Flamengo domina e vence Boavista por 3 a 0

10/04/2016 15:490 comments
Flamengo domina e vence Boavista por 3 a 0
flamengoNa penúltima rodada da Taça Guanabara, o Flamengo enfrentou o Boavista. Em Volt Redonda, o Rubro-Negro não teve dificuldades e venceu por 3 gols de diferença. Mancuello, Marcelo Cirino e Guerrero foram os responsáveis por colocar a bola na rede.
Com o resultado, o Mais Querido subiu à 3ª colocação, voltando à zona de classificação. O último confronto desta fase do campeonato é contra o Bangu, no próximo domingo (17), às 16h.
O Jogo

O Flamengo começou o jogo ditando o ritmo e mostrando como se portaria durante os 90 minutos: sem dar chance para o azar.  Logo aos 55 segundos, já teve boa chance, em cruzamento fechado de Rodinei que quase enganou o goleiro. O Mais Querido pressionou pelas laterais e deu trabalho à defesa adversária. Aos 19, o primeiro gol. Mancuello sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo foi para a batida e, com a classe que lhe é característica, guardou no ângulo oposto.
Rodinei se mostrou uma boa opção pela direita até que, aos 30, veio dos pés dele outra jogada de gol. O camisa 2 invadiu a área e deu passe para Marcelo Cirino, que, com dois toques, dominou e mandou para o fundo da rede. Mesmo à frente no placar, o Flamengo pressionou o adversário e subiu a marcação ao campo de ataque.

A segunda etapa começou sem que o Flamengo diminuísse o ritmo. O terceiro gol veio aos 12 minutos. O goleiro adversário vacilou, errou na reposição e Guerrero acreditou. Após bloquear a bola e tirar o arqueiro da jogada, o peruano pegou a sobra e fez o seu. Até o fim do jogo, o Mais Querido não deu espaços ao Boavista. Com tranquilidade, mas sem dar espaços na marcação, o Rubro-Negro administrou o resultado.

Coritiba vence o Toledo por 4×0 e garante vaga na semifinal do Paranaense

15:450 comments
Coritiba vence o Toledo por 4×0 e garante vaga na semifinal do Paranaense

coxaO Coritiba está na semifinal do Paranaense 2016. Após vencer o Toledo por 4 a 0 no Couto Pereira, o Verdão garantiu sua vaga na sequência da competição, no jogo deste domingo (09). Os gols do Coxa foram marcados por Kléber (2), Alan Santos e Juan.

É bem certo que o Coritiba tinha vantagem, pois na primeira partida, disputada fora de casa, venceu o adversário por dois a zero. Mas nem pareceu que o Coxa queria administrar o bom resultado.

O Verdão foi para cima no jogo e no primeiro tempo marcou com Kléber. Na etapa complementar o placar foi desenhado com Alan Santos, Kléber e Juan. Atuação que gerou bons comentários do treinador Gilson Kleina.

“Sem dúvidas a equipe do Coritiba soube jogar os dois jogos. Sabíamos que tínhamos que trazer uma vantagem. Fizemos o gol cedo, isso nos deu confiança. A equipe soube preencher os espaços e fomos felizes”, resumiu o técnico coritibano na coletiva de imprensa pós-jogo.

 

Artilheiro abre o placar no Couto

Pela primeira vez, Gilson Kleina pôde repetir a equipe na temporada, colocando em campo Elisson, Ceará, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Alan Santos, Juan, Dudu, Negueba e Kléber. E assim como fez em Toledo na semana passada, o Verdão aproveitou os minutos iniciais da partida para sufocar o time do oeste do estado, deixando a vantagem conquistada no primeiro jogo de lado.

Antes mesmo do primeiro minuto de jogo, o Verdão chegou com perigo duas vezes. Primeiramente, Kléber quase emendou de voleio o cruzamento de Dudu. Na sequência, Juan pegou a sobra de bola chutou para fora.

Não demorou para o Coxa abrir o marcador. Mais uma vez a parceria Juan e Kléber funcionou. Aos dez minutos, o camisa 55 do Verdão cruzou na medida para o Gladiador, que bateu de primeira, bonito, marcando o primeiro do Coxa no jogo e seu 11º gol no campeonato.

