Deputado pressiona e DER se compromete a instalar radares em Arapoti dentro de 30 dias

17/06/2016 12:420 comments
Deputado pressiona e DER se compromete a instalar radares em Arapoti dentro de 30 dias

13461212_10206495550776565_5060694_o

Arapoti – O deputado estadual Paulo Litro (PSDB) juntamente com o vereador Luis Carlos Moreira (Carlinho Ratinho) (PSDB) e o diretor da Câmara Municipal estiveram nesta semana em audiência com o Diretor do DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem), Nelson Leal.

Eles foram reforçar uma solicitação já protocolada pelo Deputado Paulo Litro, no início do ano, apoiada pelos vereadores Carlinhos Ratinho, Wesley Carneiro Ulrich (Lelo) e Nelson Marcolino de Aguiar (Pepe) para a instalação de duas lombadas eletrônicas no perímetro urbano da PR-092 – uma na saída para Jaguariaíva (na altura da

 

Paranatrator) e outra na saída para Wenceslau Braz (na altura do Posto Hulk).

De acordo com o Diretor Nelson Leal, o processo para a instalação das lombadas já está em fase final. “A licitação já foi finalizada e a empresa vencedora aguarda a edição do contrato para a assinatura, ordem de serviço e instalação” respondeu o diretor. Segundo ele, os radares serão implantados dentro de 30 dias.

O Deputado Paulo falou que “a implantação das lombadas são de fundamental importância, pois os trechos onde serão colocadas são de tráfego intenso e ali já ocorreram diversos acidentes com vítimas fatais. Fizemos audiência sobre o pedido já em 2015 e o DER priorizou o benefício que está próximo de tornar-se realidade”.

WENCESLAU BRAZ

Tramita também no DER uma solicitação de instalação de lombada eletrônica na PR-092 em Wenceslau Braz e que está em análise sendo acompanhado pelo Gabinete do Deputado Paulo Litro.

 

Aprovado em segundo turno aumento da taxa de iluminação pública

14/06/2016 19:070 comments
Aprovado em segundo turno aumento da taxa de iluminação pública
g_rearapotiiluminacao-1

Pessoas que consumiam até 100KW/H eram isentas. Agora passarão a pagar a taxa.Foto: Divulgação

Arapoti – O Projeto de Lei 1749/2016, de autoria do Executivo, que prevê reajuste da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), foi aprovado em 2º turno por cinco votos a três nesta segunda-feira (13). Conforme o Projeto, apenas as residências que gastam mensalmente até 100 kwh, cerca de 3,2 mil famílias, não serão afetadas pelo Projeto de Lei e continuam na faixa de isenção, sem pagar pelo serviço de iluminação pública. Aos demais – famílias que consomem mais de 100kw/h, comércios e indústrias, ficarão sujeitas as novas tabelas de tarifas da Cosip.

De acordo com o Secretário Municipal de Contabilidade, João Carlos Ribeiro, a mudança foi proposta para ajustar a tarifa de iluminação pública, ‘pois os valores arrecadados estão defasados e não cobrem os custos do serviço’. “Os últimos aumentos da tarifa de energia elétrica elevaram por consequência os custos com a iluminação pública, deixando a Cosip defasada, mesmo aplicando os reajustes inflacionários”, explicou.

Segundo dados da Secretaria, em um comparativo de arrecadação e gastos existe um déficit médio mensal de R$ 30 mil: a Prefeitura arrecada, em média, R$70,2 mil e em contrapartida tem um gasto mensal de R$ 100 mil. No acumulado de janeiro a agosto de 2015, a arrecadação com a tarifa totalizou R$ 562 mil, enquanto as despesas com a manutenção passaram dos R$ 800 mil, gerando um déficit de quase R$ 245 mil.

Na justificativa do Projeto, o Prefeito Municipal, Braz Rizzi (DEM), lembra que o déficit é suportado pelo município com recursos próprios, investimento que ‘deveria ser aplicado em programas de educação, saúde, obras e equipamentos’.

Contrários ao Projeto votaram os vereadores Carlinhos Moreira (PSDB), Nelson Marcolino de Aguiar, o Pepe (PSDB) e Vilson Soares (PSD), sob a justificativa de que a Prefeitura deveria arcar com o déficit para não prejudicar ainda mais o bolso da população.

Relembre

Inicialmente a intenção do Projeto era reduzir a faixa de isenção de 100 para 50 kw/h, e as famílias que se enquadrassem nesta faixa de consumo mensal de energia elétrica passariam a contribuir com uma tarifa de R$ 12,41. Foi o que discutiu uma Audiência Pública, realizada em março deste ano, convocada pelo Presidente da Casa, Lelo Ulrich (PSD), que à época já havia se manifestado expressamente contrário à medida que, segundo ele, iria atingir justamente a população mais carente do município.

COSIP

Criada pela Constituição Federal, a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip) é destinada a custear os gastos com a iluminação pública, incluindo as despesas municipais com a manutenção dos equipamentos, troca de lâmpadas, cabos, entre outros, e a tarifa de energia elétrica. O valor, cobrado diretamente na fatura da energia elétrica, é definido de acordo com o consumo da residência. No município de Arapoti, a Cosip foi instituída pela lei 809/05.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara de Arapoti

 

Frio: Jaguariaíva registra – 1,6º, a menor temperatura do ano

13/06/2016 12:400 comments
Frio: Jaguariaíva registra – 1,6º, a menor temperatura do ano
Geada Jaguariaíva

Jaguariaíva amanheceu branca com a geada. (Foto: Adriana Castro/Arquivo Pessoal)

Jaguariaíva – Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) a cidade registrou – 1,6 º negativo na madrugada desta segunda-feira, 13. Esta foi a menor temperatura registrada no ano em Jaguariaíva. No domingo, a menor temperatura registrada foi de 0,7º. Gorros, luvas, casacos e cachecóis vão continuar acompanhando os paranaenses nesta semana. De acordo com o Simepar, as baixas temperaturas vão persistir.

Pelo segundo dia consecutivo, General Carneiro, na região central do Paraná, registrou a menor temperatura do estado. Nesta manhã de segunda-feira (13), o termômetro marcou -6,9ºC.

Em Curitiba, entre 6h e 7h, a temperatura chegou a -1,3ºC. Esta foi a menor temperatura registrada neste ano na capital paranaense. Em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitba, o termômetro marcou – 3,2ºC.

“Aos poucos, a mínima vai aumentando, mas de maneira gradativa. Para quarta-feira já não há mais condição de geada intensa em nenhum lugar, e na sexta-feira previsão de chuva para a metade oeste do estado”, afirmou a meteorologista do Simepar Vanessa Davila.

simepar 2

Veja algumas temperaturas registradas no estado às 8h
União da Vitório: -2,8ºC
Francisco Beltrão: -1,4ºC
Lapa: -0,9ºC
Ponta Grossa: 0,9ºC
Toledo: 0,8ºC
Pato Branco: 2,2ºC
Palmas:3,3ºC
Guarapuava: 4,4ºC
Londrina: 5ºC
Maringá: 6,9ºC

Com informações do G1 Paraná

 

PM age rápido e frustra furto de veículo em Arapoti

11/06/2016 12:370 comments
PM age rápido e frustra furto de veículo em Arapoti

giro 2Arapoti – A Polícia Militar (PM) recuperou na noite desta sexta-feira, 10, um automóvel Gol, cor cinza, ano 2002, no bairro Vila Humaitá. O veículo havia sido furtado por volta das 22h na Avenida Luiz Pinheiro em frente ao Colégio Rui Barbosa. A equipe da PM agiu rápido e encontrou o veículo que foi abandonado por dois elementos que fugiram ao avistar a viatura policial.

Segundo o relatório da PM, a vítima do furto relatou aos policiais que o veículo estava estacionado na via em frente a escola. Ao retornar, percebeu que o mesmo havia sido furtado. Ele, então, deslocou-se ao Destacamento da Polícia Militar para comunicar o incidente. Prontamente, os policiais realizaram patrulhamento para localizar o automóvel.

Ao adentrar no bairro Humaitá, a equipe tática da PM avistou o veículo com dois suspeitos no interior. Os elementos não acataram a ordem de parada emitida pelos policiais e fugiram com o veículo para um matagal. No local, abandonaram o carro e fugiram. A PM tentou localizar os criminosos, mas não obteve sucesso. O veículo foi recuperado e devolvido ao proprietário.

Empresa árabe assina protocolo de intenções para instalação de Frigorífico em Jaguariaíva

09/06/2016 17:595 comments
Empresa árabe assina protocolo de intenções para instalação de Frigorífico em Jaguariaíva
DSC00907

Prefeito Juca assina protocolo com o empresário Ghassan Saab

Jaguariaíva – Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 09, no Cine Teatro Valéria Luercy a cerimônia de assinatura do protocolo de intenções entre o Município de Jaguariaíva e a empresa árabe GMH (General Mediterranean Holding), com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasileira (CCIBRA), para a instalação de um complexo frigorífico avícola na cidade.

O empreendimento terá um investimento total, segundo os proprietários, de U$ 400 milhões de dólares (aproximadamente R$ 1,3 bilhão de reais), ocupará uma área de 230 hectares e gerará em torno de 1.400 empregos diretos e outros 60 mil indiretos. A unidade terá capacidade, em sua fase final, para abater de 400 mil frangos por dia, necessitando de até 1.000 granjas que serão instaladas em toda a região, beneficiando por consequência os municípios vizinhos de Jaguariaíva.

Participaram da assinatura, os donos da GMH, Ghassan Saab, também representando a CCIBRA, e seu filho Mahmoud Saab, ambos libaneses, o prefeito de Jaguariaíva, José Slobodá (Juca), o prefeito de São José da Boa Vista, Sérgio Kronéis, a prefeita de Sengés, Elietti Jorge, o chefe de gabinete da prefeitura de Arapoti, Edilson Corsini, o representante da GMH no Brasil, engenheiro Luiz Paulo Rover, o Secretário de Indústria e Comércio de Jaguariaíva, Pedro Delgado, além de outros secretários municipais e vereadores.

A GMH tem como investidor o magnata árabe Nadhmi Auchi, com uma fortuna estimada em mais de R$ 4 bilhões, integrando a lista dos mais ricos do mundo, segundo informou o engenheiro Rover. Ele também garantiu, ao ser questionado sobre a probabilidade de instalação definitiva da empresa na cidade, “que (o negocio) é 100% certo”. “Depois desta assinatura de protocolo de intenções, estaremos dentro de 15 dias abrindo nosso escritório no município e esperando a liberação das áreas para o início efetivo da instalação da indústria” comentou o engenheiro, que esteve apresentando o projeto para um público de mais de 300 pessoas.

O prefeito explicou que os próximos passos passam pela aprovação das leis que permitam a cessão das áreas pela Câmara Municipal. “Agora dependemos dos nossos vereadores aprovarem todas estas leis para que a empresa possa efetivamente iniciar o processo de instalação. Uma das áreas é de propriedade da Klabin, com quem já entramos em contato e eles nos certificaram de que temos carta branca para iniciarmos o processo de desapropriação” disse Juca.

O proprietário da GMH, Ghassan, explicou que além da instalação de todo o complexo industrial, que contará com “Cria e Recria” de aves, matrizeiros, incubadoras, fábricas de ração e o próprio frigorífico em si, será instalada uma nova escola no município e a construção de novas casas, através do programa “Minha Casa, Minha Vida”, para os funcionários. “Será a oportunidade de um grande crescimento, não só para Jaguariaíva, mas também para todos os municípios vizinhos” falou o empresário.

A empresa receberá incentivos do Governo do Estado através do programa Paraná Competitivo. Primeiramente ela estava certa para se instalar em Piraí do Sul, mas o problema com a disponibilização de áreas e documentação acabou barrando o negócio. “Jaguariaíva se habilitou pela boa receptividade que aqui tivemos, pelas grandes áreas disponíveis e principalmente por estar com todas as certidões e documentações em dia” afirmou Rover.

O novo frigorífico terá como foco principal a exportação para a comunidade muçulmana no Oriente Médio, Europa e Estados Unidos. “Nós vamos trabalhar com o abate Halal (segundo as tradições islâmicas) e Kosher” complementou Ghassan Saab.

DSC00872

Mais de 300 pessoas estiveram presentes para acompanhar a cerimônia

DSC00886

A prefeita de Sengés, Elietti Jorge e o prefeito de São José da Boa Vista Sérgio Kronéis também acompanharam a apresentação do projeto do complexo frigorífico

Comerciante reage e impede assalto em mercado no Jardim Ceres

07/06/2016 13:040 comments
Comerciante reage e impede assalto em mercado no Jardim Ceres

giro 2

Arapoti – Na noite desta segunda-feira, 06, por volta das 19h, dois indivíduos encapuzados entraram em um mercado na Avenida Luiz Pinheiro, no bairro Jardim Ceres, e anunciaram o assalto. Munidos de um revólver, que segundo a Polícia Militar (PM), também poderia ser um simulacro, tentaram levar todo o dinheiro do caixa.

O proprietário então reagiu a abordagem e entrou em luta corporal com os assaltantes. Durante o confronto, ele foi atingido por diversos golpes na cabeça, mas conseguiu evitar que os elementos levassem o dinheiro. Diante da reação do comerciante, os dois assaltantes se desprenderam e fugiram sem levar nada.

O Comandante da PM, Sargento William Santos, afirmou que o objeto utilizado na ação poderia não ser um revólver e sim um simulacro, pois durante o confronto os bandidos poderiam ter atirado contra a vítima. “Não sabemos precisar se realmente era uma arma ou um simulacro, mas os ferimentos na vítima indicam que pode ter sido um revólver usado para desferir as coronhadas na cabeça do comerciante” falou.

O Sargento também ressaltou que apesar do sucesso em evitar este assalto, ele recomenda expressamente que as vítimas não reajam, pois podem não ter a mesma sorte, acabando até mesmo mortas.

Fonte: Polícia Militar

Câmara Municipal aprova “CPI” contra o Prefeito Braz Rizzi

12:410 comments
Prefeito Braz Rizzi participou da sessão que também teve uma homenagem aos imigrantes holandeses
Prefeito Braz Rizzi participou da sessão que também teve uma homenagem aos imigrantes holandeses

Prefeito Braz Rizzi participou da sessão que também teve uma homenagem aos imigrantes holandeses

Arapoti – Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira, 06, por maioria de votos, a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), uma espécie de CPI a nível municipal, para investigar supostos atos de improbidade administrativa cometida pelo prefeito Braz Rizzi (DEM). O requerimento para abertura da investigação foi apresentado pelos vereadores Luis Carlos Moreira (PSDB), Nelso Aguiar – Pepe (PSDB) e o presidente Wesley Ulrich – Lelo (PSD).

Segundo os vereadores propositores da CEI, o prefeito descumpriu a Lei Orgânica Municipal ao não fornecer informações ao Legislativo, solicitadas por requerimentos, dentro do prazo legal previsto que é de 15 dias, prorrogáveis por mais 15 dias. Conforme os parlamentares, três requerimentos não foram completamente ou totalmente respondidos pelo prefeito, que esteve presente na sessão para participar de uma homenagem aos 56 anos da imigração holandesa em Arapoti.

