Aeroporto de Ponta Grossa terá voos comerciais a partir da próxima semana | Folha Paranaense
Aeroporto de Ponta Grossa terá voos comerciais a partir da próxima semana
06/10/2016 às 19:46

Ponta Grossa – A partir da próxima quinta-feira (13), a população dos Campos Gerais terá uma nova opção de voos comerciais regulares no Estado. Com investimentos de R$ 1,3 milhão do Governo do Paraná, viabilizados por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística, o aeroporto Sant’ana, de Ponta Grossa, iniciará suas operações comerciais em 13 de outubro. Antes da reforma, o terminal aéreo recebia apenas voos particulares de pequenas aeronaves.

Aeroporto de Ponta Grossa passa a contar com voos comerciais para Campinas. Foto: Rodrigo K. Silva

Aeroporto de Ponta Grossa passa a contar com voos comerciais para Campinas.
Foto: Rodrigo K. Silva

Os voos regulares devem beneficiar cerca de 750 mil habitantes de 19 municípios. As primeiras conexões regulares serão feitas exclusivamente entre Ponta Grossa e o Aeroporto Internacional de Viracopos (VCP), em Campinas (SP), pela Azul Linhas Aéreas.

A revitalização da estrutura para recepção dos passageiros e o novo sistema de iluminação da pista – que orienta as aeronaves para pousos à noite e também em condições climáticas adversas – atendem aos padrões exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Além dos investimentos do Governo Estadual, o aeroporto recebeu recursos da Prefeitura de Ponta Grossa e do governo federal para atender todas as especificações exigidas pela agência reguladora. Somados, os recursos somam aproximadamente R$ 14 milhões. A reforma durou cerca de 3 anos.

NA PRÁTICA – O início das operações do aeroporto Sant’ana deve gerar economia para os passageiros da região, uma vez que a opção mais próxima era o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, distante 140 quilômetros de Ponta Grossa.

“A região dos Campos Gerais é um dos principais polos industriais do Paraná. A regulamentação e o início dos voos comerciais em Ponta Grossa contribuirá significativamente para a economia paranaense, gerando empregos para a comunidade local e facilitando o deslocamento da população para viagens de negócios e lazer”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

Os voos regulares devem beneficiar cerca de 750 mil habitantes da região dos Campos Gerais, formada por 19 municípios – Arapoti, Carambeí, Castro, Curiúva, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

PRIMEIRO VOO – A Azul Linhas Aéreas, companhia que solicitou à Anac a operação de voos regulares entre Ponta Grossa e Campinas, já iniciou a venda de passagens. Os voos serão realizados com a aeronave ATR-72, com capacidade para 70 passageiros, padrão da empresa para atendimento aos aeroportos regionais.

A primeira viagem entre Campinas e Ponta Grossa será em 13 de outubro, com pouso previsto às 14h20 na cidade paranaense. Já a primeira decolagem de Ponta Grossa está programada para as 14h45, com chegada prevista no aeroporto paulista às 16h. A Azul iniciou a venda de passagens a R$ 119,90, valor que chegou a R$ 90,90 em tarifas promocionais.

PROTOCOLO – No último mês de julho, o governador Beto Richa assinou um protocolo de intenções entre o Governo do Estado e a Azul para a implantação do transporte aéreo regular em cidades ainda não atendidas pelo serviço. Além de Ponta Grossa, a previsão é que outros municípios como Umuarama, Guarapuava e Pato Branco sejam atendidos futuramente pela companhia.

Pelo acordo, a empresa receberá incentivos do governo estadual para a operação. A cada novo aeroporto atendido, o ICMS sobre o combustível, será reduzido em 2%. A alíquota, de 18%, passa para 16% com o início dos serviços aéreos em Ponta Grossa. A redução é progressiva na medida em que haja expansão para outras cidades, até o limite de 8%.

Ponta Grossa passou a ser o sexto aeroporto com voos da Azul no Paraná. A empresa também opera nas cidades de Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu.

Agência Estadual de Notícias

Deixe seu comentário