Com a vantagem no marcador, o Coxa dominava completamente a partida. Destaque para a ótima movimentação dos jogadores de frente: Negueba, Dudu, Juan e Kléber davam muito trabalho ao time do Toledo.

Aos 23’, Juan tabelou com Kléber e invadiu a área, na hora da conclusão o meio campista coxa-branca acabou parando na defesa do goleiro Fabrício. Um minuto depois, Carlinhos apareceu na área, a bola sobrou para Dudu que bateu de primeira e quase fez o segundo do Verdão.

A grande chance do Coxa anotar segundo gol aconteceu aos 27 minutos. Ceará cobrou lateral e deixou Alan Santos livre na área. O camisa cinco pegou forte na bola, mas acabou mandando sobre o gol de Fabrício.

Na reta final do primeiro tempo, o Verdão passou a administrar mais a posse de bola, finalizando menos no gol do Toledo. O time do oeste até tentou ir ao ataque, mas sempre que tentou chegar, parou no sistema defensivo do Verdão que trabalhava com muita eficiência.

Segundo tempo com goleada

No segundo tempo, bem que o Toledo tentou tomar a iniciativa. Logo aos oito minutos, Diego Tavares fez boa jogada pela direita e bateu rasteiro, a bola passou em frente ao gol de Elisson.

O segundo gol coxa-branca saiu aos onze minutos da etapa complementar. Vinícius, que havia acabado de entrar no lugar de Neguba, cruzou na medida para Alan Santos, o camisa cinco desviou de cabeça e aumentou a vantagem do Verdão.

Com a classificação praticamente assegurada, o Verdão passou a jogar com muita tranquilidade. Um dos destaques do Coxa no segundo tempo, Vinícius escapou em jogada individual e foi derrubado na área. Pênalti marcado aos 20 minutos e expulsão do zagueiro do Toledo, Junior Maceió. Kléber cobrou e fez o terceiro do Coxa, 12º dele no campeonato.

Após marcar o terceiro gol do Coxa, Kléber demorou para cobrar uma falta no meio campo e recebeu o terceiro cartão amarelo. Com isso, o artilheiro do Campeonato Paranaense está fora da primeira partida da semifinal.

Gilson Kleina fez mais uma mudança com a entrada de Leandro no lugar de Kléber. Aos 37’, todo mundo comemorou, mas o bandeirinha anotou o impedimento do que seria mais um gol do Verdão. Ortega mandou para as redes, mas em situação irregular. Na sequência, mais uma oportunidade do paraguaio que entrou no lugar de Dudu, mas a bola foi para fora.

O Toledo teve chance de diminuir a desvantagem no placar, com Murilo, mas a bola bateu na trave e salvou o Coxa. Aí, aos 41’, a conta foi fechada e a favor do Coritiba.

Carlinhos correu pela esquerda e deu um passe açucarado para Juan mandar para as redes e fazer o quarto gol do Coxa no jogo. Fim de papo, Coritiba classificado para a semifinal do Campeonato Paranaense, fazendo 4 a 0 no Toledo.

Agora o Verdão enfrentará o PSTC, que eliminou o J.Malucelli revertendo o placar. A primeira partida da semi será fora de casa para o Coxa, e depois, a decisão da vaga para a final será no Couto Pereira, ao lado da torcida coritibana.

 

Paranaense 2016 – 13ª rodada

Coritiba 4 X 0 Toledo
Local: Couto Pereira – Curitiba – PR
Data: 09/04/2016
Horário: 16:00hÁrbitro: Ronaldo Parpinelli
Assistentes: Maurício José Braga e Wesley Waldir Marmitt
Quarto Árbitro: Lucas Paulo Torezin

Coritiba: Elisson, Ceará, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Alan Santos, Juan, Dudu (Ortega), Negueba (Vinícius) e Kléber (Leandro)
Técnico: Gilson Kleina
Banco: Rafael Martins, Rafael Marques, Walisson Maia, Reginaldo, Cesar Benitez, Ícaro, Amaral, Guilherme Parede, Leandro, Thiago Lopes, Vinícius e Ortega

Toledo: Fabrício (André Luiz), Diego Tavares, Jhonatan, Junior Maceió, Evandro, Tetê, Bastos (Gustavo), Tácio, André (Felipe), Murilo e Eduardinho
Técnico: Rodrigo Cascca
Banco: Felipe, Vanberto, Felipe, Gustavo, Dodo, Gilson, Lucas Lima, Danilo e André Luiz

GOLS DO JOGO Gols:
Kléber (Coritiba) – aos 10 minuto(s) do 1º Tempo
Alan Santos (Coritiba) – aos 11 minuto(s) do 2º Tempo
Kléber (Coritiba) – aos 21 minuto(s) do 2º Tempo
Juan (Coritiba) – aos 41 minuto(s) do 2º Tempo

Cartões DO JOGOCartões:
Amarelos: Alan Santos (Coritiba), Junior Maceió (Toledo), Evandro (Toledo), Junior Maceió (Toledo), Kléber (Coritiba)
Vermelhos: Junior Maceió (Toledo)

Público Pagante e Total
Público Pagante: 6.850
Público Total: 8.219

Público Pagante e Total
Renda: R$ 158.625,00

Taça Ouro e Prata de Futsal de Jaguariaíva inicia na terça

09/04/2016 12:250 comments
Taça Ouro e Prata de Futsal de Jaguariaíva inicia na terça

DSCN8429Jaguariaíva – Será no dia 12, terça-feira, a partir das 19h, no Ginásio de Esportes Tubunão, a abertura da 7ª Copa de Futsal Adulto Taça Ouro e Prata.  Organizada pela Prefeitura Municipal de Jaguariaíva, através da Smece (Secretaria Municipal de  Educação,  Cultura  e  Esporte), a competição tem o objetivo de promover o intercâmbio entre diversos praticantes de futsal e proporcionar à comunidade momentos de lazer.

Os jogos ocorrem sempre à noite, a partir das 19h30, nas terças e sextas-feiras, também no Ginásio de Esportes Tubunão, localizado na Rua Major Vergílio, s/nº – Cidade Alta.

Serão entregues troféus para as equipes classificadas em 1º, 2º  e 3º lugares e para o atleta artilheiro e à equipe menos vazada (melhor  média/maior  número  de  jogos  disputados).

Abertas inscrições para 7ª Corrida Rústica do Trabalhador

12:230 comments
Abertas inscrições para 7ª Corrida Rústica do Trabalhador

7_corrida_trabalhador_2016A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (Smece), através do Departamento de Esportes e Recreação, realizará no dia 1º de maio, a partir das 9h, a 7ª Corrida Rústica do Trabalhador. Inscrições são gratuitas e já estão abertas. Comemoração do dia do trabalhador e o incentivo a uma vida mais ativa estão entre os objetivos da corrida.

A largada será no pátio da antiga prefeitura, atrás da Estação Cidadã Agente Durvalino de Azevedo. Haverá troféus e premiação em dinheiro para os três primeiros lugares de cada categoria e medalhas para os classificados do 4º ao 10º lugar. Também está prevista premiação em dinheiro. Os percursos são de 5 e de 10 quilômetros, conforme a categoria do participante (veterano, pré-veterano, adulto e juvenil), sendo com exceção da categoria veterano (acima de 50 anos), todas as outras terão homens e mulheres participando.

O ponto principal para inscrições, que encerram dia 29 deste mês, fica no Departamento de Esportes do Município, na Rua Major Virgílio, s/nº – Cidade Alta, anexo ao Ginásio de Esportes Tubunão.  Atletas que não residem em Jaguariaíva podem fazer a inscrição via correio eletrônico (e-mail), seguindo os critérios estabelecidos pelo Departamento de Esportes e ficha de inscrição disponível no site www.esporte-jaguariaiva.blogspot.com.

Depois de preenchida, a ficha deve ser encaminhada através do e-mail esporte@jaguariaiva.pr.gov.br ou entregue pessoalmente no Departamento de Esportes. No dia da prova é necessário comparecer com antecedência ao local da corrida para assinatura da declaração de responsabilidade para participação na corrida. A idade mínima para participação é de 15 anos e, para inscrever-se, o menor precisa ser inscrito por seus pais ou responsável legal. No dia da prova o atleta deve apresentar um documento com foto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (43) 3535-7615.

Nacional avança, elimina o River e terá torcida do Palmeiras na última rodada

08/04/2016 12:260 comments
Nacional avança, elimina o River e terá torcida do Palmeiras na última rodada

river_nacional_efeNo embolado Grupo 2, o Nacional pode respirar mais tranquilo. Nesta quinta-feira, a equipe ficou no empate de 2 a 2 com o River Plate-URU e garantiu vaga nas oitavas de final da Libertadores, com gols de Ramírez e Victorino – o River empatou com Taján e Ronaldo Conceição. Os uruguaios ainda terão a torcida do Palmeiras na última rodada, isso porque o Verdão, que precisa vencer o River, só mantém viva a chance de classificação caso o Nacional vença o Rosario em Montevidéu.

Para o torcedor do Palmeiras se atualizar: a briga agora é contra o Rosario Central. O Nacional, com nove pontos, está classificado. A equipe argentina tem oito e três gols de saldo. O clube paulista é 3º, com cinco pontos e saldo zero.

Para o Verdão continuar com chances, o Rosario não pode pontuar contra o Nacional, fora de casa. O clube paulista tem que tirar a diferença de saldo com um bom resultado em casa contra o já eliminado River Plate.

Três brasileiros estiveram em campo. Léo Gamalho, do Nacional, foi mal. O ex-atacante do Avaí não teve sequer uma chance e foi presa fácil para a defesa adversária. O River Plate teve em Ronaldo Conceição um bom nome. O zagueiro teve tranquilidade na maioria das jogadas e ainda participou do lance do gol de empate do River, que foi desviado contra pelo jogador do Nacional. Pedroso, companheiro de Conceição, entrou no segundo tempo e deu mais movimentação.

http://s2.glbimg.com/6QubVj2iwCIjdktOlf7ZkfHZFg0=/0x0:731x411/640x360/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/04/07/asasa.jpg

Globoesporte.com

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/jogo/07-04-2016/riverplate-uru-nacional-uru/

 

São Paulo atropela Trujillanos e respira na Libertadores

06/04/2016 12:130 comments
São Paulo atropela Trujillanos e respira na Libertadores

sao pauloO reencontro do Morumbi com a Libertadores da América não poderia ser melhor! Com a melhor atuação da equipe na temporada 2016, o Tricolor goleou o Trujillanos-VEN por 6 a 0 e renasceu na competição continental. Com quatro gols do inspirado Calleri, um de Kelvin e outro de João Schmidt – apostas de Patón para o confronto desta terça-feira (5) -, o São Paulo recuperou a confiança no ano e ampliou a sua invencibilidade para sete jogos consecutivos. De quebra, a convincente performance diante dos rivais registrou o placar mais elástico do clube na competição, além de se tornar o time brasileiro com o maior número de triunfos no campeonato: agora com 87!

Com a importante vitória, o Tricolor colou nos líderes do Grupo 1 e acirrou a disputa por uma vaga nas oitavas de final. No saldo de gols (cinco contra quatro), o São Paulo superou o River Plate-ARG na classificação e assumiu a vice-liderança enquanto aguarda o desfecho da quarta rodada. Na ponta da chave está o The Strongest-BOL, com sete pontos, seguido pelo time são-paulino e pelos argentinos, ambos com cinco. Antes de retomar a disputa na Libertadores, a equipe terá a rodada final da primeira fase do Campeonato Paulista: enfrentará o São Bento no final de semana. Depois, receberá o River Plate-ARG pela competição sul-americana.

Para encarar os venezuelanos, o técnico Edgardo Bauza não pôde contar com Renan Ribeiro (apendicite), Breno (tendinite no joelho direito), Rogério (estiramento no posterior da coxa esquerda), Carlinhos (estiramento no posterior da coxa esquerda), Lugano (lombalgia) e Wesley (aprimora a forma física após se recuperar de lesão muscular). Assim, apostando nas entradas de João Schmidt e Kelvin, o experiente treinador argentino escalou o time com Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt e Paulo Henrique Ganso; Michel Bastos, Kelvin e Calleri.

