Coxa perde para o Galo no fim e segue na Zona de Rebaixamento | Folha Paranaense
Coxa perde para o Galo no fim e segue na Zona de Rebaixamento
19/07/2016 às 13:06

O Coritiba foi a Minas Gerais na noite desta segunda-feira (18), enfrentar o Atlético-MG no estádio Independência. Sabendo que teria um desafio nesta 15ª rodada do Brasileirão, o Coxa jogou de forma equilibrada contra seu adversário, saiu atrás, conquistou o empate com gol de Carlinhos, mas cedeu o resultado já no fim do segundo tempo.

O jogo começou com um equilíbrio e uma certa vantagem do Coritiba. O Verdão se movimentava bem e marcava a saída de bola do adversário. No entanto, com o passar do tempo, os donos da casa acabaram tomando a frente do placar com gol de Robinho. No segundo tempo, veio o empate alviverde depois de um passe de calcanhar de Kleber e o gol de Carlinhos. O Atlético-MG voltou a frente no placar aos 38 minutos, novamente com Robinho, dando números finais à partida que aconteceu no horário novo do Brasileirão.

O Coritiba tinha uma difícil missão na noite desta segunda-feira: passar pelo Galo com o Estádio Independência cheio. Com o retorno de Carlinhos à equipe e atento à formação do adversário, o treinador Pachequinho optou por escalar a equipe com três volantes. O Coxa foi a campo com Wilson, Ceará, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos, Edinho, Alan Santos, João Paulo, Juan, Kleber e Kazim.

Apostando em uma marcação mais para cima, o time alviverde aproveitou a movimentação dos seus homens em campo para buscar ofensividade desde o início da partida.

002

Já no primeiro minuto de jogo, Kléber tentou a finalização e Victor defendeu. Mesmo jogando fora de casa, o Verdão buscou ficar mais com a bola nos pés. Aos 13’, Kazim recebeu a bola e tentou o passe rasteiro para achar Kléber, mas a bola foi muito forte e o goleiro do Galo ficou com a fácil defesa.

Na sequência, mais uma possibilidade do Verdão. Kleber achou Carlinhos entrando pela esquerda e ajeitou a bola. O lateral coxa-branca acabou pegando fraco na finalização. Pouco depois, o árbitro marcou a falta frontal a favor do Coritiba. João Paulo fez a cobrança com estilo e a bola passou muito perto do travessão, em uma boa chance do time paranaense. O próprio camisa 31 aproveitou o espaço aberto e emendou um chute de fora da área aos 18’.

A melhor chance do time da casa veio no minuto seguinte, no cabeceio de Carlos que foi por cima do travessão do Coxa. Aos 22’, Robinho recebeu na direita e mandou uma paulada em direção ao gol de Wilson, mas a bola balançou as redes pelo lado de fora.

O Coxa teve mais uma chance com Juan e o jogo parou para atendimento a Carlos. O atleta do Atlético-MG precisou ser substituído e quem entrou em seu lugar foi Lucas Pratto. Pouco depois da substituição, o Coxa acabou se desorganizando em campo. Aos 40’, veio o castigo do Coxa. Robinho apareceu livre na área e subiu para cabecear e abrir o placar no Horto.

Verdão consegue o empate, mas cede o resultado

O Coritiba voltou para a etapa complementar sem alterações. O jogo recomeçou bastante movimentado como no primeiro tempo. Aos cinco minutos, Wilson fez uma boa defesa e interceptou a jogada do Galo. Aos 12’, Fred recebeu já na pequena área e finalizou para fora.

Pouco depois, Kléber limpou a jogada e arriscou o chute, mas pegou fraco na bola. O jogo ficou muito truncado, com muitas faltas para os dois lados, até os 30 minutos. O time da casa segurava o placar, enquanto o Coxa buscava se reorganizar em campo.

Aí, veio o empate. Kleber recebeu a bola na entrada da área e deu um lindo passe de calcanhar para Carlinhos, que vinha entrando na área com velocidade e não desperdiçou a chance, para alegria da torcida coxa-branca.

A primeira substituição do Coxa foi a entrada de Bernardo no lugar de Juan. O Atlético-MG fez a segunda substituição com a entrada de Clayton no lugar de Maicosuel. O atleta que tinha acabado de entrar em campo fez o passe para colocar o Galo novamente à frente no placar e de novo com Robinho.

O Coritiba fez duas substituições de uma vez só, com a entrada de Felipe Amorim e Leandro, no lugar de Edinho e Alan Santos. O Coxa ainda teve uma bola levantada na área na última jogada da partida, mas sem sucesso. Felipe Amorim subiu para cabecear e a bola foi por cima do gol.

Próximo jogo

O Coritiba volta para a capital paranaense e treinará na quarta e na quinta-feira antes da viagem a Recife. No sábado, dia 23, a partir das 18h30, o Coxa enfrenta o Santa Cruz, na 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário