Polícia Militar monta forte esquema de policiamento para o Atletiba deste domingo

07/05/2016 12:250 comments
Curitiba, 04 de Maio de 2016,
Reunião Atletiba 12º BPM,  
Fotos: Cabo Valdemir da Luz.
Curitiba, 04 de Maio de 2016, Reunião Atletiba 12º BPM,   Fotos: Cabo Valdemir da Luz.

Curitiba, 04 de Maio de 2016,
Reunião Atletiba 12º BPM,
Fotos: Cabo Valdemir da Luz.

A Polícia Militar montou um forte esquema de policiamento, com mais de 700 homens, para garantir a segurança dos torcedores que acompanharão o Atletiba deste domingo (08.05), que definirá o campeão paranaense deste ano. Para definir os horários de deslocamento das torcidas e outras questões relacionadas à segurança, foram realizadas reuniões na sede do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM).

“Agiremos de forma preventiva. Desde as primeiras horas da manhã vamos acompanhar a movimentação nos terminais de ônibus e deslocamentos das torcidas”, destaca o Comandante do 12º BPM, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto. “Tratamos com os representantes dos clubes e das torcidas que a tolerância será zero no que tange as questões de dano ao patrimônio público, de rixa e ou qualquer outro comportamento que coloque em risco a integridade das pessoas que forem assistir a partida. Atuaremos até o encerramento do clássico, patrulhando não só no entorno do estádio, mas também no centro da cidade e nas periferias”, afirmou.

A Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos também participará. O delegado Clóvis Galvão Bueno, disse que o objetivo é dar apoio à Polícia Militar na operação. “Há uma maior atenção porque se trata de um espetáculo que envolve emoção e muita rivalidade entre os clubes. Mas o planejamento feito pelo 12º BPM é eficaz e estaremos lá dando apoio a partir das 13 horas”, disse ele.

HORÁRIO DAS TORCIDAS – O esquema de segurança, que iniciará às 11 horas. Na reunião ficou definido que no período da manhã até 13 horas, a torcida do Atlético poderá usar o transporte público nos terminais. A partir das 13h30 é liberado para os torcedores do Coritiba. A Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 13º BPM e a Polícia Montada fará a escolta da torcida atleticana, às 14 horas, da sede da Fanáticos para o Couto Pereira e no retorno, após o término do jogo. Já a ROTAM do 20º BPM ficará responsável pela escolta do time do Atlético a partir das 13h45. Também foi acordado entre as torcidas de ambos os times que a Ultras e a Fanáticos poderão entrar no estádio com uma faixa, sete instrumentos e o uniforme das organizadas.

De acordo com tenente-coronel Zanatta, mais de 700 policiais militares farão a segurança na área interna e externa do estádio, além dos 10 pontos de bloqueios nas ruas próximas para evitar tumultos e garantir o acesso dos torcedores. “Não vamos permitir luta corporal, tumultos ou qualquer outro dano durante o jogo. Atuaremos com muita firmeza e determinação, antes da partida e após o encerramento, justamente para coibir situações de violência”, afirmou.

A PM atuará, além do entorno do estádio, nas praças da área central de Curitiba, nos eixos de deslocamentos de torcedores, terminais de ônibus e estações tubo nas proximidades do Couto Pereira. Qualquer ocorrência registrada a até 5 mil metros do local do jogo será encaminhada para a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos.

CUMPRIDAS – Segundo o Diretor da torcida organizada Fanáticos, Gilmar Alves de Lima, as recomendações feitas durante a reunião serão cumpridas. “Sempre divulgamos nas redes sociais e no nosso site como funcionará a escolta e outras questões. Pedimos a colaboração de todos os nossos associados para que não haja confusões”, disse ele. “Solicitamos para que todos os torcedores possam ir ao estádio com o espírito de paz, que fiquem longe de confusões e não excedam com as bebida alcoólicas”, acrescenta o Presidente da Império, Juliano Rodrigues.

“Pedimos aos líderes de torcida que nos auxiliem na identificação das outras torcidas, justamente para que possamos agir de uma maneira melhor. Estaremos monitorando as redes sociais, inclusive com o apoio do Ministério Público e também da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos”, finaliza o tenente-coronel Zanatta.

COMEMORAÇÃO – O time que vencer o campeonato comemorará o título no Couto Pereira, sendo um palco montado no local para a entrega da taça ao campeão. A torcida pertencente ao time perdedor deverá sair primeiro do estádio. A PM reforçará o policiamento na saída para evitar tumultos ou confrontos.

BLOQUEIOSA partir das 12 horas, os seguintes cruzamentos de ruas nas proximidades do estádio estarão bloqueados:

Ubaldino do Amaral com Amâncio Mouro

Mauá com Dr. Muller

Barão de Guaraúna com Augusto Severo

Simão Bolívar com Augusto Severo

Floriano Essenfelder com Alberto Bolliger

Mauá com Itupava

21 de Abril com Floriano Essenfelder

Ubaldino do Amaral com Floriano Essenfelder

Pedro R. de Moura com Augusto Severo

21 de Abril com Itupava.

PARTICIPAÇÃO – O esquema de segurança será coordenado pelo 12º BPM e contará com o apoio do 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM, Regimento de Polícia Montada (RPMon), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan), Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), Academia Policial Militar do Guatupê, 17º BPM, 22º BPM e da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da Polícia Militar. Conta com o apopio, também, da Guarda Municipal, da URBS, Secretaria Municipal de Trânsito, do Juizado Especial Criminal (Jecrim), do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Polícia Civil.

CBF fez o lançamento oficial do Brasileirão 2016

06/05/2016 13:430 comments
CBF fez o lançamento oficial do Brasileirão 2016

CBFA bola só rola no próximo dia 14, mas o campeonato mais competitivo do mundo já começou. Cheio de novidades, o Brasileirão 2016 foi lançado oficialmente na noite desta quinta-feira (5), em São Paulo, em evento de gala, que reviveu grandes momentos da história da competição e reuniu personagens marcantes para o torneio.

Diretor de Competições da CBF, Manoel Flores, explica a série de mudanças que têm sido realizadas no Brasileirão desde 2014, com a introdução do protocolo de acesso ao gramado e da imprensa. Em 2015, os protocolos foram ajustados, o nível de exigência aumentou, e todas essas informações passaram a constar no Regulamento Específico do Campeonato Brasileiro da Série A. 

A partir de reuniões e avaliações com emissoras de televisão, agências de notícias internacionais e nacionais, empresas ligadas ao futebol, clubes e jogadores, a CBF concluiu que precisava observar os detalhes para agregar valor a seus campeonatos. E a inédita Festa de Lançamento é apenas uma das novas iniciativas.

– Com esses feedbacks, no segundo semestre de 2014, com a consolidação do formato da Série A, passamos a focar nos detalhes do nosso maior produto, tendo como referências as principais competições do futebol mundial – afirma Flores.

Para este ano, outros itens foram incorporados ao protocolo: utilização de coletes padronizados para a imprensa, criação de zona mista específica para radialistas, credenciamento para prestadores de serviço, dentre outros. 

O objetivo é entregar um campeonato melhor, mais valorizado e, consequentemente, mais atraente para torcedores, patrocinadores e mídias nacional e internacional.

– Nós analisamos os principais campeonatos do mundo, pincelamos o melhor de cada um deles e adequamos à nossa realidade. Assim conseguimos anunciar essas novidades para a edição 2016. Todas elas têm o objetivo de organizarmos um produto melhor e internacionalizar a competição que é a mais disputada e competitiva do mundo – reforça o diretor de Marketing da CBF, Gilberto Ratto.

As novidades, que prometem valorizar ainda mais o Brasileirão, não param por aí. Confira a lista completa:

Festa de Lançamento do Brasileirão, que será realizada sempre na cidade da casa do atual campeão;

Cerimônia de abertura do Brasileirão, na estreia do atual campeão no campeonato;

Álbum oficial do Brasileirão, em parceria com a Panini;

Música tema do Brasileirão;

Patch para o atual campeão da competição;

Retomada da Festa de Encerramento do Brasileirão;

Novo horário para o campeonato: segunda-feira, às 20h.

Grêmio é atropelado pelo Rosario Central e cai nas oitavas da Libertadores

13:410 comments
Grêmio é atropelado pelo Rosario Central e cai nas oitavas da Libertadores

GremioO Grêmio sabia que teria uma tarefa dificílima nesta quinta-feira diante do Rosario Central, na Argentina. Depois de perder por 1 a 0 na ida, em Porto Alegre, precisava reverter a situação no caldeirão do Gigante de Arroyito. Só não contava com um gol do adversário logo no início da partida. A partir daí, o time argentino dominou as ações, foi amplamente superior e atropelou por 3 a 0 para eliminar os brasileiros e se garantir nas quartas de final da Libertadores.

Se a vaga já havia sido encaminhada no Brasil, o Rosario tratou de selá-la com autoridade. Teve mais uma grande atuação em seu estádio, para delírio da fanática torcida, e contou com outro dia inspirado de seu artilheiro Marco Ruben, que marcou duas vez. Donatti marcou o terceiro e confirmou a classificação do time argentino para encarar o colombiano Atlético Nacional na próxima fase.