Já o adversário começou a partida com Pérez; Granados, Castillo, Erazo e Páez; Mendoza, Cova, González e Sosa; Cabezas e Rojas. Quando a bola rolou, o Tricolor tratou de trocar passes para abrir os espaços, mas nos instantes iniciais tinham dificuldade para furar o bloqueio adversário. No entanto, na primeira investida após envolver o rival, o São Paulo conseguiu abrir o placar e iniciar a goleada. Aos 12 minutos, Michel Bastos cruzou da esquerda, Calleri, livre dentro da área, desviou de cabeça, e a bola foi parar o fundo das redes!  1 a 0!

Sem deixar o ritmo cair, a equipe são-paulino quase ampliou no minuto seguinte:  após troca de passes envolvente, Mena dominou na esquerda, fez o cruzamento, Hudson emendou belo chute de primeira, e a bola passou perto. Confiantes, os anfitriões se soltaram na partida, pressionaram os visitantes e agradaram a torcida, que fazia festa nas arquibancadas. E foi empurrado pela torcida que o time de Patón abriu vantagem aos 17. Mena cruzou, Kelvin desviou de cabeça, e Héctor Pérez defendeu. No rebote, o atacante bateu de esquerda, a zaga tentou salvar em cima da linha, mas não conseguiu: 2 a 0!

O ritmo intenso do Tricolor, demonstrando a vontade da equipe de conquistar a importante vitória, resultou em nova oportunidade aos 23 minutos: Kelvin saiu em velocidade pela direita, saiu da marcação, cruzou rasteiro para o meio, Michel Bastos completou na pequena área, e Pérez fez a defesa. E a blitz são-paulina logo transformou o triunfo em um marcador elástico no minuto seguinte. Aos 24, em bela trama, João Schmidt tocou na esquerda, Mena deixou passar, Ganso tocou de primeira para o meio, e o volante apareceu dentro da área para completar ao fundo das redes: 3 a 0!

Ainda antes do intervalo, o São Paulo teve duas boas chances para ampliar o saldo. Hudson, de perna esquerda, arriscou de longe e levou muito perigo: a bola passa perto da trave de Pérez. Depois, Michel Bastos cobrou o escanteio, Rodrigo Caio mergulhou de cabeça, e a bola passou raspando a trave direita. A equipe brasileira tinha o domínio completo do jogo, chegava com facilidade ao ataque e sequer levou sustos no primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, com a mesma disposição, o Tricolor não demorou para arrancar mais um grito de gol dos torcedores! Logo aos três minutos, na cobrança do escanteio, Paez derrubou Calleri dentro da área, e o árbitro marcou pênalti! Com categoria, aos quatro, o próprio camisa 12 converteu e anotou o quarto gol do confronto – o seu segundo na partida: 4 a 0!

Daí em diante, com a tranquilidade que o resultado proporcionava, Bauza aproveitou para promover algumas alterações na equipe. Aos 14, Lucão herdou a vaga de Rodrigo Caio. Mais tarde, aos 23, Thiago Mendes e Lucas Fernandes ocuparam as vagas de Hudson e Kelvin, respectivamente. O volante Thiago Mendes, que entrou ligado e buscando as jogadas, passou perto duas vezes de balançar as redes, mas ficou no quase.

Mesmo com um placar elástico, o São Paulo seguiu em cima dos rivais até os instantes finais e, assim, ampliou com Calleri aos 35 minutos: o argentino sofreu pênalti, cobrou e anotou no rebote do goleiro! 5 a 0! O placar já parecia definido, quando novamente o atacante apareceu em rápido contragolpe para marcar o sexto do São Paulo, aos 41! 6 a 0, festa nas arquibancadas e confiança renovada!

Luis Henrique marca e Alvinegro vence em estreia na Copa do Brasil

12:000 comments
Luis Henrique marca e Alvinegro vence em estreia na Copa do Brasil

BotafogoO Botafogo iniciou a caminhada na Copa do Brasil diante do Coruripe, em Alagoas, com a maioria dos titulares preservados pelo treinador Ricardo Gomes e venceu por 1 a 0. O gol foi marcado pelo atacante Luis Henrique. A equipe volta a campo no domingo, contra o Bangu, pelo Campeonato Estadual.

Botafogo e Coruripe farão o jogo da volta no dia 28, às 21h30, em local à definir. O vencedor do confronto enfrentará o classificado do duelo entre Cuiabá e Juazeirense.

