Nadador César Cielo está fora dos Jogos Olímpicos

21/04/2016 01:460 comments
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - APRIL 20:  Cesar Cielo of  Brazil swims the Men's 50m Freestyle heats during the Maria Lenk Trophy competition at the Aquece Rio Test Event for the Rio 2016 Olympics at the Olympic Park on April 20, 2016 in Rio de Janeiro, Brazil.  (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - APRIL 20: Cesar Cielo of Brazil swims the Men's 50m Freestyle heats during the Maria Lenk Trophy competition at the Aquece Rio Test Event for the Rio 2016 Olympics at the Olympic Park on April 20, 2016 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)O nadador César Cielo, campeão olímpico dos 50 metros nado livre em Pequim em 2008, está fora dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Sua última chance de garantir a vaga foi no Troféu Maria Lenk, que está sendo disputado também no Rio, mas o tempo de 21,91 segundos não foi suficiente. Mesmo já tendo índice para a prova, Cielo foi superado por Bruno Fratus e Ítalo Manzine, que serão os dois representantes do Brasil na disputa dos 50m. Cielo não participará de nenhuma prova nos Jogos, nem mesmo do revezamento.

O nadador não escondeu sua tristeza ao deixar a piscina. “Eu, de minha parte, vou pedir desculpa para vocês, realmente fiquei muito aquém do que sei fazer. Tive um ano difícil no ano passado, não nadei bem hoje. Bola para a frente, o Brasil vai bem, gente”, disse, emocionado, o atleta, em entrevista ao canal SporTV.

A frustração do campeão olímpico tem motivo. Ele treinava, desde o início de janeiro, na cidade de Phoenix, nos Estados Unidos. Cielo preferiu ficar isolado, sem contato com a imprensa e concentrado apenas em conseguir a vaga para os jogos do Rio. O tropeço de hoje, no entanto, não apaga sua trajetória vitoriosa.

Além do ouro em 2008, Cielo conquistou o bronze nos 100m nado livre nos Jogos de Pequim. Na Olimpíada de Londres, em 2012, ele faturou o bronze nos 50m livre. Além disso, Cielo já conquistou 16 medalhas em mundiais, sendo seis de ouro, e é o recordista mundial dos 50m livre, com o tempo de 20,91 segundos, e dos 100 m livre, com 46,91 segundos.

Palmeiras vence São Bernardo no Allianz Parque e enfrenta Santos na semifinal

19/04/2016 11:290 comments
Palmeiras vence São Bernardo no Allianz Parque e enfrenta Santos na semifinal

alecssandroO Palmeiras garantiu na noite desta segunda-feira (18) vaga para a semifinal do Campeonato Paulista 2016. Com gols marcados por Alecsandro e Gabriel Jesus, o Verdão bateu o São Bernardo por 2 a 0 no Allianz Parque e assegurou a classificação à próxima fase.

Na semi, o time alviverde encara o Santos, fora de casa, em jogo com data e horário a definir. Na outra chave, Corinthians e Audax se enfrentam.

O jogo

Repetindo estratégia que deu certo nas últimas partidas, o Palmeiras começou pressionando no campo ofensivo do adversário. Logo nos primeiros segundos, Gabriel Jesus recebeu cruzamento na grande área, cabeceou e exigiu boa defesa de Daniel.

Apostando em uma forte marcação e em contragolpes rápidos, os visitantes responderam aos 18. Alyson apareceu entre os defensores alviverdes e bateu rasteiro, mas Fernando Prass salvou o Verdão com o pé direito.

O arqueiro alviverde foi novamente exigido aos 24, quando Lucas Newiton arrancou pelo lado direito do ataque e ficou de frente para a meta, mas parou na defesa de Prass.

Dez minutos depois, Newiton fez falta em Egídio pela esquerda do ataque palmeirense. Na cobrança, o próprio camisa 6 caprichou no cruzamento e Alecsandro se antecipou à zaga do São Bernardo para tocar de cabeça e abrir o placar. (Palmeiras 1×0 São Bernardo)

Aos 44, o Verdão assustou novamente na bola parada. Jean cobrou infração direto para o gol, e obrigou Daniel a espalmar pela linha de fundo.

