quarta-feira, dezembro 1, 2021
Início Notícias Regionais Bom Negócio certifica 92 empreendedores em Ponta Grossa

Bom Negócio certifica 92 empreendedores em Ponta Grossa

LOGO_BOM_NEGOCIO_PARANAPara o empreendedor Rodrigo Pestroski, o Programa Bom Negócio Paraná (PBNP) proporciona conhecimento e informação além do conteúdo das apostilas. Pestroski faz parte da turma de 92 empreendedores que participaram do programa e receberam certificados pelo Núcleo de Apoio ao Empreendedorismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, na sexta-feira (15).

Falando em nome de turma, Petroski disse que ao se inscrever no PBNP buscava conhecimento para impulsionar sua empresa. O Bom Negócio Paraná oferece cursos gratuitos de capacitação gerencial e consultorias para micro e pequenos empresários. “Aprendi que empreender consiste em correr riscos, riscos calculados”, disse ele, destacando a preocupação da equipe da UEPG em ensinar a pescar com qualidade; empreender e saber vender o seu produto.

Nessa mesma linha, a aluna Edilaine Gonçalves disse que todos se tornaram de fato microempreendedores a partir de várias experiências e aprendizados que levarão para as empresas. “Mudar a nossa rotina é um compromisso”, afirmou.

Para a assessora em assuntos de extensão da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Sandra Cristina Ferreira, o Bom Negócio Paraná promove desenvolvimento e traz qualidade de vida para os paranaenses. O programa já capacitou mais de 15 mil empresários e empreendedores em todo o Estado com cursos de gerenciamento de negócios.

“São pessoas que passam a ter qualificação para ampliar os negócios, gerando renda e emprego”, comentou, afirmando que o programa cumpre seus objetivos e avança cada vez mais sobre todas as regiões do Paraná.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, observou que o Bom Negócio está inserido no Programa Universidade sem Fronteiras (UsF), iniciativa do Governo do Estado com participação das sete universidades estaduais paranaenses. “Trata-se de um investimento de R$ 14 milhões, financiado 83 subprojetos e três programas maiores, o Bom Negócio Paraná, o Núcleo de Estudos dos Direitos e Deveres da Infância e da Juventude e ao Patronato, que atende egressos do sistema penitenciário e beneficiários de penas e medidas alternativas a prisão”, disse Gomes.

O secretário afirmou que o programa contribui para a qualificação dos pequenos empresários e para o desenvolvimento da economia do Paraná. “Nesse momento de dificuldades econômicas, esse investimento tem importância ainda maior”, observa, ressaltando que é nessa situação que surgem novas ideias e a criatividade e o espírito empreendedor se sobressaem. Para ele, “investir nas pessoas é caminho para a superação da crise.”

O investimento na criatividade, na inovação e no empreendedorismo ganhou espaço na fala do reitor Carlos Luciano Sant’Ana Vargas, destacando que o Programa Bom Negócio Paraná chega hoje a todos os paranaenses nas modalidades presencial e a distância. Para ele, as universidades cumprem com o seu papel, retornando à sociedade os recursos arrecadados por meio dos impostos. “A Universidade tem muito mais a oferecer, com cursos de graduação, especialização e pós-graduação”, disse ele, chamando a atenção dos novos empreendedores para a importância de se manterem atualizados e em constante qualificação.

PROGRAMA – O Programa Bom Negócio Paraná, instituído em 2012, oferece cursos de capacitação gerencial e consultorias, gratuitas, para micro e pequenos empresários. Os cursos são realizados nas modalidades presencial e a distância (EaD) pelas universidades estaduais.

O curso é composto pelos módulos de Gestão de Negócios, Gestão Comercial, Gestão de Pessoas, Gestão Financeira e Gestão Estratégica. Além da capacitação, permite aos empreendedores o acesso a financiamentos, com juros a partir de 0,61% ao mês. As faixas de financiamento variam de R$ 300 a R$ 3 milhões, de acordo com a capacidade de cada empresário.

- Advertisment -