Com a eliminação, o Grêmio agora volta suas atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Corinthians no Itaquerão. Os dois clubes, aliás, precisam “recolher os cacos” após eliminações decepcionantes nas oitavas de Libertadores. O Palmeiras já havia caído na fase de grupos, o que faz com o Brasil mantenha somente dois times na competição continental: São Paulo e Atlético-MG, que se enfrentam nas quartas.

O jogo

O Grêmio começou tocando a bola e chegou a ir ao ataque uma vez com Ramiro, mas logo de cara levou um balde de água fria. Aos quatro minutos, Montoya puxou contra-ataque, arrancou sozinho no meio de campo e viu Marco Ruben. O atacante se colocou entre os dois zagueiros gremistas, nas costas de Fred, e recebeu ótimo lançamento para desviar com o pé direito e vencer Marcelo Grohe.

O gol relaxou o time argentino e, talvez por isso, o Grêmio encontrou espaços para se lançar ao ataque. Mesmo sem muita efetividade, passou a tocar a bola no campo de ataque e chegou com perigo aos 19 minutos, quando Ramiro recebeu de Giuliano e lançou de volta justamente para o meia, que cabeceou e exigiu ótima defesa de Sosa.

Mas o Grêmio errava demais na saída de bola, e o Rosario só não criava mais porque também falhava no último passe. Só que em uma destas saídas erradas do time brasileiro, Cervi aproveitou para mostrar habilidade, tentou fazer fila na entrada da área e foi calçado por Marcelo Hermes. Aos 23 minutos, Marco Ruben cobrou o pênalti com força no canto direito de Grohe, que não alcançou.

O Grêmio não se entregava, seguia com a posse de bola, mas não encontrava espaços para infiltrar na defesa, o que deixava o confronto extremamente confortável para o Rosario. Depois de muito insistir, o time gaúcho quase descontou aos 42. Walace deu ótima bola para Luan, que dividiu com a defesa. A sobra ficou com Marcelo Hermes, que bateu com perigo.

O Grêmio voltou para o segundo tempo com Pedro Rocha na vaga de Douglas e a esperança de que uma blitz ofensiva pudesse devolver a esperança da classificação. Mas quem começou dominando as ações e levando perigo foi o Rosario, que quase marcou aos 11, quando Fernández ficou com sobra na esquerda e bateu firme, rente à trave, com desvio. Só que na cobrança de escanteio, não teve jeito. Donatti subiu sozinho na marca do pênalti e tocou no canto esquerdo de Grohe para ampliar.

A decepção tomou conta do lado tricolor, o desespero resultou em algumas entradas mais fortes e Maicon foi amarelado por falta dura em Cervi. Com o adversário descontrolado, o Rosario aproveitou para pressionar. Chegou perto de transformar a vitória em goleada em duas oportunidades: em cruzamento da esquerda que Bobô quase tocou contra e em finalização de Marco Ruben dentro da área, por cima.

Aos 27 minutos, o centroavante do Rosario exagerou no preciosismo e perdeu grande chance. Herrera foi lançado em velocidade e dividiu com Marcelo Grohe. A sobra ficou com Ruben, que tinha o gol praticamente vazio, mas preferiu tentar devolver para Herrera e errou. Aos 32, o Grêmio perdeu ótima oportunidade para ao menos diminuir. Maicon tabelou com Bobô e finalizou de frente para Sosa, que fez grande defesa.

ROSARIO CENTRAL 3 X 0 GRÊMIO

ROSARIO CENTRAL
Sebastián Sosa; Víctor Salazar, Alejandro Donatti, Esteban Burgos e Javier Pinola; Montoya (Pablo Álvarez) Damián Musto (Gil Romero), José Fernández e Franco Cervi; Germán Herrera e Marco Ruben (Lo Celso)
Técnico: Eduardo Coudet

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano e Douglas (Pedro Rocha); Luan e Miller Bolaños (Bobô)
Técnico: Roger Machado

GOLS –
Marco Ruben, aos quatro e aos 23 minutos do primeiro tempo. Donatti, aos 12 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Enrique Cáceres (Fifa/Paraguai).

CARTÕES AMARELOS – Damián Musto (Rosario Central); Pedro Geromel Maicon (Grêmio).

LOCAL – Estádio Gigante de Arroyito, em Rosário (ARG).

