Sicredi Novos Horizontes chega a Buri e inaugura 12ª agência

16/08/2019 17:050 comments
Sicredi Novos Horizontes chega a Buri e inaugura 12ª agência

Nesta quinta-feira, 15, o município de Buri, no interior paulista, ganhou uma agência do Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 4,3 milhões de associados em todo o País. O novo ponto de atendimento da Sicredi Novos Horizontes PR/SP está localizado na Avenida Jovino de Oliveira Fonseca, centro. Essa é a primeira cooperativa de crédito do município com cerca de 20 mil habitantes.

“Como sistema cooperativo oferecemos soluções financeiras que agregam renda e contribuem para a melhor qualidade de vida do nosso associado e das comunidades onde atuamos. Estamos muito felizes por chegar em Buri e demonstrar todos os diferenciais da nossa instituição”, afirma o presidente da Sicredi Novos Horizontes PR/SP, Luciano Dias Carneiro Kluppel.

Com 480m², a nova agência foi projetada com o novo conceito de ambientação arquitetônica do Sicredi, que busca explorar um dos principais diferenciais da instituição, o relacionamento. “Benefícios que o associado percebe no dia a dia e que resultam no crescimento do sistema. Essa é a 12ª agência da nossa cooperativa e pretendemos expandir nossa área de atuação ainda mais”, explica o presidente.

Cooperativas X Bancos

As instituições financeiras cooperativas oferecem os mesmos serviços financeiros de um banco tradicional. O grande diferencial é que os associados são donos do negócio e atuam ativamente da gestão, participando das decisões da cooperativa durante as assembleias. O principal objetivo de uma cooperativa de crédito não é garantir o lucro, mas trabalhar para propor as melhores soluções financeiras ao associado.

Os resultados positivos gerados, denominados sobras, retornam ao cooperado de acordo com a movimentação financeira dele. Além disso, os recursos aplicados nas instituições financeiras cooperativas ficam na região de atuação de cada cooperativa, movimentando a economia local, por meio das linhas de crédito.

Projeto quer prevenir gravidez na adolescência em Arapoti

15:470 comments
Projeto quer prevenir gravidez na adolescência em Arapoti

Arapoti – Hoje, a cidade possui uma taxa de gravidez na adolescência de 8,7%, índice  superior ao mundial (4,6%) e ao brasileiro (6,4%), segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Pensando nisto, o vereador Jean Carlos Klichowski (Professor Jean) elaborou um projeto de lei que visa fortalecer o trabalho de prevenção e conscientização através de ações conjuntas da Secretaria de Saúde, Educação e Assistência Social do Município.

Vereador Jean propõe ações que visem diminuir o número de adolescentes grávidas no município. Foto: Divulgação

“A gravidez na adolescência tornou-se nos últimos tempos um grande problema de saúde pública, pois apresenta sérias implicações de ordem biológica, familiar e econômica. São adolescentes que não têm estrutura financeira e emocional e acabam passando a guarda para os pais, se submetendo a abortos clandestinos ou interrompendo os estudos para cuidar desta nova vida”, disse o vereador Jean. “Sem contar que é efeito de uma prática sexual cada vez mais precoce e sem prevenção” complementou.

Ainda segundo o parlamentar, existem os agravantes na saúde das adolescentes, que não têm o sistema reprodutor totalmente amadurecido e estão suscetíveis à incidência de doenças hipertensivas, partos prematuros, desnutrição, entre outros. “A ideia é que o município elabore programas e promova ações atuando diretamente em ONGs e instituições de ensino para que os adolescentes tenham acesso à informação e aos métodos contraceptivos para encarar as responsabilidades relativas à vida sexual” sugeriu Jean.

O projeto, aprovado em 1º turno pelos vereadores, prevê que, em todos os anos, na semana do dia 1º de setembro deverão ser realizadas ações educativas com o objetivo de reduzir o número de casos de gravidez entre meninas de 15 a 19 anos.

De acordo com a OMS, o Brasil tem 68,4 bebês nascidos de mães adolescentes a cada mil meninas de 15 a 19 anos. A taxa mundial de gravidez adolescente é estimada em 46 nascimentos para cada 1 mil meninas na mesma faixa etária. Em Arapoti esse índice é ainda maior. Segundo a Secretaria de Saúde, somente neste ano foram 18 grávidas adolescentes entre 205 gestantes registradas no município, o que representa um índice de 87 nascimentos por mil.

Polícia prende assaltante no centro de Jaguariaíva

15/08/2019 10:220 comments
Polícia prende assaltante no centro de Jaguariaíva

Jagauriaíva – Nesta quarta-feira, 14, um rapaz de 19 anos foi preso por ter furtado duas lojas em dias anteriores no centro da cidade. Após denúncia, a equipe da Polícia Militar (PM) localizou e prendeu o indivíduo que foi reconhecido pelas vítimas.

Ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil. De acordo com o delegado Derick Moura Jorge, o assaltante furtou produtos de duas lojas na segunda-feira, 12, e terça-feira, 13. Derick afirmou que o indivíduo já cumpria pena por furto e roubo e havia saído recentemente da Cadeia Pública.