Os pedidos de informações não respondidos são; as informações sobre os extratos bancários das contas da prefeitura para a aprovação do saldo apresentado no boletim financeiro demonstrado no Portal da Transparência, a convocação do Secretário Municipal de Meio Ambiente ou responsável pela pasta para esclarecimentos em relação ao prazo final para adaptações do aterro sanitário municipal (lixão) e as informações sobre a quilometragem dos carros da prefeitura, gastos com combustível, diário de bordo e gasto com peças dos veículos nos anos de 2014 e 2015.

São informações que devem ser obrigatoriamente repassadas pela prefeitura quando solicitadas pela Câmara, pois esta é a função do Legislativo, fiscalizar o Executivo. Como o prefeito não respondeu, resolvemos instaurar este processo para investigar os motivos e também garantir o respeito à esta Casa de Leis ” afirmou o vereador Lelo. “Se a prefeitura não responde qual a função de ter o Legislativo?” questionou o vereador Pepe.

Os vereadores da situação chegaram a argumentar a validade do pedido de abertura da CEI. “Você não pode fazer o pedido sem juntar as provas que motivem este pedido de abertura da Comissão. É o que está previsto em Lei” justificou o vereador Claudinei Moreira – Toddynho (DEM), sendo apoiado pelos parlamentares Marineo Ferreira (PTB) e Nerilda Penna (PP). O presidente Lelo respondeu que as provas estão no próprio pedido de requerimento.

A abertura da CEI foi então à votação e, após o empate em 3 a 3, coube ao presidente em exercício, no momento da discussão do requerimento, João Maria Bonfim – Chipanzé (PPS) dar o voto de desempate. Após ficar em dúvida, Chipanzé decidiu por abrir a Comissão de Inquérito. Agora, a Casa deverá indicar os membros componentes por tocar o processo de investigação que definirá ou não se ocorreu atos de improbidade administrativa por parte do prefeito. Caso haja comprovação, o prefeito pode ser cassado.

Policial Militar é morto em Sengés. Suspeitos são presos

06/06/2016 14:100 comments
Policial Militar é morto em Sengés. Suspeitos são presos
pm morto

PM foi morto a tiros no local. Foto: Reprodução/Facebook

Sengés – Na tarde deste domingo, 05, policiais militares da Agência Local de Inteligência e da 3ª Companhia do 1° BPM, detiveram dois suspeitos de envolvimento em uma briga que acabou vitimando um policial militar na cidade de Sengés.

Atuando na cidade de Guarapuava, Elizeu de Almeida Raymundo tinha 26 anos e, segundo informações, estava visitando os pais que moram no Distrito de Ouro Verde. A vítima estava em um estabelecimento comercial com seu irmão. Ele levou vários tiros e morreu no local. Seu irmão também foi alvejado e foi encaminhado em estado grave para um hospital na cidade de Itararé-SP.

O Crime

Segundo a PM, a ocorrência foi registrada na madrugada deste domingo durante um baile em um bar no Distrito de Ouro Verde. Após um desentendimento no interior do estabelecimento, houve briga generalizada, com disparos de arma de fogo e golpes de facas, resultando em pessoas feridas, inclusive no óbito do policial.

Foram realizadas diligências na cidade, que resultaram na localização de dois suspeitos: um adolescente e um homem de 45 anos, este com um ferimento na perna por arma de fogo. Ambos foram encaminhados até a Delegacia de Sengés para as devidas providências, seguindo com as investigações policiais.

Grupo organizado invade casas “abandonadas” do Sub-50 na Vila Santo Antônio

04/06/2016 17:380 comments
Grupo organizado invade casas “abandonadas” do Sub-50 na Vila Santo Antônio
IMG_20160604_122342857

Famílias invadiram as casas nesta manhã de sábado, 04.

Arapoti – Na manhã deste sábado, 04, um grupo de famílias invadiu as 28 casas do Sub-50 localizadas na Vila Santo Antônio. As residências do programa de habitação da Cohapar do Governo do Paraná estavam praticamente finalizadas há quase três anos, segundo informações dos próprios mutuários contemplados, faltando apenas o acabamento para serem entregues aos moradores.