Superesportes

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/gremio/2016/05/05/noticia_gremio,335226/gremio-e-atropelado-pelo-rosario-central-e-cai-nas-oitavas-de-final-da-libertadores.shtml

Dunga convoca os 23 jogadores da Seleção Brasileira para Copa América

13:360 comments
Dunga convoca os 23 jogadores da Seleção Brasileira para Copa América

BrasilO técnico da Seleção Brasileira, Dunga, convocou os 23 jogadores que disputarão a Copa América Centenário, que será realizada de 3 a 26 de junho, nos Estados Unidos. Veja a lista:

Goleiros

Alisson – Internacional

Diego Alves – Valência

Ederson – Benfica

Zagueiros

Miranda – Internazionale

Gil – Shandong Luneng Taishan FC

Marquinhos – PSG

Rodrigo Caio – São Paulo

Laterais 

Dani Alves – Barcelona

Filipe Luís – Atlético de Madrid

Fabinho – Monaco

Douglas Santos – Atlético Mineiro

Meio campo

Luiz Gustavo – Wolfsburg

Elias – Corinthians

Renato Augusto – Beijing Guoan FC

Philippe Coutinho –  Liverpool

Lucas Lima – Santos

Willian – Chelsea

Casemiro – Real Madrid

Rafael Alcântara – Barcelona

Douglas Costa – Bayern de Munique

Atacantes

Hulk – Zenit

Gabriel – Santos

Ricardo Oliveira – Santos

O coordenador de Seleções Gilmar Rinaldi anunciou Juninho Paulista como o auxiliar pontual no amistoso do dia 29 de maio, em Denver, contra o Panamá.

Rogério Ceni será o auxiliar pontual na disputa da Copa América Centenário, em que o Brasil estreia contra o Equador no dia 4 de junho, em Pasadena, no Estádio Rose Bowl.

O chefe da delegação da Seleção Brasileira será o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

Corinthians é eliminado da Libertadores com empate em casa

13:330 comments
Corinthians é eliminado da Libertadores com empate em casa

SOCCER-LIBERTADORES_-G202N3HOR.1Uma triste sina parece acompanhar os torcedores corintianos. Pela quinta vez o Corinthians foi eliminado de uma competição em seu próprio estádio, o Itaquerão. Nesta quarta-feira, o time paulista se despediu da Copa Libertadores ao empatar em 2 a 2 com o Nacional, do Uruguai – no jogo de ida, em Montevidéu, houve empate em 0 a 0.

Os fracassos anteriores foram a derrota nos pênaltis para o Audax, no Campeonato Paulista deste ano, e para Guarani-PAR (Libertadores), Palmeiras (Paulista) e Santos (Copa do Brasil) no ano passado.

O Nacional abriu o placar com Nico López logo aos cinco minutos. Pouco depois, Lucca igualou. No segundo tempo, Santiago Romero recolocou os uruguaios em vantagem. O Corinthians perdeu chance de empatar com um pênalti mal batido por André aos 37 minutos. Já nos acréscimos, Marquinhos Gabriel, em outro pênalti, empatou, mas não havia tempo para a vitória. O Nacional agora pega o vencedor do confronto entre Boca Juniors e Cerro Porteño.

Se o Corinthians foi eliminado, Atlético-MG e São Paulo avançaram na competição. Os mineiros derrotaram o Racing, da Argentina, por 2 a 1 no Independência. Carlos e Lucas Pratto, que ainda desperdiçou um pênalti, marcarma os gols. Lisandro López descontou para os argentinos. Nas quartas, o Atlético-MG enfrentará o São Paulo.

No México, o São Paulo perdeu por 3 a 1 para o Toluca, mas se classificou por ter vencido o jogo de ida, no Morumbi, por 4 a 0. Fernando Uribe (2) e Triverio fizeram os gols dos mexicanos, com Michel Bastos descontando para o tricolor paulista.

Atual campeão da Libertadores, o River Plate deu adeus à competição na noite desta quarta. Depois de levar 2 a 0 no Equador, o time argentino derrotou o Independiente del Valle por 1 a 0 em Buenos Aires. Alario fez o gol, em uma noite em que brilhou o goleiro equatoriano Azcona.

Jakeline Modas vence Futshow e conquista Tetra do Futsal Municipal

05/05/2016 12:410 comments
Jakeline Modas vence Futshow e conquista Tetra do Futsal Municipal

Jakeline TetraArapoti – A grande decisão da Copa Arapoti Futsal aconteceu na noite desta quarta-feira, 04, com boa participação do público no Ginásio Otacílio de Souza (Bigodão). A equipe do Jakeline Modas venceu o Futshow de Jaguariaíva por 6 a 0 e conquistou o tetracampeonato no futsal municipal. Comandada pelo grande astro do futebol de salão, campeão mundial, Danilo Lacerda, a equipe do Jakeline está há mais de 40 jogos invicta em Arapoti.

