Polícia Militar monta forte esquema de policiamento para o Atletiba deste domingo | Folha Paranaense
Polícia Militar monta forte esquema de policiamento para o Atletiba deste domingo
07/05/2016 às 12:25
Curitiba, 04 de Maio de 2016, Reunião Atletiba 12º BPM,   Fotos: Cabo Valdemir da Luz.

Curitiba, 04 de Maio de 2016,
Reunião Atletiba 12º BPM,
Fotos: Cabo Valdemir da Luz.

A Polícia Militar montou um forte esquema de policiamento, com mais de 700 homens, para garantir a segurança dos torcedores que acompanharão o Atletiba deste domingo (08.05), que definirá o campeão paranaense deste ano. Para definir os horários de deslocamento das torcidas e outras questões relacionadas à segurança, foram realizadas reuniões na sede do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM).

“Agiremos de forma preventiva. Desde as primeiras horas da manhã vamos acompanhar a movimentação nos terminais de ônibus e deslocamentos das torcidas”, destaca o Comandante do 12º BPM, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto. “Tratamos com os representantes dos clubes e das torcidas que a tolerância será zero no que tange as questões de dano ao patrimônio público, de rixa e ou qualquer outro comportamento que coloque em risco a integridade das pessoas que forem assistir a partida. Atuaremos até o encerramento do clássico, patrulhando não só no entorno do estádio, mas também no centro da cidade e nas periferias”, afirmou.

A Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos também participará. O delegado Clóvis Galvão Bueno, disse que o objetivo é dar apoio à Polícia Militar na operação. “Há uma maior atenção porque se trata de um espetáculo que envolve emoção e muita rivalidade entre os clubes. Mas o planejamento feito pelo 12º BPM é eficaz e estaremos lá dando apoio a partir das 13 horas”, disse ele.

HORÁRIO DAS TORCIDAS – O esquema de segurança, que iniciará às 11 horas. Na reunião ficou definido que no período da manhã até 13 horas, a torcida do Atlético poderá usar o transporte público nos terminais. A partir das 13h30 é liberado para os torcedores do Coritiba. A Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 13º BPM e a Polícia Montada fará a escolta da torcida atleticana, às 14 horas, da sede da Fanáticos para o Couto Pereira e no retorno, após o término do jogo. Já a ROTAM do 20º BPM ficará responsável pela escolta do time do Atlético a partir das 13h45. Também foi acordado entre as torcidas de ambos os times que a Ultras e a Fanáticos poderão entrar no estádio com uma faixa, sete instrumentos e o uniforme das organizadas.

De acordo com tenente-coronel Zanatta, mais de 700 policiais militares farão a segurança na área interna e externa do estádio, além dos 10 pontos de bloqueios nas ruas próximas para evitar tumultos e garantir o acesso dos torcedores. “Não vamos permitir luta corporal, tumultos ou qualquer outro dano durante o jogo. Atuaremos com muita firmeza e determinação, antes da partida e após o encerramento, justamente para coibir situações de violência”, afirmou.

A PM atuará, além do entorno do estádio, nas praças da área central de Curitiba, nos eixos de deslocamentos de torcedores, terminais de ônibus e estações tubo nas proximidades do Couto Pereira. Qualquer ocorrência registrada a até 5 mil metros do local do jogo será encaminhada para a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos.

CUMPRIDAS – Segundo o Diretor da torcida organizada Fanáticos, Gilmar Alves de Lima, as recomendações feitas durante a reunião serão cumpridas. “Sempre divulgamos nas redes sociais e no nosso site como funcionará a escolta e outras questões. Pedimos a colaboração de todos os nossos associados para que não haja confusões”, disse ele. “Solicitamos para que todos os torcedores possam ir ao estádio com o espírito de paz, que fiquem longe de confusões e não excedam com as bebida alcoólicas”, acrescenta o Presidente da Império, Juliano Rodrigues.

“Pedimos aos líderes de torcida que nos auxiliem na identificação das outras torcidas, justamente para que possamos agir de uma maneira melhor. Estaremos monitorando as redes sociais, inclusive com o apoio do Ministério Público e também da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos”, finaliza o tenente-coronel Zanatta.

COMEMORAÇÃO – O time que vencer o campeonato comemorará o título no Couto Pereira, sendo um palco montado no local para a entrega da taça ao campeão. A torcida pertencente ao time perdedor deverá sair primeiro do estádio. A PM reforçará o policiamento na saída para evitar tumultos ou confrontos.

BLOQUEIOSA partir das 12 horas, os seguintes cruzamentos de ruas nas proximidades do estádio estarão bloqueados:

Ubaldino do Amaral com Amâncio Mouro

Mauá com Dr. Muller

Barão de Guaraúna com Augusto Severo

Simão Bolívar com Augusto Severo

Floriano Essenfelder com Alberto Bolliger

Mauá com Itupava

21 de Abril com Floriano Essenfelder

Ubaldino do Amaral com Floriano Essenfelder

Pedro R. de Moura com Augusto Severo

21 de Abril com Itupava.

PARTICIPAÇÃO – O esquema de segurança será coordenado pelo 12º BPM e contará com o apoio do 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM, Regimento de Polícia Montada (RPMon), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan), Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), Academia Policial Militar do Guatupê, 17º BPM, 22º BPM e da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da Polícia Militar. Conta com o apopio, também, da Guarda Municipal, da URBS, Secretaria Municipal de Trânsito, do Juizado Especial Criminal (Jecrim), do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Polícia Civil.

Deixe seu comentário