Wilson fecha o gol e Coritiba fica no zero a zero na partida contra o Botafogo | Folha Paranaense
Wilson fecha o gol e Coritiba fica no zero a zero na partida contra o Botafogo
31/10/2016 às 10:13

O time da casa ia dominando o jogo e o Coxa se segurava. A pressão foi esfriando conforme o cronômetro avançava e o Verdão tentava avançar e achar espaços. Aos 22’, o goleiro Sidão salvou o que seria o gol do Coritiba. Amaral subiu para o cabeceio e a bola foi defendida.

img-20161029-wa0006As outras duas substituições do Coxa foram a entrada do prata da casa estreante Geovane e Vinícius, nos lugares de Benítez e Leandro. Aos 29’, Kazim desviou de cabeça e Vinícius chutou cruzado, a bola bateu na trave e a zaga do Botafogo afastou.

Já aos 45’, depois de ter assinalado quatro minutos de acréscimo, o árbitro marcou uma falta perigosa para o time do Botafogo. E mais uma vez WILSON! Ele defendeu e fechou o gol após cobrança de falta de Camilo e desvio de Sassá.

O Coxa segurou a pressão do Botafogo até o fim e conquistou um ponto importantíssimo na rodada, principalmente se forem considerados os resultados dos jogos dos adversários que lutam contra o rebaixamento.

Próximo jogo

Depois de uma sequência intensa de jogos, na Copa Sul-Americana e no Brasileirão, o Coxa volta a ter uma semana de preparação até a próxima partida. O jogo será um desafio, contra o Atlético-MG, que briga na ponta de cima da tabela e empatou com o Flamengo. O duelo contra o Galo será no próximo domingo (06), no Couto Pereira, às 19h30.

Ponto conquistado! O Coritiba foi ao Rio de Janeiro, no fim da tarde deste sábado (29), enfrentar o Botafogo. No estádio Luso-Brasileiro, o Verdão foi guerreiro e somou mais um ponto na classificação do Brasileirão com um empate sem gols.

Com um primeiro tempo mais aberto, com chances para os dois lados, o Coritiba teve grande oportunidades com Leandro e Kazim. Mas era lá e cá. O Botafogo também assustou e Wilson fez ótimas defesas. Na etapa complementar, o time da casa foi superior, mas o Coxa se segurou e ficou com o empate. Muito por conta de mais de 45 minutos de defesas precisas do arqueiro coxa-branca. Confira na sequência como foi o jogo.

Primeiro tempo aberto com chances para os dois lados

O Coritiba entrou em campo depois de uma longa viagem de retorno da Colômbia, após a disputa da vaga na semifinal da Copa Sul-Americana. Sem poder contar com Luccas Claro, que saiu do último jogo com dores muscular, além de João Paulo, Juan e Kléber, esse último suspenso, o Coxa foi a campo com Wilson, Cesar Benitez, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos, Amaral, Gonzalez, Ruy, Iago Dias, Leandro e Kazim.

O time alviverde foi ao Rio de Janeiro buscando um bom resultado fora de casa. O jogo começou com as duas equipes tentando se encaixar em campo, com dificuldades de armação e efetividade nas jogadas. Enquanto o Coxa não conseguia se organizar em campo, o meia Ruy arriscava os chutes de fora da área, sem muita efetividade.

Aos poucos, o Coxa foi subindo para o ataque e encontrando espaços. Aos 14’, Iago tentou alcançar o lançamento, mas Sidão ficou com a bola. O Botafogo respondeu logo na sequência, após cobrança de falta de Camilo e Emerson Santos desvia de cabeça, para uma boa defesa de Wilson, que viria a ser o nome de destaque no primeiro tempo.

A melhor chance de abrir o marcador nos primeiros 45 minutos de jogo foi de Leandro. Uma bola lançada do meio de campo para a área, a zaga botafoguense tirou mal e Leandro ficou frente a frente com o goleiro. No lance duvidoso, ele recebeu uma carga na área, se desequilibrou e não conseguiu o arremate.

O Coxa ainda tentava avançar com Iago, Ruy, Kazim e Leandro, mas faltava um detalhe para a bola entrar. Após os 25’ de bola rolando, o Botafogo passou a ter controle do jogo, com o apoio de seu torcedor. No entanto, o camisa 10 coxa-branca, o turco Kazim, tentou aos 29’, um chute cruzado perigoso, mas Sidão defendeu.

Sassá, do time carioca, teve chance de abrir o marcador, mas ficou reclamando de falta na área. O árbitro nada assinalou. Aí o goleirão Wilson começou a aparecer ainda mais. Emerson Santos bateu de primeira e Wilson tirou de soco, com a mão trocada.

Pouco depois, o goleiro alviverde fez nova grande defesa, Rodrigo Pimpão chutou no cantinho, e Wilson tirou com a ponta dos dedos. Antes do apito final, ainda teve confusão. Depois de uma falta dura de Bruno Silva, o árbitro acabou expulsando o treinador Paulo César Carpegiani do banco. Para o segundo tempo, quem ficou no comando foi Rodrigo Carpegiani.

Wilson fecha o gol e Coxa garante ponto fora de casa

Para a etapa complementar, as equipes voltaram sem alterações. O time da casa começou melhor e logo teve chance de gol, mas Wilson fez a defesa e Amaral completou para fora. Minuto depois, Benitez tentou tirar de cabeça e Camilo aproveitou a sobra. O arqueiro alviverde fez novo milagre e fechou o gol coxa-branca.

A primeira substituição do Coxa foi a entrada de Thiago Lopes no lugar de Iago Dias. E se no primeiro tempo o goleiro Wilson foi o nome do jogo, na segunda metade da partida não foi diferente. A bola vinha da direita, da esquerda, do meio, rasteira, à meia altura… e ele defendeu tudo.

O time da casa ia dominando o jogo e o Coxa se segurava. A pressão foi esfriando conforme o cronômetro avançava e o Verdão tentava avançar e achar espaços. Aos 22’, o goleiro Sidão salvou o que seria o gol do Coritiba. Amaral subiu para o cabeceio e a bola foi defendida.

As outras duas substituições do Coxa foram a entrada do prata da casa estreante Geovane e Vinícius, nos lugares de Benítez e Leandro. Aos 29’, Kazim desviou de cabeça e Vinícius chutou cruzado, a bola bateu na trave e a zaga do Botafogo afastou.

Já aos 45’, depois de ter assinalado quatro minutos de acréscimo, o árbitro marcou uma falta perigosa para o time do Botafogo. E mais uma vez WILSON! Ele defendeu e fechou o gol após cobrança de falta de Camilo e desvio de Sassá.

O Coxa segurou a pressão do Botafogo até o fim e conquistou um ponto importantíssimo na rodada, principalmente se forem considerados os resultados dos jogos dos adversários que lutam contra o rebaixamento.

Próximo jogo

Depois de uma sequência intensa de jogos, na Copa Sul-Americana e no Brasileirão, o Coxa volta a ter uma semana de preparação até a próxima partida. O jogo será um desafio, contra o Atlético-MG, que briga na ponta de cima da tabela e empatou com o Flamengo. O duelo contra o Galo será no próximo domingo (06), no Couto Pereira, às 19h30.

Deixe seu comentário