Os gols do Jakeline foram marcados por Danilo ( 2 gols), Daniel, X-Mico, Wallace e Luan. A decisão do terceiro lugar acabou em 06 a 02 para o Construcenter contra o Messias. O evento contou com apresentações artísticas de coreografia das escolas do município. A Rádio Cidade FM fez a transmissão ao vivo da grande decisão.

O artilheiro da competição foi o atleta Wallace da equipe do Jakeline Modas com 24 gols. A defesa menos vazada também foi a do Jakeline Modas com 15 gols sofridos em oito jogos. A final do Futsal Feminino será disputada no próximo dia 11 de junho.

Final da Copa Arapoti Futsal será entre Jakeline Modas e Futshow

03/05/2016 13:100 comments
Jakeline Modas chega a mais uma decisão
Jakeline Modas chega a mais uma decisão

Jakeline Modas chega a mais uma decisão

Arapoti – Foram definidos na noite desta segunda-feira, 02 de maio, os dois finalistas da Copa Arapoti Futsal 2016. A equipe do Jakeline Modas, que conta em seu elenco com o campeão mundial de Futsal, Danilo Lacerda, não tomou conhecimento da garotada do Messias e goleou por 12 a 3. A outra semifinal foi mais disputada. A equipe do Futshow de Jaguariaíva, surpreendeu o bom time da Construcenter, e venceu por 04 a 03.

A decisão acontece já nesta quarta-feira, dia 04 de maio, no Ginásio de Esportes Otacílio de Souza. A decisão do terceiro lugar acontece a partir das 20h15min. Já a grande final tem início programado para às 21h15min. O evento terá apresentação das equipes de dança da Prefeitura Municipal e Colégio Múltipla Escolha. Haverá ainda transmissão ao vivo dos jogos pela Rádio Cidade FM de Arapoti.

O torneio é organizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. A final do Futsal feminino está programado para o próximo dia 11 de junho. Confira abaixo programação completa da final desta quarta:

FINAL- DIA 04 DE MAIO – QUARTA FEIRA- GINÁSIO MUNICIPAL OTACÍLIO DE SOUZA

20:00 HS- APRESENTAÇÃO DE DANÇA
20:10 HS- DECISÃO DE 3° LUGAR- CONSTRUCENTER X MESSIAS
INTERVALO- APRESENTAÇÃO DE DANÇA
21:10HS- APRESENTAÇÃO DE DANÇA
21:15HS- DESCISÃO DE 1° LUGAR- FUTSHOW  X JAKELINE MODAS
INTERVALO- APRESENTAÇÃO DE DANÇA
PREMIAÇÃO.

 

Chama Olímpica chega ao Brasil; siga o caminho da tocha

12:420 comments
Chama Olímpica chega ao Brasil; siga o caminho da tocha

OlimpiadasA lanterna contendo a Chama Olímpica acaba de chegar ao Aeroporto Internacional de Brasília, ponto de partida para um roteiro que, nos próximos 95 dias, incluirá 327 cidades das cinco regiões do país, passando pelas mãos de 12 mil condutores até chegar, no dia 5 de agosto, ao Estádio Maracanã, local onde será acesa a Pira Olímpica e celebrada a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O símbolo dos jogos entrou no espaço aéreo de Brasília às 7h10 e o avião da empresa Latam, procedente da Suíça, pousou às 7h25. O avião foi escoltado por dois caças da Força Aérea Brasileira e trazia uma bandeira brasileira na cabine do piloto.

>> Siga aqui o caminho da Tocha Olímpica <<

A chama foi acesa no dia 21 de abril, em frente ao Templo de Hera, localizado na cidade grega de Olímpia, a partir dos raios solares, seguindo um tradicional rito que faz uso de uma espécie de espelho côncavo chamado skaphia. A cerimônia contou com a participação de 11 mulheres caracterizadas, representando o papel de sacerdotisas. Após percorrer algumas cidades gregas – entre elas a capital Atenas – a Chama Olímpica seguiu até Genebra, na Suíça, para uma cerimônia na Organização das Nações Unidas (ONU), seguindo então para o Museu Olímpico, localizado em Lausanne, onde fica a sede do Comitê Olímpico Internacional.

A previsão é de que a lanterna contendo a chama chegue às 9h no Palácio do Planalto, onde alimentará a primeira Tocha Olímpica Rio 2016 para, então, começar a viagem pelas cinco regiões do país.

Segundo os organizadores, o percurso da tocha no Distrito Federal começará às 10h, e percorrerá mais de 118 quilômetros de distância, dos quais 37 serão feitos por 141 condutores, percorrendo cinco regiões administrativas locais e vários pontos turísticos da capital federal. Além do Palácio do Planalto, a tocha passará pela Câmara e pelo Senado, pela Catedral Metropolitana e pela Igrejinha na Asa Sul. Ao longo do trajeto, será conduzida também por meio de bicicleta, rapel e a nado.

Na saída do Palácio do Planalto, a tocha será conduzida pela jogadora de vôlei Fabiana Claudino, bicampeã olímpica (2008 e 2012), indo em direção à Catedral de Brasília, em um trecho que terá a participação de nove condutores, conforme programação divulgada no site Rio 2016. Ao longo do percurso, a tocha passará pelas mãos do campeão mundial de surfe Gabriel Medina, o matemático Artur Ávila Cordeiro de Melo, condecorado com a Medalha Fields, e a menina Hanan Khaled Daqqah, de 12 anos, refugiada síria que vive no Brasil. Dentro da catedral, a jogadora de vôlei Paula Pequeno passará a tocha para o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima.

Posteriormente, a tocha descerá de rapel até a Ponte JK pelas mãos do policial militar Manoel Costa, que a entregará ao velejador Felipe Rondina. De lá, seguirá de lancha até o Clube do Exército, de onde partirá, em canoa havaiana, na direção do Pontão do Lago Sul. O encarregado desse trajeto será o canoísta Rubens Pompeu.

A tocha será conduzida também a bordo de um helicóptero do Exército, onde novamente fará uso de rapel para chegar ao centro do gramado do Estádio Nacional Mané Garrincha. Lá, o condutor Haudson Alves entregará a chama ao zagueiro de futebol Lúcio, jogador que teve sua carreira iniciada em Brasília e foi campeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira em 2002. Lúcio fará uma volta olímpica com a tocha, ao redor do campo.

No Memorial JK e no Memorial dos Povos Indígenas, a tocha será conduzida pelo índio Kamukaiká Yawalapíti. O revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 terminará na Esplanada dos Ministérios, com acendimento da pira pela ex-jogadora de vôlei Leila Barros, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000. Em seguida, o público poderá assistir ao show com o sambista Diogo Nogueira e com a cantora baiana Daniela Mercury.

A Tocha Olímpica é um importante símbolo na história dos Jogos. Representa a paz, a união e a amizade entre os povos, e sua condução tem por objetivo levar a mensagem olímpica, de promoção da paz em lugar de conflitos. Tradicionalmente, o nome da última pessoa a levar a tocha até a Pira Olímpica na cerimônia de abertura no Maracanã, no Rio de Janeiro, é mantido em segredo. Em geral, a pessoa escolhida é alguma celebridade esportiva do país anfitrião. O Fogo Olímpico queimará na pira até o encerramento dos Jogos Olímpicos, quando será então apagado.

Veja abaixo a lista dos dez primeiros condutores, na ordem do revezamento:

1) Fabiana Claudino: Bicampeã olímpica (2008 e 2012) e capitã da Seleção Brasileira de Vôlei, Fabiana Claudino é considerada uma das melhores centrais do mundo. Com 1,93m, a jogadora nascida em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, é uma das apostas do técnico José Roberto Guimarães para conquistar o tricampeonato olímpico nos Jogos do Rio, uma consagração a mais em seus dez anos com a camisa da Seleção Brasileira.

2) Artur Ávila Cordeiro de Melo: primeiro pesquisador brasileiro e da América Latina a receber a Medalha Fields, considerada o Nobel da Matemática, Artur Ávila Cordeiro de Melo se divide entre o Rio e Paris, cidades em que coordena estudos do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) e do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). O matemático carioca, de 36 anos, vai conduzir a tocha para ressaltar a importância da educação para o desenvolvimento do país e para formação de seus atletas e cidadãos.

3) Gabriel Hardy: Aos 16 anos, Gabriel Hardy acumula prêmios e conquistas, como o campeonato brasileiro juvenil e o terceiro lugar no Sul-Americano de Karatê. Aluno da rede pública estadual de Sobradinho, cidade-satélite do Distrito Federal, o atleta é agente jovem Transforma, programa feito em parceria com o governo federal que leva os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 às escolas. Gabriel treina na Associação Hardy, organização não-governamental dirigida por seu pai, o professor de karatê Heitor Hardy, que atende cerca de 100 crianças e jovens carentes da cidade.

4) Ângelo Assumpção:  Uma das promessas brasileiras nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Ângelo Assumpção é acrobata, especialista em salto e solo, e integra a seleção de ginástica artística brasileira. No ano passado, durante a etapa de São Paulo da Copa do Mundo de Ginástica, o atleta paulistano subiu ao pódio para receber a medalha de ouro no salto ao lado de seu grande ídolo, o ginasta Diego Hypólito. Após passar por um episódio de cyberbullying, o atleta de 19 anos venceu o preconceito e hoje mostra que valeu acreditar no sonho do esporte.

5) Aurilene Vieira de Brito: Diretora da Escola Estadual Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves (PI), Aurilene Vieira de Brito enfrenta as dificuldades diárias de educar estando em um dos 30 municípios do Brasil com o pior do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ainda assim, a professora conseguiu colocar sua escola entre as melhores no ensino médio no país, ao vencer a defasagem educacional dos alunos e conquistar dezenas de medalhas em Olimpíadas de Matemática e Química. Aurilene sintetiza a determinação dos brasileiros e comprova que a educação é capaz de superar barreiras econômicas e regionais

6) Hanan Khaled Daqqah: Hanan e sua família moravam na cidade de Idlib, no nordeste da Síria, um dos palcos da guerra civil no país. Seu pai foi preso, acusado de tráfico de pessoas, ao ajudar amigos a escapar da violência. Ficou 11 meses detido e, após libertado, passou a ser ameaçado de morte por grupos governistas e da oposição. Foi quando a família buscou abrigo na Jordânia, onde viveu por dois anos e meio no campo de refugiados de Zaatari. Em 2015, eles chegaram ao Brasil por meio do programa de vistos humanitários do governo federal, que facilita a entrada no país de pessoas afetadas pelo conflito na Síria. Toda sua família foi reconhecida pelo governo como refugiados e agora reconstroí sua vida no Brasil. Aos 12 anos, Hanan vive em São Paulo com seu pai, a mãe, um irmão mais velho e uma irmã bebê, mais os tios e outros quatro primos, em um pequeno apartamento no centro da cidade. A mãe de Hanan está grávida, e em breve ela terá um irmão brasileiro.

7) Adriana Araújo: A pugilista baiana  é a única mulher brasileira medalhista olímpica no boxe. O bronze foi conquistado há quatro anos, na categoria até 60 kg, nos Jogos Olímpicos Londres 2012. A pugilista, de 34 anos, que conquistou a centésima medalha brasileira para o Brasil em Jogos Olímpicos, quer continuar a fazer história nos Jogos do Rio. Para isso, ela se mudou de Salvador para São Paulo desde o ano passado, para se dedicar exclusivamente aos treinos.

8) Gabriel Medina: Um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, Gabriel Medina iniciou ainda na adolescência sua trajetória vitoriosa no surfe. Aos 11 anos, o surfista nascido em São Sebastião (SP) em 1993 ganhou seu primeiro campeonato nacional e, aos 15, se tornou o atleta mais novo a vencer uma etapa do Mundial de Surf (ASP). No final de 2014, entrou para a história como o primeiro brasileiro a conquistar o título da WCT, o circuito mundial de surfe. Longe do mar, Gabriel vai conduzir a pé a chama que representa o sonho olímpico.

9) Paula Pequeno: Melhor jogadora dos Jogos Olímpicos Pequim 2008, a bicampeã olímpica Paula Pequeno defende atualmente a equipe Brasília Vôlei na disputa da Superliga. A ponteira de 34 anos tem uma trajetória vitoriosa, atuando nas principais equipes brasileiras, com passagens pela Rússia e Turquia. A garra e a vibração, duas de suas características mais marcantes dentro das quadras, vão representar o espírito brasileiro quando Paula conduzir a tocha Olímpica.

10) Vanderlei Cordeiro de Lima: O ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, de 46 anos, protagonizou um dos momentos mais emocionantes da história dos Jogos Olímpicos. Ele liderava a prova da maratona, em 2004, na Grécia, quando, a seis quilômetros da linha de chegada, foi derrubado por um manifestante religioso, que burlou a segurança da prova. Em vez de se abalar, o atleta voltou à prova e conquistou a medalha de bronze. Pela demonstração de espírito olímpico, Vanderlei recebeu do Comitê Olímpico Internacional a medalha Pierre de Coubertin – o primeiro latino-americano a ganhar a condecoração.

Agência EBC

Atlético faz 3 a 0 no Coritiba e abre vantagem na decisão do Paranaense

02/05/2016 12:420 comments
Atlético faz 3 a 0 no Coritiba e abre vantagem na decisão do Paranaense

CapNa tarde deste domingo (1º), o Atlético Paranaense abriu vantagem na decisão do Campeonato Estadual 2016. No estádio atleticano, o Rubro-Negro venceu o Coritiba por 3 a 0. Os gols do Furacão foram marcados por Thiago Heleno, Ewandro e Hernani.

A partida de volta, que decide o título, acontece no próximo domingo (8), às 16h, no Estádio Couto Pereira.

 

O jogo

O Furacão começou a partida melhor e criou a primeira chance aos sete minutos de jogo. Pablo cruzou para Walter, que bateu de primeira para o gol e quase abriu o marcador.

