Vasco empata com Botafogo no Maracanã e é bicampeão carioca de forma invicta | Folha Paranaense
Vasco empata com Botafogo no Maracanã e é bicampeão carioca de forma invicta
09/05/2016 às 01:05

VascoO Vasco saiu atrás placar, sofrendo um gol no início do segundo tempo. O resultado levava a decisão para as cobranças de pênalti, pois o Almirante havia vencido o primeiro jogo pelo mesmo placar. Foi aí que apareceu a estgrela de Rafael Vaz. O defensou empatou a partida de cabeça e garantiu o triunfo cruzmaltino no Maracanã.

 

O JOGO

A partida começou de forma eletrizante. Aos dois minutos, Riascos teve a chance de abrir o placar após bom corta-luz de Julio dos Santos. O camisa 9 chutou sem força e Jefferson fez a defesa. No lance seguinte, foi a vez do Botafogo, com Gegê, em chute que Martín Silva defendeu. Assim como no primeiro confronto, o time adversário tentava marcar a saída de bola do Cruzmaltino no início do duelo. Porém, o Almirante conseguia chegar com mais perigo ao ataque, se desvencilhando bem da marcação imposta pelo rival.

Os dois times tentaram chegar em chutes de longa distância. Aos 10, Gegê chutou de fora da área e Martín ficou com a bola. Aos 30, Andrezinho arriscou de longe e a bola foi para fora. Muito pegado, o árbitro mostrou sete cartões amarelos apenas no primeiro tempo. Quatro para o time de General Severiano e três para o Cruzmaltino. Precisando do resultado, o Botafogo foi para o ataque e apareceu com perigo, aos 42, com Bruno Silva acertando forte chute e o goleiro vascaíno fazendo grande intervenção. Na última jogada do primeiro tempo, Nenê cobrou escanteio na cabeça de Jorge Henrique, que mandou pelo lado do gol, aos 46.

O segundo tempo teve o Vasco chegando com perigo, com o zagueiro Rodrigo cobrando falta firme, mas com Jefferson fazendo a defesa no meio do gol, aos três minutos. Na sequência, o Botafogo abriu o placar com Leandrinho, de cabeça, depois de cruzamento de Diego. Não demorou muito para o clube de São Januário buscar o empate. Aos dez, Rafael Vaz, que entrou no lugar de Luan no intervalo, cabeceou para o fundo da rede, aproveitando cruzamento de Nenê em cobrança de falta.

O time adversário se lançou ao ataque o Vasco esperava para sair no contra ataque em velocidade. Luís Ricardo, lateral botafoguense, aos 19, arriscou batida no canto direito do gol defendido por Matín Silva e o uruguaio efetuou outra grande defesa. Aos 23 foi a vez de Gegê chutar com força, para fora. O Botafogo pressionava e o time comandado pelo treinador Jorginho mantinha sua postura em campo. O Gigante apareceu com perigo em drible de Riascos pela esquerda, tirando o zagueiro e tocando para Andrezinho mandar uma bomba, e a defesa interceder. Com cinco minutos de acréscimo, o Vasco se defendeu bem e segurou o placar de 1 a 1, que garantiu o tréfeu para Saõ Januário.

FICHA TÉCNICA – VASCO X BOTAFOGO
Competição: 2º jogo da final do Campeonato Carioca de 2016
Local: Maracanã
Data: 08 de maio de 2016
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Público presente: / Pagantes: 60.000 / 53.634
Renda: R$ 2.705.750
Árbitro: Leonardo Cavaleiro
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Dibert Pedrosa Moises
Cartões amarelos: Luis Ricardo, Bruno Silva, Salgueiro e Leandrinho (Botafogo) / Rodrigo, Andrezinho, Jorge Henrique, Nenê e Rafael Vaz (Vasco)
Gols: Leandrinho (Botafogo) e Rafael Vaz (Vasco)
VASCO: Martín Silva; Madson, Luan (Rafael Vaz), Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Diguinho). Técnico: Jorginho.
Botafogo: Jéfferson; Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa (Diego); Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Gegê e Leandrinho (Neilton); Juan Salgueiro e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes.

Deixe seu comentário