A segunda etapa começou com o Verdão apertando os aurinegros. Aos oito, Allione desceu pela direita com espaço e chutou de fora da área por cima do travessão.

No minuto seguinte, Gabriel Jesus fez bela jogada e encontrou Robinho livre dentro da área, mas o meia não conseguiu dominar a bola e perdeu a chance de ampliar o placar. Aos 15, o camisa 27 deixou a partida para a entrada de Dudu.

Aos 19, Tatá invadiu a área e tocou na saída de Prass, que fez ótima defesa. No rebote, o atacante tentou marcar, mas parou novamente no goleiro palestrino.

A segunda mudança de Cuca veio aos 25: Gabriel entrou na vaga de Arouca. Sete minutos depois, o treinador promoveu a estreia do atacante Róger Guedes, que ingressou no lugar de Alecsandro.

Aos 33, Allione recebeu passe na direita e bateu cruzado. Gabriel Jesus se esticou, mas não conseguiu colocar nas redes.

O placar magro ainda deixava o torcedor do Palmeiras ansioso pelo fim da partida. Aos 41, no entanto, a expectativa se transformou em comemoração total. Em contra-ataque perfeito, Dudu abriu na direita, Roger Guedes rolou na medida, e Gabriel Jesus apareceu na pequena área para finalizar em gol. (Palmeiras 2×0 São Bernardo)

O São Bernardo ainda tentou diminuir a diferença aos 44, quando Cañete arriscou chute de média distância, a bola desviou na zaga e foi pela linha de fundo, consumando o placar, sob gritos de olé e muitos aplausos da torcida presente no Allianz Parque.

Escalação: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Matheus Sales, Arouca (Gabriel), Robinho (Dudu) e Allione; Gabriel Jesus e Alecsandro (Róger Guedes).

Cartão amarelo: Gabriel Jesus

Gols

Palmeiras: Alecsandro (34’ – 1º tempo) e Gabriel Jesus (41’ – 2º tempo)

Audax humilha São Paulo, avança à semi e põe pressão em time de Bauza

18/04/2016 03:250 comments
Audax humilha São Paulo, avança à semi e põe pressão em time de Bauza
Foto: Lance

Foto: Lance

O Osasco Audax contrariou o favoritismo adversário e aplicou 4 a 1 no São Paulo neste domingo, 17, no estádio José Liberatti, pelas quartas de final do Paulistão. O resultado reservou ao time comandado por Fernando Diniz uma vaga na semifinal do estadual.

Apesar de um bom início do São Paulo, a goleada do Audax se construiu a partir de falhas defensivas do São Paulo, protagonizadas principalmente por Diego Lugano e Rodrigo Caio.

Agora derrotado, o São Paulo viaja à Bolívia para disputar na quinta-feira a última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, e precisa apenas do empate na altitude para chegar às oitavas de final. Depois da queda no Paulistão, o Tricolor precisará do resultado para não perder o primeiro semestre de 2016.

Com a vitória, o Audax agora aguarda o jogo entre Palmeiras e São Bernardo para conhecer seu adversário na semifinal. O Audax só não enfrentará o Corinthians caso o São Bernardo vença a partida ou caso o Palmeiras se classifique a partir da vitória nos pênaltis. Uma vitória do Palmeiras no tempo normal confirma o confronto entre Audax e Corinthians.

Uol Esporte

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/paulista/ultimas-noticias/2016/04/17/audax-humilha-sao-paulo-avanca-a-semi-e-poe-pressao-em-time-de-bauza.htm

Com 36 pontos de vantagem, Rosberg festeja sexta vitória consecutiva

17/04/2016 15:480 comments
Com 36 pontos de vantagem, Rosberg festeja sexta vitória consecutiva

formula 1O começo da edição de 2016 do Mundial de Fórmula 1 não poderia ser melhor para o alemão Nico Rosberg (Mercedes). Na madrugada deste domingo, ao ganhar o Grande Prêmio da China, o germânico abriu uma vantagem de 36 pontos na liderança do campeonato.

