sexta-feira, abril 16, 2021
Início Notícias Locais Jaguariaíva quer fechar com empresa do agronegócio para geração de 1.400 empregos

Jaguariaíva quer fechar com empresa do agronegócio para geração de 1.400 empregos

DSCN4114Jaguariaíva – A Prefeitura divulgou nesta sexta-feira, 20, que está trabalhando para atender todos os requisitos para mostrar sua aptidão à instalação de um grande complexo empresarial na área de agronegócios. A nova empresa, segundo o comunicado, deve gerar cerca de 1.400 empregos diretos, além de inúmeras oportunidades de trabalho e renda indireta na região. O nome da Indústria, porém, não foi revelado pela prefeitura.

O empreendimento, que receberá um aporte de R$ 200 milhões, está em fase de projetos. Reuniões com equipe técnica e sócios do grupo internacional responsável já ocorreram no gabinete do prefeito José Sloboda (Juca). O assunto também foi pauta de reunião da administração municipal com representantes do Governo do Estado.

Segundo a prefeitura, “as contas em dia e certidões negativas necessárias de Jaguariaíva é ponto bastante positivo para que a cidade seja contemplada com o novo investimento, uma vez que a empresa pode receber incentivos do Programa Paraná Competitivo.”

Também são pontos favoráveis de Jaguariaíva, apontados pelo comunicado para a atração de empresas, a infraestrutura urbana, seu entroncamento rodoviário, boa oferta de energia e água em abundância. A cidade conta ainda com instituições de ensino técnico renomadas para capacitação de mão-de-obra, que podem oferecer cursos de acordo com as necessidades do mercado. Há alguns anos a prefeitura também investe na capacitação básica dos jovens, através de seu Departamento de Ensino Profissionalizante.

Além desta grande empresa, outras duas estão em vias de se estabelecer em Jaguariaíva. Uma delas será fabricante de artefatos para construção civil e outra atua na área de produção de alimentos embutidos, com previsão de oferta de cerca de 50 empregos diretos.

Em plena operação já está a nova empresa instalada em janeiro deste ano no Complexo Matarazzo. Trata-se da unidade jaguariaivense da Coremax Artefatos de Papel, fábrica de tubos de papelão em espiral, leves e pesados. Inicialmente a unidade tem previsão de gerar 30 empregos diretos, com investimento de instalação na ordem de R$2 milhões. A nova fábrica atende a demanda de grandes indústrias papeleiras instaladas em Jaguariaíva e cidades vizinhas.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguariaíva

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane