Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

12/03/2019 09:180 comments
Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

A Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento enviou documento ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que propõe aumento na concessão de crédito para o agronegócio, redução nas taxas de juros para as principais linhas de financiamento do agronegócio brasileiro e o cumprimento integral de todas as deliberações contidas no plano anual. O Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2019-2020 inicia no mês de junho.

Segundo o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, as propostas contidas no Plano Agrícola e Pecuário anterior (2018/19) não foram integralmente cumpridas, faltando recursos com juros controlados para financiar a compra de máquinas e equipamentos agrícolas.

Conforme determinação do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, o documento contém sugestões para reduzir a burocracia na concessão de crédito rural, assim como solicita a disponibilidade integral do volume de recursos anunciado. Desde a safra 2017/18, uma série de resoluções do Conselho Monetário Nacional vem reduzindo significativamente a oferta de recursos controlados, via crédito rural.

O documento foi elaborado, em forma conjunta, pela Secretaria da Agricultura, Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), e Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep).

O envio das propostas dos Estados à Secretaria de Política Agrícola do Ministério acontece todo o ano e o Paraná tem como objetivo o fortalecimento do agronegócio como mola propulsora do desenvolvimento econômico em todo o País, como já vem acontecendo.

RECURSOS – O documento atual propõe uma oferta de R$ 220 bilhões para o crédito rural em todo o País, sendo R$ 170 bilhões para custeio e R$ 50 bilhões para investimentos.

Esse valor representa um aumento de 13,2% em relação ao ano passado, quando o governo disponibilizou R$ 194,37 bilhões para o agronegócio brasileiro. O documento propõe ainda a redução de meio ponto percentual nas taxas de juros, sendo de 6% para 5,5% aos médios produtores e de 7% para 6,5% para os demais produtores.

Segundo o secretário da Agricultura, o Paraná é um dos estados líderes no Agronegócio, sendo o principal produtor de trigo e carne de frango do País, o segundo maior produtor de milho e soja e terceiro maior produtor de suínos e leite, produtos que impulsionam a produção de alimentos para o abastecimento interno da população brasileira e também trazem divisas ao País com a exportação desses produtos.

Ortigara esclarece que com os recursos do crédito rural, o produtor evita captar recursos junto ao mercado financeiro, fornecedores de insumos e agentes de mercado em geral, onde irá pagar juros e encargos elevados.

São setores que cresceram graças ao apoio das linhas de financiamento do Crédito Rural e hoje estão gerando empregos no campo e renda aos agricultores e desenvolvimento aos municípios, diz o secretário da Agricultura.

De acordo com o Departamento de Economia Rural, que pesquisa o Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuária, que é o faturamento bruto no campo, nos últimos 10 anos o teve um crescimento médio de 2,5% ao ano, com crescimento real de 28% no período 2008 a 2017.

O VBP (da agropecuária) do Estado passou de R$ 66,4 bilhões, em 2008, para R$ 85,3 bilhões, em termos reais, em 2017, ou seja, descontada a inflação no período.

PROPOSTAS – Geralmente o Paraná capta entre 10% e 15% do crédito rural previsto para todo o País. O documento propõe a disponibilidade de R$ 162 bilhões para o crédito de custeio da safra, com taxa de juros de 5,5% ano para médios produtores e 6,5% para os demais produtores. E que o limite de contratação por produtor, junto ao agente financeiro, aumento dos atuais R$ 3 milhões para R$ 4 milhões por safra.

Para comercialização da safra, o documento propõe um crédito de R$ 3 bilhões nas operações de escoamento da produção, sendo R$ 2 bilhões em Aquisições do Governo Federal (AGF), que são as compras de alimentos pelo governo federal, e mais R$ 1 bilhão em linhas de crédito como Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), que facilitam o escoamento da produção.

Ainda nas compras do governo, o documento sugere a ampliação na política de garantia de preços mínimos, que é o que garante a rentabilidade ao produtor em caso de perda de safra por excesso de produção no mercado ou por problemas de clima.

O ajuste prevê a ampliação do preço mínimo do milho, café, feijão e trigo. A proposta sugere aumento de R$ 21,62 para R$ 24,09 para a saca de 60 quilos de milho: o aumento de R$ 341,21 para R$ 436,20 para a saca de 60 quilos de café arábica; o aumento de R$ 85,50 para R$ 95,76 a saca de 60 quilos de feijão carioca; o aumento de R$ 77,48 para R$ 95,30 a saca de feijão preto, e o aumento de R$ 36,17 para R$ 48,02 a saca de 60 quilos de trigo.

O documento sugere ainda ampliação das linhas de crédito, a juros controlados, para financiar investimentos como Moderagro (modernização da agricultura), Moderfrota (Modernização de Tratores e Colhedoras Agrícolas), Moderinfra (Incentivo à Irrigação e Ambiente Protegido), Inovagro (Inovação Tecnológica), Construção de Armazéns e outras.

AGRICULTURA FAMILIAR – O documento ainda contém propostas de políticas para a Agricultura Familiar, com aumento da disponibilidade de recursos de R$ 30 bilhões para R$ 32 bilhões. Sugere-se que no enquadramento do agricultor familiar para efeito de financiamento da lavoura aumente a exigência de renda anual dos atuais R$ 415 mil para R$ 500 mil.

O documento propõe também uma simplificação das linhas de Pronaf Investimentos para uma única linha de financiamento, abrangendo todos os itens financiados de todas as linhas existentes, contratada à taxa de 2,5% ao ano. Para o Pronaf Mais Alimento, sugere-se que se amplie o limite de crédito de investimento de R$ 330 mil para R$ 700 mil por tomador para projetos de avicultura, suinocultura, fruticultura, aquicultura, carcinicultura.

Porpõe ainda a possibilidade de concessão de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) para CNPJs de entrepostos de cooperativas, de forma a beneficiar regiões de atuação das cooperativas com foco predominante na agricultura familiar. E também conceder a DAP jurídica às cooperativas que tiverem seu quadro de associados composto por 50% mais 1 de agricultores atendiedos pelo Pronaf.

Com relação ao Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, propõe-se ajustar a legislação vigente, de forma a permitir que as cooperativas agrícolas comercializem a produção dos cooperados que possuam a DAP – pessoa física – diretamente às indústrias de biodiesel. Com isso, os produtores do Pronaf terão acesso aos benefícios previstos na legislação para quem participa do Programa Selo Combustível Social.

Criminosos roubam taxi, rendem segurança e assaltam posto e restaurante

11/03/2019 09:310 comments
Criminosos roubam taxi, rendem segurança e assaltam posto e restaurante

Arapoti – Na noite deste domingo, 10, a Polícia Militar atendeu a uma ocorrência registrada no bairro Vila Romana. Por volta das 22h, três indivíduos com uma arma de fogo roubaram um taxista e usaram o táxi para ir até um posto de combustíveis na rodovia PR-092, onde renderam um segurança e realizaram novos roubos ao posto e a um restaurante que fica ao lado.

Foi levada certa quantia em dinheiro do taxista, e dos dois estabelecimentos, um aparelho celular e talões de cheque do posto de combustíveis. Ninguém foi ferido. Os suspeitos não foram localizados.

Fonte: Polícia Militar

Saul Veículos apresentou novidades na assembleia do Sicredi

10/03/2019 12:490 comments
Saul Veículos apresentou novidades na assembleia do Sicredi

Arapoti – A Saul Veículos esteve, mais um ano, participando da assembleia geral da Sicredi Novos Horizontes PR/SP. O evento, ocorrido na última sexta-feira, 08, no Centro Estudantil, contou com as novidades de veículos 0 KM vendidos pela Saul Veículos com preços diferenciados para associados do Sicredi.

Entre as novidades apresentadas, estavam os novos modelos 2019 da Fiat, entre eles, o Toro e o Mobi. “Novamente estamos com essa parceria com a Sicredi, oferecendo juros especiais e um preço diferenciado. Valorizamos o trabalho que a Sicredi tem feito no município, promovendo o crescimento e fazendo o dinheiro circular na cidade, gerando empregos” destacou o gerente da Saul Veículos, Fábio Baptista.

 

 

Sicredi Novos Horizontes apresenta crescimento de 32%

12:260 comments
Sicredi Novos Horizontes apresenta crescimento de 32%

Arapoti – A cooperativa de crédito Sicredi Novos Horizontes PR/SP realizou na noite de sexta-feira, 08, a sua assembleia geral para a apresentação dos resultados contábeis do ano de 2018. O evento aconteceu no Centro Estudantil e reuniu mais de 500 pessoas entre associados, autoridades como a prefeita Nerilda Penna e vereadores, além de representantes da sociedade.

A Sicredi Novos Horizontes obteve um resultado positivo de R$ 9,2 milhões no ano passado, o que representou um crescimento de 32% em relação a 2017. Deste valor, mais de R$ 2,4 milhões foram redistribuídos entre os mais de 17 mil associados espalhados em 10 agências nos estados do Paraná e São Paulo.

“2018 foi um ano excelente para a nossa cooperativa. Tivemos um crescimento espetacular em associados, créditos, recursos, entre outros. Esse ano ficou na história, porque concretizamos a ampliação da nossa sede regional em Arapoti, estrutura necessária para dar suporte às nossas agências e agilizar o atendimento aos nossos associados e comunidade. Isso é resultado de crescimento” disse o presidente Luciano Dias Carneiro Kluppel.

Para 2019, o planejamento prevê a inauguração de três novas agências. “No município de Riversul/SP está previsto para abril e em Buri/SP ainda neste primeiro semestre. Nosso objetivo é continuar crescendo e com o foco em ser a instituição financeira cooperativa que contribui e valoriza os associados e as comunidades” revelou o diretor executivo, Neuri Saggin.

Pequenos produtores são reunidos para início do “Feira Verde”

09/03/2019 10:010 comments
Pequenos produtores são reunidos para início do “Feira Verde”

Jaguariaíva – O Programa Feira Verde será lançado na próxima quinta-feira, 14 de março, a partir das 9h, na Praça Getúlio Vargas. Nesta sexta-feira, 08, produtores que atenderam ao chamamento público participaram de uma reunião. O encontro serviu para definir a quantidade e o tipo de produtos que cada um entregará para a troca por recicláveis, que ocorre a partir do dia 18 deste mês.

Cada produtor de Jaguariaíva e região poderá entregar até R$ 20 mil reais ao ano em alimentos produzidos em sua propriedade. As frutas, legumes e verduras serão entregues à população, que deverá entregar no caminhão de coleta 4 quilos de lixo reciclável. Eletrônicos, óleo de cozinha, vidros também serão recolhidos. Móveis em situação de descarte também poderão ser trocados, mas seguirão uma tabela de validade de peso para a troca.

Sob a supervisão do Gabinete do Prefeito, o Programa Feira Verde está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social ( Sedes), com apoio da Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente (Sama).  A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Cleia Sloboda, relata que o programa é baseado na experiência de sucesso do município de Ponta Grossa, onde uma equipe foi conhecer o projeto para adaptação à realidade local.

Segundo Cleia Sloboda, o objetivo é colaborar com a limpeza da cidade, promover a preservação ambiental, aumentar a renda de pequenos agricultores e colaborar com a alimentação saudável entre as famílias. “Dentro do Feira Verde vamos disponibilizar uma nutricionista para dar orientações sobre alimentação saudável nas escolas”, conta. Ela acrescenta que além de oferecer os alimentos, é necessário também sensibilizar as famílias para adoção de hábitos saudáveis de alimentação.

Está previsto o funcionamento de 22 pontos de coleta, abrangendo diferentes locais da cidade. Em cada ponto estarão disponíveis os veículos do programa, sendo o caminhão de coleta dos recicláveis, onde a pessoa entrega e pesa seus materiais para, em seguida, o segundo veículo, onde receberá a quantidade de alimentos disponíveis naquele momento, levando em conta o peso dos recicláveis entregues. A ideia é de que em um dia do mês, a troca se dê, também, com móveis e eletrônicos.

Assaltante roubou malote de empresa em Jaguariaíva

09:490 comments
Assaltante roubou malote de empresa em Jaguariaíva

Jaguariaíva – Nesta sexta-feira, 08, a Polícia Militar (PM) atendeu a um assalto ocorrido na Avenida Conde Francisco Matarazzo. De acordo com relatório policial, a vítima relatou que ao chegar a uma agência bancária com o malote de uma empresa, foi abordada por um indivíduo de posse de uma arma de fogo.

Ele anunciou o assalto e, após ameaças subtraiu o malote, levando uma quantia em dinheiro não informada pela PM. Após a ação, o assaltante fugiu em uma motocicleta de cor preta. Ele não foi localizado.

Praça de pedágio de Jaguariaíva é assaltada pela terceira vez em três meses

08/03/2019 09:150 comments
Praça de pedágio de Jaguariaíva é assaltada pela terceira vez em três meses

Jaguariaíva – A Polícia Militar (PM) registrou um novo assalto a praça do pedágio na rodovia PR-151 em Jaguariaíva na noite desta quinta-feira, 07. De acordo com relatório policial, por volta das 21h20min, dois indivíduos portando armas longas roubaram três cabines.

Eles chegaram ao local a pé, deram voz de assalto, levaram o dinheiro das cabines e fugiram em direção a um matagal na beira da rodovia. A quantia levada pelos criminosos não foi divulgada pela polícia. Ninguém se feriu durante a ação.