O JOGO

O primeiro compromisso do Botafogo na Copa do Brasil foi diante do Coruripe, em Alagoas. O time se hospedou em Maceió e viajou até o Estádio Gérson Amaral, local da partida. Com parte do elenco preservado, o treinador Ricardo Gomes modificou bastante a equipe. Boa oportunidade para outros jogadores mostrarem serviço.

Se a chance é boa para impressionar o treinador, o Botafogo começou cedo os trabalhos. A partida não tinha sequer quatro minutos e Yacaré, em chute de fora, e Neilton, em outra ótima chance, por pouco não abriram o placar. Mérito para o goleiro Gott, que operou dois milagres.

O Coruripe respondeu aos 9, com João Paulo, que bateu perigosamente e obrigou o goleiro Helton Leite a fazer grande defesa. Chegada perigosa.

Aos 17, um lance que poderia ter dado a vantagem ao Botafogo no primeiro tempo. Jean invadiu a área e foi derrubado por Thiago Papel. Pênalti não marcado pelo árbitro, que chegou a colocar o apito na boca, mas por um motivo desconhecido não apitou.

Melhor no jogo, o Fogão voltou a ter uma nova oportunidade aos 25. Luis Ricardo foi no fundo e cruzou rasteiro para dentro da área. Luis Henrique entrou de carrinho e por pouco não colocou para dentro. O gol não veio, mas a chuva chegou com força e dificultou a vida das equipes. Tudo molhado e placar inalterado no primeiro tempo.

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. Um dos mais lúcidos em campo, Yacaré quase abriu o placar em chute forte da entrada da área. Bola cortada de cabeça por Williames José, que por pouco não jogou contra o patrimônio.

Dentro do jogo, o Coruripe por pouco não fez seu gol na cabeçada perigosa de Júnior Chicão que passou rente a trave de Helton. Lance de perigo. Nova chance para o time da casa aos 17, mas a bola passou na frente de Tiago Lima, traído pelo gramado. Bola para fora.

O Botafogo foi melhor e de tanto tentar acabou coroado com o gol. Aos 38, Fernandes deu boa bola para Diego, que cruzou rasteiro e encontrou Luis Henrique na área. BOTAFOGO 1 x 0 Coruripe!

Vitória por 1 a 0 e meio caminho andado para a classificação. O Glorioso não conseguiu eliminar o jogo da volta, mas certamente a equipe segue com confiança para a partida decisiva no Rio.

BOTAFOGO: Helton Leite; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Jean(Diego); Bruno Silva, Fernandes(A), Yacaré e Lizio(Leandro); Neilton(Ribamar) e Luis Henrique.
Treinador: Ricardo Gomes

CORURIPE: Gott; Renanto, Thiago Papel, Willames José(A) e Igor; Mazinho, Jair, Candinho(A)(Ivan) e Tiago Lima; João Paulo e Júnior Chicão
Treinador: Jaelson Marcelino

Barcelona sofre, mas vira com dois de Suárez e vence o Atlético de Madri

11:170 comments
Barcelona sofre, mas vira com dois de Suárez e vence o Atlético de Madri

barçaO Barcelona sofreu. Sofreu muito. Mas, com dois gols de Suárez, uma pressão intensa no segundo tempo e um jogador a mais durante 55 minutos, conseguiu vencer o Atlético de Madrid: 2 a 1, de virada, no jogo de ida das quartas de final da Uefa Champions League.

Para tentar apagar a imagem ruim da derrota no Clássico contra o Real Madrid, no sábado, Luis Enrique levou a campo o que tinha de melhor – o time titular absoluto, o mesmo que conquistou a última edição da Champions League, em Berlim, contra a Juventus.

Diego Simeone, por sua vez, optou por uma escalação ofensiva, trocando o 4-4-2 por um 4-3-1-2 com Griezmann como meia-ataque, Fernando Torres e Carrasco mais avançados. Na defesa, a novidade foi Lucas Hernandez ao lado de Godín; Gimenez e Savic, machucados, não se recuperaram.

