate em Curitiba

Na noite desta quarta-feira (10), Athletico-PR e Flamengo mediram forças pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Na Arena da Baixada, o duelo rubro-negro terminou 1 a 1 e vai para o Rio de Janeiro completamente indefinido. O segundo e derradeiro encontro entre as equipes está marcado para o próximo dia 17.

O jogo

Na Arena da Baixada, o Flamengo tentou surpreender o Athletico e ensaiou uma pressão logo nos primeiros minutos da partida. Aos três, Vitinho mandou uma bomba para o gol e viu a bola passar tirando tinta da meta paranaense. Após o susto inicial, o Furacão colocou ordem na casa e passou a ter o domínio do jogo. Só que as melhores chances do Furacão apareceram somente depois dos 40 minutos da primeira etapa. Aos 44, Nikão soltou o pé para grande defesa de Diego Alves. Já nos acréscimos, foi a vez de Bruno Guimarães arriscar a finalização e, novamente, o arqueiro carioca apareceu para evitar o gol. E ainda teve tempo para mais. Aos 47, Lucas Halter pegou uma sobra na área e, de frente para a meta, mandou para fora.

E se o placar ficou zerado nos primeiros 45 minutos, na volta do intervalo a história foi diferente e o jogo ganhou em emoção. Com menos de cinco minutos, o Athletico abriu o marcador. Depois de cobrança de escanteio, Léo Pereira apareceu livre para balançar as redes: 1 a 0. Na marca dos 19, veio o empate do Flamengo. Gabriel aproveitou uma falha da defesa adversária, ganhou da marcação e mandou por cima do goleiro do Furacão: 1 a 1. E os visitantes queriam mais. Aos 24, Arrascaeta cobrou escanteio na medida para Bruno Henrique, que cabeceou bonito, mas Santos fez milagre para impedir a virada. Na sequência, foi a vez do time da casa voltar ao ataque. Nazário pegou uma sobra na área e bateu forte, mas Rodrigo Caio salvou o Fla quase em cima da linha. O Athletico ainda teve uma mais uma chance com Nazário, que parou nas mãos de Diego Alves.

CBF