Fonte: Polícia Militar e Civil

Focos do mosquito da dengue diminuem após implantação do Feira Verde

14/08/2019 11:080 comments
Focos do mosquito da dengue diminuem após implantação do Feira Verde

Jaguariaíva – O Programa Feira Verde, lançado neste ano em Jaguariaíva, tem proporcionado resultados positivos em diversas áreas, como na preservação ambiental, acesso à alimentação saudável e geração de renda a pequenos agricultores. Agora, entre os mais recentes resultados, está a redução dos focos de dengue no município.

De acordo com dados da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), no início do ano passado, Jaguariaíva apresentava uma quantidade maior de larvas do Aedes aegypti, encontradas pela equipe de Controle de Endemias nas residências vistoriadas.

Em abril foi feito o levantamento LIRA, que indicou índice de infestação predial (IPP) de 1,3 pelo Aedes.  O mesmo levantamento ocorreu em julho, depois do pleno funcionamento do Programa Feira Verde, e o resultado encontrado foi de apenas 0,4 de IPP. O número de larvas, que chegou ao máximo de 620 encontradas num único mês, baixou para 133 em julho.

Segundo o coordenador dos agentes de endemias do município, Laércio Padilha, no inverno é comum a redução nas infestações do vetor, mas o fato da população eliminar o lixo e objetos recicláveis que acumulam água foi preponderante na diminuição dos focos do agente transmissor da dengue, zica vírus e febre chikungunya em Jaguariaíva.

Aliado ao incentivo de poder trocar os recicláveis por alimento no Feira Verde, também está o trabalho educativo periódico feito pelo setor de Vigilância em Saúde, como teatro e palestras nas escolas, orientação do público em eventos municipais, entre outros.

Embora mais de três mil larvas do Aedes tenham sido encontradas neste primeiro semestre do ano, a boa notícia é que não houve pessoas infectadas. “Os casos de dengue notificados no primeiro semestre foram quatro e, após exames, todos foram descartados, ou seja, não houve caso da doença nos últimos meses”, informa a enfermeira Gisele Marins, coordenadora do Departamento Municipal de Vigilância em Saúde.

Mesmo com a queda nos focos do Aedes aegypti, as estratégias de prevenção e combate ao mosquito continuam. A prefeitura alerta que além de eliminar depósitos de água parada a população deve armazenar e destinar o lixo corretamente, mantendo os recipientes sempre fechados, eliminando, assim, locais que poderiam ser propícios à reprodução do mosquito.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguariaíva

Moradores protestaram pela falta de asfalto no Aratinga

10:250 comments
Moradores protestaram pela falta de asfalto no Aratinga

Arapoti – Durante um audiência pública realizada na noite desta terça-feira, 13, na Câmara Municipal, para debater o financiamento de R$ 10 milhões da Prefeitura, moradores do Jardim Aratinga foram cobrar das autoridades a pavimentação das ruas do bairro, em especial da Mário Lemes Ribeiro. A reunião foi convocada pela Comissão de Finanças e Orçamento (CFO) do legislativo e teve como propósito dar transparência à população sobre onde serão investidos os recursos do empréstimo previsto no projeto encaminhado pelo Executivo.

Diversos cartazes pediam o asfalto no Aratinga, aguardado há anos pelos moradores. “Mário Lemes Ribeiro existe”, “Onde está o nosso asfalto?” diziam alguns dos cartazes. A prefeita Nerilda Penna chegou a convocar a população em vídeo nas redes sociais para comparecer à audiência, mas não marcou presença. O fato foi comentado pelo vereador Jean Carlos Klichowski. “Estamos agora na Câmara Municipal discutindo o futuro de Arapoti sobre o empréstimo de R$ 10 milhões, mas lamentavelmente a prefeita convidou a população mas não veio na audiência” disse o parlamentar através das redes sociais.

O presidente da CFO, vereador Victor Brondani, afirmou que o projeto precisa ser bem debatido com a população, pois gerará comprometimento na capacidade de financiamento do município pelos próximos anos, além da conta que será paga por toda a população após a conclusão da obra. O projeto da prefeitura prevê investimentos em pavimentação, aquisição de imóveis e reforma de imóveis públicos.

“Sobre esse financiamento de R$ 10 milhões junto à Caixa Econômica, com juros de 1% ao mês, serão pagos aproximadamente R$ 15,5 milhões pelo Município. Como a prefeitura só pode contratar um financiamento de R$ 20 milhões, esse projeto comprometerá consideravelmente a capacidade de se adquirir um novo empréstimo pelos próximos 10 anos, restando aproximadamente R$ 4 milhões. Há de se ressaltar também que após a conclusão do asfalto toda a população arapotiense vai ter que pagar pela obra, como contribuição de melhoria, embutido em impostos. Até por isso existe a necessidade dessa reunião para ouvir a população” esclareceu Victor.

 

Definidos os candidatos à eleição do Conselho Tutelar de Arapoti

13/08/2019 15:500 comments
Definidos os candidatos à eleição do Conselho Tutelar de Arapoti

Arapoti – O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) divulgou a relação dos candidatos aptos a eleição, para o processo de escolha de membros para o Conselho Tutelar para o quadriênio 2020/2023.

As eleições acontecem no próximo dia 06 de outubro e todos os eleitores com título de eleitor cadastrado no município estão aptos a votar. No entanto, o voto para esta eleição não é obrigatório. os cinco candidatos mais votados serão eleitos conselheiros tutelares.

Confira abaixo os 22 candidatos aprovados: