Polícia age rápido e esclarece homicídio na Vila Humaitá

23/02/2017 10:320 comments
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Arapoti – Dois rapazes foram alvejados por disparos de arma de fogo na noite desta quarta-feira, 22, no bairro Vila Humaitá (veja matéria) .  O crime aconteceu por volta das 21h30min, quando três rapazes transitavam pelo bairro. Dois deles acabaram sendo atingidos. José Antonio de Souza, conhecido por Zezinho, 26 anos, foi atingido na cabeça e morreu no local.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A outra vítima foi atingida nas costas, mas não corre risco de vida. As Polícias Militar e Civil e o Instituto de Criminalística foram acionados para atendimento da ocorrência. Os investigadores passaram a trabalhar no caso para descobrir a autoria do crime. Depois da análise do local, e de vários contatos realizados, os policiais conseguiram identificar a participação de dois adolescentes.

Segundo a Polícia Civil, logo depois dos disparos, os menores se embrenharam em uma mata fechada próxima ao bairro. Depois de devidamente identificados os autores e colhido os depoimentos de algumas testemunhas, os investigadores acabaram localizando um dos envolvidos durante a madrugada desta quinta-feira, 23, depois deste sair do mato e esconder-se na casa de um morador.

O adolescente de 16 anos foi apreendido em flagrante. Em seguida, a partir dos trabalhos de investigação, outro adolescente, também de 16 anos, foi apreendido com o apoio da PM. Segundo informações preliminares, o motivo teria sido briga entre grupos rivais do Bairro.

A vítima havia sido presa em flagrante no último sábado, 18, e acabou sendo liberada na segunda-feira, 20, por ter os requisitos legais de responder o processo em liberdade. Outros envolvidos também tinham passagens pela polícia. A Polícia Civil investiga ainda a participação de outras pessoas no crime.

Fonte: Polícia Civil de Arapoti

Rapaz é assassinado na Vila Humaitá

07:170 comments
Rapaz é assassinado na Vila Humaitá

Arapoti  – A Polícia Militar (PM) atendeu a um homicídio ocorrido na Rua Líbano, no bairro Vila Humaitá na noite desta quarta-feira, 22. Um homem de 26 anos foi morto com um tiro na cabeça. Seu corpo foi conduzido para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

O crime aconteceu por volta das 21h30min. O autor, ou autores do homicídio não foram identificados. A Polícia Civil já assumiu as investigações para tentar descobrir as motivações do assassinato, bem como prender os responsáveis. Os policiais trabalham com a hipótese de que o crime esteja relacionado com o tráfico de drogas.

Este é o segundo homicídio registrado em Arapoti neste ano de 2017. No último dia 31 de Janeiro, um adolescente também foi morto a tiros no bairro Vila dos Funcionários. A Polícia Civil tem sido eficiente na elucidação de homicídios na cidade. No ano passado, 100% deles foram solucionados.

Capal : Crescimento de 32% foi um dos maiores do Paraná

22/02/2017 09:240 comments
Capal : Crescimento de 32% foi um dos maiores do Paraná

Arapoti – A Capal Cooperativa Agroindustrial registrou aumento de 32% em seu faturamento no ano de 2016. É uma das Cooperativas que mais cresceu no estado. O faturamento bruto foi de R$ 1.298.451 e marca a conquista do primeiro bilhão faturado pela Cooperativa.

A Capal teve um lucro líquido de R$ 42 milhões em 2016. Foto: Divulgação/Capal

“Foi um marco importante para a história da Cooperativa ultrapassar a barreira de um bilhão em faturamento, porém, acima de tudo, o importante é crescer de forma consistente e é isso que estamos fazendo, pois além do faturamento, também crescemos 35% nos resultados.”, ressalta Adilson Roberto Fuga, superintendente da Capal.

O resultado líquido foi bastante satisfatório, alcançando R$ 42 milhões. Além disso, a Capal também teve uma evolução expressiva em seu quadro social, fechando o ano com 2.616 cooperados, 23% a mais do que em dezembro de 2015.

As sobras do exercício à disposição da AGO totalizaram R$ 14,7 milhões.

“Se imaginarmos que o País vem atravessando uma grave crise econômica, com muitas empresas enfrentando grandes dificuldades, até mesmo de manter suas estruturas, a Capal demonstra solidez para continuar crescendo e se desenvolvendo”, complementa Adilson.

 Pré-assembleias e AGO – Todos os números de 2016 foram apresentados aos associados nas oito pré-assembleias, realizadas durante a última semana, e na Assembleia Geral Ordinária, no dia 18 de fevereiro em Arapoti.

Os números foram apresentados na assembleia realizada no último sábado. Foto: Divulgação/Capal

O cooperado de Wenceslau Braz, Anselmo B. da Silva, comentou sobre a participação na pré-assembleia. “Gosto de participar porque assim fico sabendo em detalhes o que acontece na Cooperativa, e também fico sabendo sobre o destino dos investimentos. Também é muito bom saber do grande crescimento da Capal neste período, pois todos fazemos parte disso”, afirma.

Na AGO, destaque para a presença do Superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, que comentou sobre o crescimento e sobre a gestão da Cooperativa. “Através da Ocepar acompanho a Capal há muitos anos e sei de sua história. Há alguns anos, quando passou por uma grande crise, a Capal aprendeu a se reerguer de forma organizada e se capitalizou, isso é um grande diferencial. Outra coisa que destacamos na Capal é a forma diferenciada de gestão, onde existe o Conselho de Administração e a gerência executiva, cada um com suas funções bem definidas, profissionalizando assim a administração”, conta Leonardo.

“Também admiro a forma de trabalho da Capal, por ser fiel aos valores cooperativistas e manter seu foco no atendimento de seus associados”, complementa.

 Investimentos – Em 2016 foram R$ 29 milhões investidos, incluindo a abertura de uma nova loja na cidade de Ibaiti e a incorporação da COAC, da cidade de Curiúva. Para os próximos dois anos está previsto investimento de R$ 91 milhões, nas unidades da Cooperativa, principalmente em aumento da capacidade de armazenagem.

“Fizemos um plano de investimentos para os próximos dois anos. Queremos deixar nossas unidades preparadas e adequadas para atender o quadro de associados, que não para de crescer”, afirma o Superintendente.

“Em algumas unidades a capacidade de armazenagem, recepção e secagem vai dobrar. Acreditamos que o investimento em infraestrutura é necessário para atender a forte demanda dos associados”, completa.

A Capal – Estrutura – A Capal atua nos estados do Paraná e São Paulo, com quinze unidades próprias e cinco indústrias da Intercooperação. Hoje gera cerca de 700 empregos diretos e atua nos segmentos agrícola – soja, milho trigo e feijão – e na produção de suínos e leite. Em algumas áreas há cultivo de café.

Imprensa Capal

Ministro aceita Agravo e Marquito permanece como vereador

21/02/2017 22:170 comments
Ministro aceita Agravo e Marquito permanece como vereador

Jaguariaíva – A novela envolvendo a candidatura a vereador de José Marcos Pessa Filho (Marquito) do PSDB teve mais um capítulo nesta terça-feira, 21. Na semana passada, a Juíza Eleitoral Rafaela Mari Turra proferiu decisão em que solicitava o cumprimento de sentença monocrática dada pelo Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves da Silva. Com isso, Marquito perdia o cargo de presidente e consequentemente sua função como vereador eleito.

Porém, nesta semana o caso teve nova reviravolta. Advogados de Marquito entraram com um “Agravo Regimental” contra a decisão monocrática do Ministro do TSE. O Magistrado acolheu a ação e definiu que colocará o processo para análise do colegiado, ou seja, o caso será apreciado pelos membros da Corte Superior e posto em votação para saber se Marquito tem ou não razão em sua argumentação.

A Justiça Eleitoral já havia marcado para esta terça-feira, 21, a recontagem dos votos para formação do novo quociente eleitoral (sem os votos contabilizados a Marquito) que definiria o candidato que assumiria a função de vereador no lugar de Marquito. Porém, com a aceitação do Agravo, o processo foi momentaneamente suspenso, fazendo com que Marquito continue, pelo menos provisoriamente, em sua função até que seja dada uma solução definitiva no TSE.

Na noite desta terça-feira, 21, Marquito esteve conduzindo os trabalhos da sessão ordinária da Câmara Municipal. Ele não quis se manifestar em relação a decisão na Justiça. Em contato com a Juíza Rafaela Mari Turra, também nos foi informado, através de sua assessoria, que ela não se manifestaria em relação ao caso, “pois isso só causaria mais alvoroço na população”.

Polícia prende envolvidos em assaltos à Casa Lotérica e Correios

09:100 comments
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Arapoti – Na noite desta segunda-feira, 20, em ação conjunta das Polícias Civil e Militar, foram presas três pessoas envolvidas em diversos assaltos praticados na região. Dois homens, sendo um de 48 anos e 51 anos, e uma mulher, de 51 anos, foram detidos em uma residência no bairro Vila dos Funcionários. O trio é acusado de ter realizado o assalto à Casa Lotérica de Arapoti e à agência dos Correios de Wenceslau Braz.

Trio foi preso em flagrante na Vila dos Funcionários. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Os policiais chegaram até os envolvidos após um assalto ocorrido nesta segunda. Segundo relatório policial, dois elementos entraram em uma distribuidora, um deles portando uma arma de fogo, e levaram o dinheiro do caixa. Após o crime, fugiram em um veículo GM/Astra, de cor cinza.

Em patrulhamento, a equipe da Polícia Militar (PM) encontrou os suspeitos em uma residência no bairro da Vila dos Funcionários. No local, a PM apreendeu grande quantidade em dinheiro, um simulacro de pistola calibre .40 e 10 munições de calibres variados (.12 .22 .32).

Conforme a PM, os três suspeitos estariam envolvidos em diversos assaltos na região. Os veículos utilizados nos crimes, inclusive flagrados por câmeras de monitoramento de estabelecimentos assaltados, também foram apreendidos: um GM/Astra, de cor cinza, um VW/Gol, de cor preta e um Chevrolet/Vectra. Todos os itens apreendidos, bem como os três detidos, foram encaminhados à Delegacia da Polícia Civil de Arapoti.

(Fonte: Polícia Militar)

Veículos utilizados nos crimes foram apreendidos. Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

 

Com direito a cerimônia, Arapoti recebe Patrulha Escolar

20/02/2017 16:120 comments
Foto: Divulgação/Prefeitura de Arapoti

Arapoti – Em solenidade realizada nesta segunda-feira, 20, no Centro Estudantil, a cidade recebeu o Programa Patrulha Escolar Comunitária. Segundo a prefeitura, trata-se de um programa de assessoramento da Polícia Militar do Paraná à comunidade escolar, a fim de trabalhar ações preventivas e, em segundo plano, ações repressivas educativas.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Arapoti

A Patrulha Escolar foi criada em 2008 no Paraná com a finalidade de desenvolvimento da ampla rede de proteção à criança e ao adolescente por meio da educação preventiva. Aproximadamente 97% das atividades desenvolvidas no programa são de cunho preventivo, explica o 1º Tenente, Saulo Vinicius Hladyszwski. Entre as ações realizadas estão “análise de instalações físicas, diagnóstico da comunidade, aplicação de dinâmicas com os pais, professores, funcionários e alunos, patrulhamento diferenciado, palestras, aconselhamento com os alunos, entre outras”, acrescenta Saulo.

Esteve presente o prefeito Braz Rizzi; o 1º Tenente, Saulo Vinicius Hladyszwski; a chefe do Núcleo Regional de Educação, Durval Athaide Filho; a Secretária de Educação, Rosi Rogenski Ferreira; Vice-prefeita, Nerilda Penna; vereadores; e comunidade escolar.

Ao final da cerimônia, o prefeito recebeu a chave do veículo Renault Fluence ao qual auxiliará os dois policiais responsáveis pelo patrulhamento escolar da cidade.

Assessoria da Prefeitura Municipal de Arapoti

Operação policial prendeu dois na manhã deste sábado em Arapoti

18/02/2017 10:450 comments
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Arapoti – Operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar realizou operação na manhã deste sábado, 17. Dois elementos foram presos, um de 22 anos, acusado de homicídio, e outro de 26 anos, acusado de porte ilegal de armas e corrupção de menores. A ação foi coordenada pelo investigador da Polícia Civil, Angelo Simões e pelos soldados da PM, Laércio e Éverson.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

As prisões aconteceram às 6h30min. O jovem de 22 anos era procurado desde o ano passado. Ele seria o responsável pelo homicídio ocorrido no bairro Jardim Ceres no último dia 02 de julho, em frente a um estabelecimento comercial localizado na Rua Vicente Gabriel da Silva. Na ocasião, um adolescente de 15 anos foi alvejado com vários disparos de arma de fogo.

Já o rapaz de 26 anos, teria várias denúncias pelo crime de corrupção de menores. Na abordagem, além de uma arma ilegal, foi encontrada mais uma quantidade de droga. Junto com o mesmo, estavam alguns menores e outros maiores. Os dois elementos detidos na operação foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil, onde se encontram presos.

 

População lotou plenário da Câmara em audiência sobre Segurança Pública

09:450 comments
População lotou a Câmara Municipal

Arapoti – A audiência pública realizada na noite desta sexta-feira, 17, pode ser considerada um sucesso. Com grande presença de diversos setores da sociedade, os primeiros resultados  já começaram a ser colhidos. A Patrulha Escolar estará atuando nesta próxima semana na cidade. Também foram prometidos uma nova viatura e mais dois efetivos para os próximos meses.

A reunião pública contou com a presença dos deputados estaduais Paulo Litro (PSDB) e Requião Filho (PMDB). Representando o Comando da Polícia Militar do Estado, o Comandante da 3ª Cia de Castro, Tenente Leandro Azevedo, responsável pelo policiamento em toda a região. A audiência ainda teve a presença da vice-prefeita Nerilda Penna, do Comandante da PM de Arapoti, Subtenente William Santos, do investigador da Polícia Civil, Angelo Simões e do Promotor de Justiça, Eduardo Henrique Germano.

A sessão foi comandada pelo presidente da Câmara Municipal, Wesley Ulrich (Lelo) e teve como relator e secretário, o vereador Divair da Silva. Após a apresentação das autoridades que compuseram a mesa dos trabalhos, a população teve a oportunidade de falar, dando sugestões para a solução dos problemas da Segurança Pública. Entre os temas propostos pela sociedade, estavam: maior efetivo policial, novas viaturas, políticas públicas para o jovem, reorganização do Conselho Municipal de Segurança a atenção social para evitar que famílias desestruturadas sejam “criadouros” de futuros criminosos.

Deputado estadual Requião Filho (PMDB)

“O PMDB é um partido que colocou a segurança pública do Paraná em primeiro lugar. O atual governo mente descaradamente quando fala que contratou 11 mil novos policiais. Nós estamos inclusive processando o Governador por essa propaganda enganosa. Os policiais novos não recebem promoção e progressão salarial há muito tempo. Polícia boa, não é polícia em grandes números, é polícia bem treinada e com boa estrutura para realizar o seu trabalho” falou o deputado Requião Filho.

“Foi uma grande audiência pública, parabenizo o presidente Lelo e a todos os vereadores pela promoção desta reunião. Pudemos escutar a opinião de cada cidadão e entendermoss o que precisa ser mudado no município de Arapoti. Nos próximos meses, o Governo do Estado estará entregando uma viatura equipada 0km e também a disponibilizando mais dois policiais para contribuir na Segurança Pública do município” comentou o deputado Paulo Litro.

Deputado estadual Paulo Litro (PSDB)

Todas as demandas apresentadas pela população, segundo o vereador Divair da Silva, serão enviadas aos órgãos competentes. “Tivemos 11 propostas que serão enviadas ao Governo do Estado e outras 23 que serão cobradas do Município” esclareceu Divair. “Nossa Câmara quer dar cada vez mais voz a população. Juntamente com o Executivo e o Judiciário estaremos unidos para solucionar os problemas da Segurança. Podem contar com o nosso trabalho” concluiu o presidente Lelo.

Sociedade se une para exigir mais Segurança Pública para Arapoti

16/02/2017 09:420 comments
Sociedade se une para exigir mais Segurança Pública para Arapoti

Arapoti – Os recentes episódios, principalmente envolvendo assaltos a mão armada, fizeram com que diversos setores da sociedade local tomassem iniciativas para solicitar o aumento do reforço policial no município. Nesta semana, políticos e entidades protocolaram pedidos às autoridades competentes do Estado. As reivindicações foram encaminhadas ao Comando Geral da Polícia Militar e à Secretaria de Segurança Pública.

Maurício Tortato recebe vereadores que convidaram o Comandante para a audiência sobre Segurança Pública nesta sexta-feira,17, em Arapoti. Foto: Divulgação/Deputado Paulo Litro

Nesta quarta-feira, 15, os vereadores Wesley Carneiro Ulrich – Lelo (PSD), Divair da Silva (PV) e Zildinei Ferreira (PSC), juntamente com o deputado estadual Paulo Litro (PSDB) estiveram em reunião com o Comandante Geral da PM do Paraná, Coronel Maurício Tortato. Eles solicitaram o aumento do efetivo policial de Arapoti e também a realocação de novas viaturas. Hoje a cidade conta com apenas dois policiais em serviço e uma viatura velha para fazer o policiamento de 27 mil habitantes. O presidente Lelo, inclusive, esteve concedendo entrevista nesta semana à RPC TV sobre a insegurança vivida em Arapoti.

Ainda nesta semana, a Acisa (Associação Comercial e Industrial de Arapoti), representada por seu atual presidente, Jeovane Varela, e a Prefeitura Municipal, representada pelo Chefe de Gabinete, Edílson Corsini, estiveram em reunião na Secretaria de Segurança Pública do Estado do Paraná. A reunião foi intermediada pelo Secretário de Estado do Esporte e Turismo, Douglas Fabrício. A comitiva esteve solicitando o reforço do policiamento junto ao assessor do Secretário Wagner Mesquita de Oliveira,  Roberto Milaneze e o assessor militar, Tenente-Coronel, Nelson Ademar Piske.

Já o deputado estadual Evandro Araújo, em sessão na Assembleia Legislativa, apresentou requerimento ao Comandante da PM, Maurício Tortato, solicitando o reforço policial no município. A proposição do parlamentar foi aprovada e encaminhada com pedido de urgência ao Comando da PM. O parlamentar explica que recebeu o pedido da comunidade. Segundo a população, o município conta apenas com dois policiais militares para cuidar da segurança de cerca de 27 mil habitantes, ou seja, um policial para cada 13,5 mil pessoas. O aumento do efetivo vai ajudar a reduzir a criminalidade e sensação de insegurança dos moradores.

O Poder Judiciário também tem sido efetivo na solicitação por mais Segurança na cidade. O Promotor de Justiça, Eduardo Henrique Germano, protocolou ofício solicitando providências para o aumento emergencial do efetivo policial e também a disponibilização da mais viaturas. Dr. Eduardo também tem trabalho para reativar o Conselho Municipal de Segurança Pública (Conseg), órgão que contribuiria na conquista de benefícios na área de Segurança para a cidade.

Audiência Pública

Nesta sexta-feira, 17, a Câmara Municipal será palco de uma audiência pública para debater o tema. O objetivo dos vereadores é ouvir a população, para juntamente com a sociedade organizada, pressionar as autoridades públicas na resolução do problema. A audiência está marcada para às 19h e é esperada uma grande participação popular. Representantes do Estado e do Comando da PM estarão presentes na reunião.

Casa Lotérica de Jaguariaíva foi assaltada nesta terça

15/02/2017 15:440 comments
Casa Lotérica de Jaguariaíva foi assaltada nesta terça

Jaguariaíva – No fim da tarde desta terça-feira, 14, por volta das 17h15min, um elemento armado entrou na Casa Lotérica, localizada na Av. Antônio Cunha, e levou todo o dinheiro dos caixas. Conforme relatório policial, o assaltante estava sozinho e em posse de uma pistola. Ninguém foi ferido durante a ação criminosa.

Segundo testemunhas, ele deu voz de assalto às funcionárias do estabelecimento e recolheu o dinheiro dos caixas. Após o assalto, o elemento fugiu a pé, no sentido ao bairro Fluviópolis. A equipe da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, chegou a realizar patrulhamento, mas não obteve sucesso em localizar o criminoso.

Esta é a terceira vez em um mês que Casas Lotéricas da região são vítimas de assalto. Em Arapoti, foram dois assaltos. O primeiro no dia 17 de Janeiro, com situação semelhante a ocorrida em Jaguariaíva. O último foi no dia 03 de Fevereiro, quando dois elementos levaram o dinheiro dos caixas. Em nenhuma das ocasiões os criminosos foram presos.