Com 100% de aproveitamento em 2016, Rosberg contabiliza 75 pontos ganhos, enquanto o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) tem apenas 39. Como também ganhou as últimas três provas de 2015, o piloto alemão vem em uma série de seis vitórias consecutivas.

Após ganhar com mais de 30 segundos de vantagem em relação ao alemão Sebastian Vettel (Ferrari), Rosberg tratou de festejar com sua equipe por meio do rádio em Xangai. “Esse foi o mais incrível acerto que já tive nesse carro. Realmente, espetacular”, elogiou o competidor.

Posicionado no primeiro lugar do grid, Rosberg perdeu a ponta para o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) na largada, mas recuperou-a rapidamente, justamente no momento em que um dos pneus do carro do adversário acabou furando. Uma vez na ponta, ele não foi mais ameaçado.

“O começo não foi bom o suficiente. O Daniel conseguiu um bom início, mas eu tinha um carro muito rápido e estava me sentindo ótimo. Ataquei imediatamente e consegui estabelecer uma boa diferença depois disso. Vamos fazer uma festa agora na garagem, todos merecem”, afirmou.

Com um total de seis triunfos seguidos, Nico Rosberg está atrás apenas de Sebastian Vettel (9 em 2013), Alberto Ascari (7 em 1952-1953) e Michael Schumacher (7 em 2004). O alemão é o 10º piloto na história da Fórmula 1 a vencer as primeiras três corridas da temporada e os nove anteriores conquistaram o título mundial.

Superesportes

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/automobilismo/2016/04/17/noticia_automobilismo,334086/com-36-pontos-de-vantagem-na-formula-1-rosberg-festeja-sexta-vitoria-consecutiva.shtml

Atlétice vence o Paraná e abre vantagem na semifinal do Paranaense

02:140 comments
Atlétice vence o Paraná e abre vantagem na semifinal do Paranaense

atléticoNeste sábado (16), o Atlético Paranaense entrou em campo pela primeira partida da semifinal do Campeonato Estadual. No estádio atleticano, o Furacão venceu o Paraná Clube por 2 a 1. Os gols do confronto foram marcados por Nikão e André Lima.

A partida de volta está marcada para o dia 24 de abril [domingo], às 16h, na Vila Capanema. No segundo jogo, os atleticanos terão a vantagem do empate para garantir vaga na final da competição.

O próximo compromisso do Rubro-Negro será a decisão da Copa da Primeira Liga, quarta-feira (20), diante o Fluminense. O duelo está marcado para às 21h45, em Juiz de Fora (MG).

O jogo

O Rubro-Negro começou pressionando e aos dois minutos teve a primeira oportunidade. Walter cobrou falta e Marcos evitou o gol. Com mais posse de bola, o Rubro-Negro chegava mais ao ataque e, aos 17 minutos ,Otávio saiu de frente para o gol, mas bateu para fora.

Aos 19 minutos, Eduardo lançou para Walter na linha de fundo. O atacante cruzou forte para dentro da área, mas o goleiro adversário saiu bem na bola. Aos 21, Nikão abriu o placar com um golaço. O meia fintou o adversário e chutou no ângulo, sem chance para o goleiro paranista. 1 a 0.

Mesmo melhor na partida, o Rubro-Negro sofreu o empate aos 34 minutos, em cobrança de pênalti.

Aos 39 minutos, Ewandro chutou forte no canto e o goleiro paranista mais uma vez evitou o gol atleticano. No lance seguinte, Walter recebeu livre na área e chutou na rede pelo lado de fora.

Na volta para a segunda etapa, o Furacão chegou com perigo antes do primeiro minuto de jogo. Em jogada bem trabalhada, Vinícius chutou rasteiro e o arqueiro adversário tirou para escanteio. Aos 17 minutos, veio outra boa oportunidade. Marcos Guilherme saiu no contra-ataque e chutou cruzado. A bola passou no canto da meta adversária.

Aos 21 minutos, André Lima entrou no lugar de Vinícius e, logo no seu primeiro lance, aos 23, saiu cara a cara com o goleiro e chutou no canto para fazer 2 a 1 para o Rubro-Negro.

Com total controle do jogo, o Furacão chegou novamente aos 27 minutos. Marcos Guilherme aproveitou sobra e finalizou direto para o gol. A zaga do Paraná Clube tirou em cima da linha.

 

Ficha técnica: Atlético Paranaense 2×1 Paraná Clube

Campeonato Paranaense – Semifinal – Jogo de Ida

Data: 16/04/2016 [sábado]

Horário: 16h20 [horário de Brasília]

Local: Estádio Atlético Paranaense

Árbitro: Felipe Gomes da Silva

Auxiliares: Diogo Morais e Weber Felipe Silva

 

Atlético Paranaense: Weverton; Eduardo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio e Jadson (Hernani, aos 37’ do 2ºT); Nikão, Vinícius (André Lima, aos 21’ do 2ºT) e Ewandro (Marcos Guilherme, aos 14’ do 2ºT); Walter.

Técnico: Paulo Autuori

Gol: Nikão, aos 21’ do 1ºT e André Lima, aos 23’ do 2ºT.

Cartão amarelo: Eduardo e Thiago Heleno.

 

Paraná Clube: Marcos; Nei (Rafael Carioca, aos 33’ do 2ºT), Zé Roberto (Demerson, aos 24’ do 1ºT), Alisson (Basso, aos 45’ do 2ºT), Fernandes; Jean, Anderson Uchôa, Nadson, Robson e Válber; Lúcio Flávio.

Técnico: Claudinei Oliveira
Gol: Lúcio Flávio, aos 34’ do 1ºT.

Cartão amarelo: Marcos.

 

Púbico pagante: 14.796 pessoas

Público total: 16.912 pessoas

Renda: R$ 406.540,00

 

Corinthians goleia Red Bull Brasil e se classifica às semifinais do Paulistão

02:110 comments
Corinthians goleia Red Bull Brasil e se classifica às semifinais do Paulistão

Neste sábado (16), o Corinthians deu mais um passo rumo à conquista do 28º título paulista. Com mais de 37 mil torcedores na Arena Corinthians, o Timão venceu o Red Bull Brasil por 2 a 0 e está nas semifinais da competição estadual.

imagem_59211_largeA equipe alvinegra mostrou desde os primeiros minutos que não daria chances ao adversário. Com boas triangulações, o Timão envolveu o Red Bull e foi construindo as jogadas até conseguir abrir o placar, com um golaço de Giovanni Augusto.

Após escanteio, a defesa da equipe de Campinas afastou mal e a bola sobrou para Giovanni Augusto, que emendou um lindo voleio para a explosão da Fiel em Itaquera. Foi o primeiro gol do meia na casa corinthiana com a camisa do Corinthians.

Já no fim da primeira etapa, o Corinthians ampliou o placar com André. Em grande fase, o Fagner tabelou com Elias e cruzou na área. A bola desviou no camisa 9 do Timão e entrou no fundo das redes.

Na volta para a etapa complementar, a equipe comandada pelo técnico Tite não mudou a postura e seguiu impondo o estilo de jogo sobre o adversário. Com grande posse de bola e passes rápidos, o Timão não demorou muito para ampliar ainda mais o marcador.

Aos 10 minutos, Alan Mineiro recebeu dentro da área, após falha da zaga adversária, e fez o terceiro do Timão, tocando na saída do goleiro com muita categoria. A ofensividade da equipe alvinegra não tinha limites, e o Corinthians chegou ao quarto gol com Lucca, em mais um golaço.

Após troca de passes, Fagner e Alan Mineiro fizeram bonita triangulação até a bola chegar ao atacante Lucca, que acertou um chute com rara felicidade, no ângulo do goleiro do Red Bull.

O Corinthians ainda teve chance de ampliar o placar, mas a goleada terminou nos 4 a 0, que garantiu a classificação para a próxima fase. O adversário nas semifinais será conhecido após todos os confrontos de quartas de final.

Já o próximo compromisso do Timão está marcado para esta quarta-feira (20), às 21h45, contra o Cobresal (CHI), na Arena Corinthians, pra última rodada da fase de grupos da Copa Bridgestone Libertadores.

Polícia investiga venda ilegal de ingressos para o evento UFC

16/04/2016 16:470 comments
Polícia investiga venda ilegal de ingressos para o evento UFC

Captura_de_tela3Cinco pessoas foram ouvidas na manhã desta sexta-feira (15) durante a operação Armlock, deflagrada pela Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon), com o objetivo de fiscalizar e proibir as vendas irregulares de ingressos para o evento UFC, que acontecerá na Arena da Baixada, no dia 14 de maio.

Durante depoimento na delegacia, os envolvidos alegaram que compraram os ingressos na pré-venda, sem privilégio algum e que não imaginavam que estavam praticando um crime.

De acordo com o delegado-titular da Delcon, Guilherme Rangel em alguns casos era possível encontrar ingressos de R$ 140 por R$ 600. Vender ingressos de evento esportivo, por preço superior ao estampado no bilhete gera uma pena de um a dois anos, além de multa.

Cinco mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na residência dos envolvidos no esquema de venda abusiva, nos bairros Portão, Hugo Lange, Rebouças, Boqueirão e Bairro Alto. Nada foi localizado.

A polícia também pediu o bloqueio de dois sites que estavam praticando este crime, o site Mercado Livre e o Ticketbis. “Esses dois sites estão proibidos de vender ingressos para o evento, apenas o site oficial do UFC tem este direito”, afirma Rangel. “Se os sites não cumprirem a ordem judicial será aplicada uma multa diária de R$ 3 mil por anúncio”, explicou. Na semana do evento a delegacia intensificará os trabalhos de fiscalização para coibir qualquer ação irregular.

As investigações continuam para apurar o número de vítimas lesadas. A Polícia pede para que as denúncias sejam feitas através do e-mail da especializada, delcon@pc.pr.gov.br ou pelo telefone (41) 3883 7100.

Além dos policiais civis da Delcon, a operação contou com o apoio de policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

Eliminado, Palmeiras dá adeus à Libertadores com goleada e aplausos

15/04/2016 13:020 comments
Eliminado, Palmeiras dá adeus à Libertadores com goleada e aplausos

palmeirasO atual campeão da Copa do Brasil não foi além da fase de grupos da Copa Libertadores da América, mas os mais de 30 mil pagantes nesta quinta-feira no Palestra Itália, ao menos, viram uma goleada. Prejudicado pela vitória por 2 a 0 do Rosario Central sobre o Nacional, em Montevidéu, no mesmo horário, o Verdão se despediu da competição aplicando 4 a 0 sobre o River Plate uruguaio. Saindo de campo ouvindo aplausos e até “olé” nos minutos finais.

Dono da partida, diante de um rival previamente eliminado e inferior tecnicamente, o Palmeiras abriu o placar com Egídio, aos 18 minutos, e Allione ampliou ainda no primeiro tempo, aos 48 minutos. No intervalo, o time soube que o Rosario já vencia o Nacional, o que tornava qualquer vitória alviverde inútil. Mesmo assim, aos 27, Allione fez mais um e Alecsandro, de pênalti, definiu a goleada, aos 35.

O confronto virou um amistoso à medida que chegava a informação de gols do Rosario. Assim, Cuca aproveitou até para testar Cleiton Xavier, que não atuava desde agosto. Agora, resta à equipe o Campeonato Paulista, no qual recebe o São Bernardo em jogo único das quartas de final, às 21 horas (de Brasília) de segunda-feira. Na Libertadores, a campanha se encerra com oito pontos em 18 possíveis, abaixo dos nove do Nacional e 11 do Rosario.

O jogo – O Palmeiras cumpriu as expectativas e entrou em campo pressionando. Com menos de dois minutos, já tinha finalizado duas vezes. Era a estratégia de Cuca, que escalou dois centroavantes apostando em tabelas, com Robinho na armação e Allione aberto pela direita, com Egídio passando do outro lado.

Neste panorama, o Verdão tocava a bola e acabava se expondo. Matheus Sales era quem mais ficava na proteção da zaga, com Gabriel solto, e o adversário tentava lançamentos nas costas dos defensores palmeirenses. Assim, o River Plate assustou aos nove minutos, quando Rosso passou por trás de Vitor Hugo e tocou por cima do gol.

Ao mesmo tempo, o time de Cuca se atrapalhava ao não jogar tanto pelas laterais, forçando a utilização de Barrios e Alecsandro como pivôs na meia-lua. Quando usava o lado, a equipe levava perigo. E Egídio se confirmou como principal arma da equipe: aos 18 minutos, entrou na área e aproveitou dividida de Robinho para colocar nas redes.

Confiando basicamente em Fernando Prass, que saia aos pés de quem entrasse na sua área com a bola dominada, o Palmeiras foi à frente com a partida nas mãos. Acabava se atrapalhando mais com seus erros técnicos, já que o River enchia seu campo de defesa.

Barrios era um dos que mais erravam, demonstrando até falta de concentração. Mesmo assim, parou em boa defesa do goleiro Pérez, aos 30 minutos, e chegou a balançar as redes aproveitando cruzamento de Robinho, aos 38. O árbitro, porém, viu falta de Alecsandro durante a trajetória da bola na área e anulou o gol.

O Palmeiras, contudo, conseguiu ampliar ainda no primeiro tempo. Aos 48 minutos, Alecsandro lançou rasteiro para Allione bater cruzado, acertando a trave antes de balançar as redes. Parecia o gol da esperança, mas o jogo no Uruguai trazia más notícias: minutos antes, o Rosario tinha aberto o placar.

O time soube do resultado do outro jogo nos vestiários, e voltou com outro espírito. Mas nem era necessário mostrar tanto ímpeto para dominar o River uruguaio. Cuca aproveitou a chance para testar opções do elenco e, aos 15 minutos, colocou Erik no lugar do inútil Barrios e promoveu a estreia de Cleiton Xavier na temporada, na vaga de Robinho.

Em jogo com clima de amistoso, Erik, na frente do goleiro, perdeu duas chances seguidas, aos 19, de fazer o primeiro gol pelo clube. Cleiton Xavier aproveitou melhor sua oportunidade: aos 27 minutos, cruzou para Alecsandro completar de carrinho e, no rebote, Allione fazer mais um.

Rafael Marques ainda entrou no time, no lugar de Gabriel, para participar da partida que, definitivamente, virou amistoso. Em alguns momentos, o Palestra Itália era até dominado pelo silêncio. Em campo, aos 34 minutos, Alecsandro sofreu pênalti na grande área e converteu, dando números finais a uma goleada inútil.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 RIVER PLATE-URU

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 14 de abril de 2016, quinta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Público: 30.416 pagantes
Renda: R$ 1.720.776,14
Árbitro: Óscar Maldonado (Bolívia)
Assistentes: Wilson Arellano e José Antelo (ambos da Bolívia)
Cartões amarelos: Alecsandro (Palmeiras); Schiappacasse e Pintos (River Plate-URU)

Gols:
PALMEIRAS: Egídio, aos 18, e Allione, aos 48 minutos do primeiro tempo; Allione, aos 27, e Alecsandro (pênalti), aos 34 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel (Rafael Marques), Arouca, Robinho (Cleiton Xavier) e Allione; Alecsandro e Barrios (Erik)
Técnico: Cuca