Este foi o terceiro assalto registrado no local nos últimos três meses. O primeiro foi no dia 04 de dezembro do ano passado e o segundo no dia 1º de fevereiro.

Polícia prende mulher que comprou TV furtada em Arapoti

06/03/2019 16:160 comments
Ao todo, Polícia recuperou três televisores. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Arapoti – Nesta terça-feira, 05, feriado de carnaval, os policiais civis e militares prenderam duas pessoas pelos crimes de furto e receptação. Uma mulher de 41 anos foi presa após comprar uma TV de 42 polegadas furtada por apenas R$ 100,00. Já o assaltante foi pego, após a vítima de um assalto ter reconhecido sua TV sendo vendida pela internet. Com este, foram encontradas dois televisores. Ambos foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil. No total, a Polícia recuperou 3 aparelhos.

Ao todo, Polícia recuperou três televisores. Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com relatório divulgado pela Polícia Civil,  a vítima de um dos furtos havia saído com a filha para passarem por uma consulta no hospital. Ao retornarem à casa, localizada no Distrito Industrial, depararam-se com a porta arrombada e perceberam a falta de uma TV “42. A proprietária então chamou a polícia. Pouco tempo depois, através de informações e análises de imagens, os policiais esclareceram a autoria do furto e tomaram conhecimento de que um dos rapazes que participou do crime já havia vendido a TV para uma moradora da Vila dos Funcionários.

Os policiais, investigador Angelo Simões e soldados Marcos e Everson, localizaram o endereço da compradora e recuperaram a TV furtada. “A compradora admitiu ter adquirido a TV por R$ 100,00 de um rapaz que foi na porta de sua casa oferecer-lhe. Acabou sendo presa pelo crime de receptação” explicou Angelo.

Ainda, horas antes, os policiais militares já haviam recuperado outra TV furtada em dias anteriores, tendo prendido o responsável pelo crime, um homem de 37 anos. A Polícia alerta a população para que tenham cuidado e, sobretudo, consciência ao adquirir um produto. “Por trás de um produto barato e com facilidade para adquirir pode estar ocultado a origem criminosa. Além disso, o receptador está contribuindo para o sucesso de um crime que prejudica, e muito, o real proprietário, que por vezes fez um grande sacrifício para adquirir honestamente seu bem. Neste caso, por exemplo, a proprietária havia adquirido a TV em 15 prestações, ou seja demorou mais de um ano para quitá-la honestamente. A última parcela tinha sido paga em dezembro de 2018” declarou o investigador.

Fonte: Polícia Civil

Assaltantes roubam carro de autoescola e batem em Honda Civic

05/03/2019 10:410 comments
Assaltantes roubam carro de autoescola e batem em Honda Civic

Jaguariaíva – A Polícia Militar (PM) atendeu a um assalto ocorrido na noite desta segunda-feira, 04. Segundo relatório divulgado pela PM, a vítima do assalto trabalhava com o veículo de uma autoescola por volta das 21h50min na rua Antônio Cândido no bairro Jardim Matarazzo, quando foi abordada por dois indivíduos, ambos armados com faca e arma de fogo.

Eles levaram o veículo Fiat/Palio e fugiram no sentido do bairro Vila Pinheiro. No deslocamento, os assaltantes colidiram contra outro automóvel, um Honda/Civic, que não estava mais no local no momento da chegada da equipe policial. Os suspeitos abandonaram o carro da autoescola e fugiram no sentido da rodovia PR-151.

O veículo foi recuperado e restituído ao proprietário.

Fonte: Polícia Militar

Ciclista é atropelado na rodovia PR-092 em frente ao Posto Hulk

04/03/2019 11:380 comments
Ciclista é atropelado na rodovia PR-092 em frente ao Posto Hulk

Arapoti – Neste domingo, 03, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) atendeu a um atropelamento de um ciclista na rodovia PR-092 no KM 218, em frente ao posto de combustíveis Hulk. Um homem, segundo a PRE, entre 30 e 35 anos foi atingido por uma caminhonete que fugiu sem prestar socorro à vítima.

A equipe da PRE chegou ao local e encontrou a vítima caída ao lado de uma bicicleta vermelha modelo barra circular. O mesmo estava inconsiente com uma lesão na cabeça. Algumas pessoas no local disseram que ele veio a ser atingido por uma camionete de caracteristicas e condutor ignoradas.

De acordo com os testemunhos relatados à PRE, o condutor fugiu do local não prestando socorro.

Fonte: Polícia Rodoviária Estadual (PRE)