Richa destaca retomada das atividades do Jockey Club do Paraná | Folha Paranaense
Richa destaca retomada das atividades do Jockey Club do Paraná
29/08/2016 às 13:09

O governador Beto Richa prestigiou neste domingo (28) a 74ª edição do Grande Prêmio Paraná, a prova mais tradicional do turfe paranaense, promovida pelo Jockey Club e realizada no hipódromo do Tarumã, em Curitiba. “É muito bom ver o Jockei Club reerguido. Esse que é um patrimônio do Estado do Paraná”, disse o governador.

_MG_3175O evento, que reuniu cerca de 5 mil pessoas, marca a retomada do Jockey Club do Paraná, que reabriu no início desse ano depois de quase dois anos sem promover corridas de cavalos. Foram realizados nove páreos, incluindo o Grande Prêmio Paraná, que distribuiu R$ 50 mil para o haras Rio Iguassu, vencedor com o cavalo First Amour.

Richa entregou o prêmio Governador do Estado, um dos mais importantes do evento, ao proprietário do haras Belmont, Dante Franceschi, dono do cavalo Xaxexixoxu. O potro montado pelo jóquei Nelito Cunha foi o vencedor da corrida, levando a premiação de R$15 mil.

“Estou muito feliz em ver Jockey Club lotado com a retomada desse importante prêmio que é o mais tradicional do jóquei paranaense, com um número grande competidores e de pessoas participando desse evento”, disse o governador logo após a entrega do prêmio.

Richa, que foi cumprimentado por várias crianças e adultos que foram assistir às corridas, lembrou que é a primeira vez que participa da premiação como governador, mas que no passado já tinha acompanhando o pai, o então governador José Richa, na entrega do prêmio.

O presidente do Jockey Club do Paraná, Paulo Irineu Pelanda, destacou que a intenção é voltar a colocar o Grande Prêmio Paraná entre as principais provas do turfe nacional. “Ele é um dos quatro melhores do Brasil e nossa ideia é fazê-lo retornar ao posto que ocupava”, disse ao enfatizar que a ideia é voltar a atrair famílias para os eventos de turfe no Paraná.

Outros destaques foram os prêmios Ciro Frare (em 1.200 metros) e Primavera (em 1.600 metros, somente com a participação de éguas).

HISTÓRIA – A primeira edição do Grande Prêmio Paraná foi em 1942, quando o argentino Con Ochos sagrou-se vencedor. Entre os anos 1940 e 1960 as corridas de turfe costumavam reunir a elite política e econômica de Curitiba. Um de seus frequentares mais assíduos era o governador Bento Munhoz da Rocha.

Até 1955, a corrida era realizada nas dependências do extinto Hipódromo do Guabirotuba. Depois foi transferido para o hipódromo do Tarumã. Alguns dos cavalos vencedores da prova já foram exportados para os Estados Unidos e Dubai.

Deixe seu comentário