Logo no início do jogo, a proposta do Atlético ficou clara: diminuir espaços, pressionar ao máximo o Barcelona e forçar os jogadores do time catalão a tomarem decisões rápidas, sem muito tempo para pensar. A tática deu certo: Iniesta e Rakitic, sob pressão, erravam muitos passes. Na frente, o tridente ofensivo formado por Messi, Suárez e Neymar, não se encontrava.

Ainda assim, as primeiras boas chances foram do Barcelona. Aos 5 minutos, Messi chutou para fora, da entrada da área, assustando Oblak; aos 18, Daniel Alves encontrou Neymar livre, na marca do pênalti, mas a cabeçada do camisa 11 foi para fora.

Só que, aos 25 minutos, o Barcelona falhou na defesa, e o Atlético abriu o placar. Busquets não acompanhou Koke, Piqué saiu para marcar o meio-campista, e deixou espaço livre na entrada da área. Fernando Torres recebeu e tocou entre as pernas de Ter Stegen para fazer 1 a 0.

O Atlético quase fez o segundo pouco depois, quando Griezmann conseguiu ótimo chute colocado, da entrada da área. O goleiro alemão, desta vez, conseguiu fazer a defesa, em um movimento de elasticidade impressionante.

Quando o Barcelona parecia perder o caminho no jogo, um lance deu um duro golpe no Atlético. Aos 35 minutos, Fernando Torres fez falta em Busquets e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo. Os jogadores do time colchonero e o técnico Diego Simeone reclamaram muito do árbitro alemão Feliz Byrch.

ESPN.COM.BR

http://espn.uol.com.br/noticia/589990_barcelona-sofre-mas-vira-com-dois-de-suarez-e-vence-o-atletico-de-madri

Polícia e Rio 2016 desmontam esquema ilegal de ingressos

05/04/2016 18:060 comments
Polícia e Rio 2016 desmontam esquema ilegal de ingressos

fotoingressoscob.jpgA polícia do Rio Janeiro, em parceria com o Comitê Rio 2016, desarticulou um esquema ilegal de venda de ingressos para os Jogos Olímpicos com o envolvimento de 10 suspeitos que ofertavam mais de 700 entradas com sobrepreço, informaram a polícia e os organizadores da Olimpíada nesta terça-feira.

A fraude, que utilizava as redes sociais para renegociar ingressos comprados de forma regular no site dos Jogos, foi detectada por meio de denúncias e do próprio sistema de monitoramento interno do Comitê Rio 2016, afirmou o diretor de ingressos do comitê, Donovan Ferreti.

“Em um dos casos, um ingresso era vendido por até dez vezes acima do preço real de venda em nosso site”, disse Ferreti por telefone à Reuters . “Os ingressos foram bloqueados no sistema, já que ainda não foram impressos”, acrescentou.

De acordo com Ferreti, o trabalho de monitoramento do comitê consiste em consolidar as informações e repassá-las para a polícia, que executou os mandados de busca e apreensão. O trabalho vai continuar até os Jogos Olímpicos, segundo ele.

Como os ingressos envolvidos no esquema ilegal não foram impressos, será feito um bloqueio no sistema dos Jogos para impedir que as entradas apreendidas sejam utilizadas nas competições olímpicas. No total foram apreendidos 712 ingressos e 10 pessoas são investigadas.

Em 2014 a polícia do Rio também desmontou um esquema ilegal de venda de ingressos para a Copa do Mundo no Brasil, em que prendeu 11 pessoas acusadas de criar uma quadrilha de cambistas que chegava a faturar milhões de reais com a venda dos ingressos no mercado paralelo.

“Por conta do que vimos na Copa criamos com um ano de antecedência um grupo de prevenção para evitar esse tipo de ação”, disse Ferreti. “Achamos que isso pode ser só o começo, outras pessoas podem tentar fazer isso, mas essa operação serve de alerta para inibir alguém, e temos um grupo forte de combate e uma relação muito perto com a polícia”, acrescentou.

De acordo com o diretor, a venda de ingressos da Olimpíada superou até o momento a marca de 50 por cento do total disponível, atingindo 76 por cento da meta de receita do comitê organizador, segundo o mais recente balanço dos organizadores.

Os Jogos do Rio colocaram à venda um total de 7,5 milhões de entradas para a Olimpíada, que acontece de 5 a 21 de agosto.

Prass pega pênalti, Dudu marca e Palmeiras vence Corinthians no Pacaembu

03/04/2016 21:170 comments
Prass pega pênalti, Dudu marca e Palmeiras vence Corinthians no Pacaembu

PrassPela penúltima rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista, o Palmeiras recebeu o Corinthians no Pacaembu nesta tarde de domingo para disputar o primeiro derby do ano. O Verdão foi superior durante toda a partida e venceu o duelo por 1 a 0, com gol de Dudu.

O goleiro Fernando Prass, em grande fase, defendeu pênalti de Lucca no segundo tempo e foi fundamental para garantir a vitória alviverde no clássico. Com o resultado, o Verdão foi a 21 pontos e subiu para a primeira colocação no grupo B do Paulistão.

O Palmeiras começou o jogo adiantando a marcação e pressionando a saída de bola adversária. Logo no primeiro minuto, Gabriel Jesus roubou a bola na intermediária, driblou a marcação e inverteu para Jean, que vinha livre pela direita. O camisa 17 chutou por cima do gol de Cássio.

Apesar do Verdão ter começado a partida melhor, o jogo ainda era bem equilibrado. Os lances eram concentrados no meio de campo e ambos os times tinham problemas para se aproximar da área.

Aos 16, os alvinegros ameaçaram o gol de Fenando Prass pela primeira vez. Giovanni Augusto fez boa jogada pela direita e passou para Lucca na esquerda. O meia tentou bater no canto direito, surpreendendo o goleiro palmeirense, mas a bola foi para fora.

O Verdão respondeu aos 21, quando Alecsandro recebeu no meio-campo e ajeitou para Robinho, que lançou Gabriel Jesus em velocidade. O atacante bateu forte de pé direito, obrigando o goleiro Cássio a fazer grande defesa e mandar para escanteio.

A estratégia alviverde continuava sendo a pressão no campo de defesa corintiano e, como resultado, o Verdão tinha mais presença no ataque do que o adversário. Gabriel Jesus se movimentava bastante, tentando confundir a zaga alvinegra.

Aos 26, Prass percebeu que Cássio estava adiantado e tentou chutar direto para o gol. O arqueiro do Corinthians, porém, conseguiu se recuperar no lance e fez a defesa. O Verdão foi superior ao rival no primeiro tempo, mas era um jogo de poucas oportunidades para os dois times.

Os mandantes continuavam bem na segunda etapa e, aos 8, Gabriel Jesus fez bela jogada pela esquerda e acertou um cruzamento preciso para Alecsandro, que ficou frente a frente com o goleiro alvinegro e finalizou de primeira. Cássio, no reflexo, fez mais uma boa defesa.

O técnico Cuca fez sua primeira alteração aos 16 minutos: tirou Robinho para a entrada de Dudu. Assim como na metade inicial da partida, o Palmeiras empurrava o Corinthians para seu campo de defesa, mas os alvinegros se defendiam bem e o Verdão não conseguia criar muitas chances de gol.

Aos 27, Thiago Martins derrubou Giovanni Augusto dentro da área e o juiz marcou pênalti para os rivais. Lucca bateu no canto direito e Fernando Prass, espetacular, espalmou e impediu o gol adversário.

Logo em seguida, aos 32, o Verdão respondeu. Zé Roberto desviou após cobrança de falta, Dudu chegou antes de Cássio e cabeceou para o gol para abrir o placar e fazer a festa da torcida no Pacaembu. (Palmeiras 1 x 0 Corinthians)

Arouca e Gabriel sentiram desgaste durante o segundo tempo e foram substituídos por Lucas e Thiago Santos, respectivamente. Depois do gol, o Palmeiras soube administrar bem a vantagem e o Corinthians não conseguiu ameaçar o gol palmeirense até o final.

O próximo compromisso do Verdão é pela Copa Libertadores, contra o Rosario Central, na Argentina, às 21h45 de quarta-feira (06)

Escalação: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel (Thiago Santos), Arouca (Lucas), Robinho (Dudu) e Zé Roberto; Alecsandro e Gabriel Jesus

Cartões amarelos: Gabriel Jesus, Arouca e Alecsandro

Gol

Palmeiras: Dudu (32’ – 2º Tempo)