O problema é que com a demora na finalização, as casas passaram a ser vítimas de vândalos que frequentavam o local para o consumo de entorpecentes e a prática de relações sexuais. Um grupo de famílias, ao se deparar com a situação de abandono, organizadamente, decidiu ocupar as casas neste sábado. Porém, a grande maioria dos ocupantes, não é proprietária das casas. Após saberem da invasão, alguns mutuários se dirigiram à vila, tornando tensa a situação no local. A Polícia chegou a ser acionada.

Uma das líderes do movimento afirmou que já havia feito inscrições na Secretaria de Ação Social do Município, mas que até o momento ainda não foi contemplada. “Eu divulguei a situação das casas nas redes sociais e muita gente ficou indignada com a deterioração delas por diversos vândalos. Então quem realmente queria e precisava decidiu entrar nas casas” afirmou. As residências estão sem janelas, com portas sem chave, sem vasos sanitários, sem energia elétrica, enfim, estão somente com a estrutura finalizada.

Outra integrante do grupo que ocupou as casas afirmou que a situação de descaso das autoridades foi o que motivou a ação destas famílias. “Isso nos causa revolta. As casas todas abandonadas, sendo depredadas por marginais e usuários de drogas. Todo o material que tinha, como vaso sanitário, foi roubado. Tanta gente precisando de casa e nos deparamos com esse descaso. Tomamos essa atitude porque precisamos. Se quem foi contemplado precisasse, tomaria a casa assim mesmo e arrumaria. Já que a prefeitura não entregou as casas, a gente resolveu entrar, arrumar e morar para ter um lar para nós e nossos filhos” falou.

Eu estou junto neste movimento por necessidade. Porque o aluguel não está barato e também porque os vândalos estão acabando com as casas. Então já que os contemplados não quiseram, resolvemos entrar” comentou outra ocupante. O Chefe de Gabinete da Prefeitura, Edilson Corsini, afirmou que o Município não tem competência para acabar as casas, pois isto é de responsabilidade da Cohapar. “Nós vamos nos inteirar desta nova situação e tentar chegar em uma solução definitiva para o problema” disse.

Os mutuários contemplados com as casas do Sub-50 estão desesperados com a situação. Muitos se dirigiram até o local e estão discutindo com os ocupantes. Eles afirmam que a demora para a entrega das residências motivou a confusão e exigem providências das autoridades. “A Prefeitura, o Ministério Público, ou alguém vai ter que tomar uma providência urgente. Estamos há muito tempo esperando estas casas e agora acontece isto” disse uma das proprietárias.

Casas estavam sendo depredadas por vândalos

Casas estavam sendo depredadas por vândalos

Terror: Jovem sofre ataque de facão no centro de Arapoti

12:222 comments
Terror: Jovem sofre ataque de facão no centro de Arapoti
Facaozada

Foto: Reprodução Vídeo da Internet

Arapoti – Uma cena digna de filmes de terror foi protagonizada no início da noite desta sexta-feira, 03, no centro da cidade. Não era sexta-feira 13, mas um agressor foi flagrado por câmeras de segurança na Rua Telêmaco Carneiro atacando um jovem com um longo facão, ao estilo Jason Voorhees . Mesmo caído no chão, o rapaz foi seguidamente golpeado por um outro jovem, que após a ação foi embora tranquilamente.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar (PM), o ataque teria ocorrido por volta das 19h e a vítima apenas relatou que estava parada na rua quando foi atacado por um outro rapaz, segundo ele, sem motivo algum. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal 18 de Dezembro em estado grave, mas sem risco de vida. Segundo a PM, o jovem sofreu diversos cortes superficiais pelo corpo e um corte profundo na região do joelho.

Os policiais também não souberam informar com precisão a idade da vítima, que estava sem documento, mas teria por volta de 20 anos. O jovem ainda afirmou aos policiais não conhecer o autor das facadas. A Polícia Civil assume o caso para identificar o autor do ataque e a possível motivação.

Fonte: Polícia Militar