RIVER PLATE-URU: Nicola Pérez; Giovanni González, Ronaldo Conceição, Dario Flores e Cristian González; Pintos, Pablo González, Vicente (Robert Flores) e Montelongo (Tajan); Schiappacasse e Rosso (Ribas)
Técnico: Juan Ramón Carrasco

Vitória emocionante sobre o River Plate confirmou reação tricolor na Libertadores

14/04/2016 17:510 comments
Vitória emocionante sobre o River Plate confirmou reação tricolor na Libertadores

São PauloCom todos os ingredientes para deixar o Tricolor ainda mais forte na briga pelo tetracampeonato da Libertadores da América, os jogadores são-paulinos deixaram o Morumbi na noite desta quarta-feira (13) com a sensação do dever cumprido e cada vez mais afinados com a torcida, que cantou do início ao fim do jogo na emocionante vitória sobre o River Plate (2 x 1) e mostrou a mística do clube na competição continental. Assim que a bola parou de rolar, os jogadores valorizaram o triunfo antes da decisão que o São Paulo terá na Bolívia.

O time são-paulino assumiu a vice-liderança do Grupo 1, agora com oito pontos em cinco partidas, e depende apenas de si para avançar na Libertadores. Na rodada de encerramento da chave, a equipe brasileira visitará o The Strongest, em La Paz, com a vantagem de poder atuar pelo empate para seguir na disputa pelo tetracampeonato da competição internacional. Antes, porém, os comandados de Patón terão o mata-mata do Campeonato Paulista: no próximo domingo (17), em Osasco, o time enfrentará o Audax pelas quartas de final.

“Só podemos agradecer ao torcedor, porque eles nos incentivaram bastante. Estamos felizes demais com a vitória, porque demos um passo importante para buscar a classificação em La Paz”, afirmou o volante Hudson, mais uma vez guerreiro em campo, que avaliou o embate com os argentinos. “Tiramos um pouco o pé no segundo tempo, poderíamos ter forçado mais quando tivemos um jogador a mais, mas felizmente tudo deu certo”, acrescentou.

Assim como o camisa 25, o chileno Mena também enalteceu a força das arquibancadas do Cícero Pompeu de Toledo. “Demos um passe importante para buscar a vaga. Foi um jogo especial, precisávamos da vitória e agora vamos com tudo para as decisões contra o Audax e com o The Strongest. Com gana, vamos buscar novas vitórias”, disse o lateral-esquerdo. “O grupo está de parabéns, a torcida está de parabéns também. O importante é esse espírito”, emendou Bruno.

Hernani marca na vitória sobre o Brasil de Pelotas e garante Atlético na sequência da Copa do Brasil

17:470 comments
Hernani marca na vitória sobre o Brasil de Pelotas e garante Atlético na sequência da Copa do Brasil

hernaniO Atlético Paranaense conquistou, na noite desta quarta-feira (13), a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. No estádio atleticano, o Rubro-Negro venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0. O próximo adversário do Furacão sairá do vencedor da partida entre Nacional (AM) e Dom Bosco (MT).

Autor do gol da vitória contra os gaúchos, Hernani comentou o início de ano e a importância de voltar a jogar com a camisa rubro-negra. “Comecei o ano com algumas lesões e isso me atrasou um pouco, mas fico feliz por participar de um jogo como esse, fazendo gol e ajudando a minha equipe”, destacou o volante.

Para o camisa 23, toda a equipe está em uma crescente e isso tem sido importante para manter a regularidade do time. “É importantíssimo. É válido para todo o grupo e só temos a crescer. Mostramos que todos têm se doado e se entregado em busca de um só objetivo”, comentou.

Os atleticanos voltam aos gramados no próximo sábado (16), às 16h20, pelo Campeonato Paranaense. O adversário será o Paraná Clube, pelas semifinais da competição, na casa rubro-negra.