O Atlético administrava bem a posse de bola e, aos 14 minutos, chegou novamente com Pablo. O atacante experimentou de fora da área, mas a bola passou por cima.

Quatro minutos, depois foi a vez de Ewandro ter boa oportunidade. O atacante aproveitou rebote da zaga adversária e chutou no canto esquerdo. Aos 30, Walter soltou uma bomba no ângulo e Elisson fez boa defesa.

Com total posse de bola, Ewandro teve outra boa chance aos 42 minutos, quando Sidcley driblou dois na lateral-esquerda e cruzou rasteiro para o 96 bater para fora.

Na volta para a segunda etapa, os atleticanos voltaram com o mesmo ritmo. E foi aos sete minutos que o Rubro-Negro abriu o marcador, com Thiago Heleno. Em cobrança de falta, o Furacão fez jogada ensaiada e o zagueiro subiu mais alto para cabecear para o gol. 1 a 0 Rubro-Negro!

Após o gol, o Furacão continuou atacando. Aos 19 minutos, ampliou. Pablo fez passe para Ewandro, que saiu cara a cara com o goleiro adversário e chutou no canto. 2 a 0!

Com total controle no confronto, o Furacão ampliou para 3 a 0 aos 23 minutos. Em cobrança de falta. Hernani chutou no canto de Elisson. 3 a 0!

Aos 30 minutos, Hernani foi expulso. Mesmo com um jogador a menos o Rubro-Negro mandou na partida e garantiu a vitória em casa.

 

Ficha Técnica: Atlético Paranaense 3×0 Coritiba

Campeonato Paranaense 2016: Final – Jogo de ida

Data: 01/05/2016 [domingo]

Horário: 16h

Local: Estádio Atlético Paranaense, em Curitiba

Árbitro: Rafael Traci

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Jefferson Cleiton Piva da Silva

Quarto árbitro: Nilo Neves de Souza Jr.

Quinto árbitro: Diego Grubba Schitkovski

 

Atlético Paranaense: Weverton; Léo (Cleberson, aos 42’ d0 2ºT), Paulo André, Thiago Heleno (Christián Vilches, aos 29’ do 2ºT)e Sidcley; Deivid e Hernani; Nikão, Pablo e Ewandro (Jadson, aos 31’ do 2ºT); Walter.

Técnico: Paulo Autuori

Gols: Thiago Heleno, aos 7’ do 2ºT, Ewandro, aos 19’ do 2ºT, Hernani, aos 23’ do 2ºT

Cartões amarelos: Deivid, Paulo André, Hernani, Christián Vilches e Weverton..

Cartão vermelho: Hernani

 

Coritiba: Elisson; Reginaldo, Luccas Claro (Walisson Maia, aos 16’ do 2º) Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo, Vinícius (Leandro, aos 27’ do 2ºT) e Thiago Lopes (Ruy, aos 22’ do 2ºT); Negueba e Kléber.

Técnico: Gilson Kleina

Cartões amarelos: Reginaldo, Vinícius e João Paulo.

 

Renda bruta: R$ 1.043.910,00

Público pagante: 26.357

Público total: 29.074

antos arranca empate no primeiro jogo da decisão do Paulistão

12:300 comments
antos arranca empate no primeiro jogo da decisão do Paulistão

PeixeO Santos conseguiu um bom resultado na primeira partida da decisão do Campeonato Paulista. O Peixe empatou em 1 a 1 com o Audax, neste domingo (01), em Osasco, gol marcado por Ronaldo Mendes. No próximo jogo, domingo (08), na Vila Belmiro, uma vitória simples dá o título ao Alvinegro Praiano. Um empate leva a decisão para os pênaltis.

O adversário saiu na frente. Mike marcou aos 12 do segundo tempo. O Santos FC chegou ao empate aos 34 minutos. Ronaldo Mendes, que entrou no lugar de Lucas Lima, que saiu lesionado, chutou de fora de área e marcou em belo gol.

Ficha técnica:

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco (SP)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza.

Renda: R$ 463.730,00.

Público: 12.669 pagantes.

Audax

Sidão; André Castro, Yuri, Bruno Silva e Velicka; Tchê Tchê, Camacho e Juninho (Wellington); Mike, Bruno Paulo e Ytalo. Técnico: Fernando Diniz.

Santos FC

Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno (Paulinho) e Lucas Lima (Ronaldo Mendes); Gabriel (Joel) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

Gols: Mike, aos 12, e Ronaldo Mendes, aos 34 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: André Castro e Wellington (Audax); Gustavo Henrique e Lucas Lima (Santos FC)