Folha Paranaense esclarece matéria polêmica envolvendo presidência da Câmara de Jaguariaíva | Folha Paranaense
Folha Paranaense esclarece matéria polêmica envolvendo presidência da Câmara de Jaguariaíva
03/02/2017 às 16:40

Jaguariaíva – Na edição impressa do último dia 31 de Janeiro de 2017 (Nº 411) da Folha Paranaense foi publicada uma matéria afirmando que o presidente José Marcos Pessa Filho (PSDB) teve decisão favorável na Justiça para assumir a presidência da Câmara Municipal de Jaguariaíva e que o mesmo teria recebido orientação do Ministério Público (MP) para uma recontratação de assessores parlamentares.

Conforme ofício nº 003/2017/PJE enviado pela Promotoria de Justiça da 18ª Vara Eleitoral relatando serem inverídicas as informações publicadas no texto, reconhecemos o erro ao basear nossas informações em somente uma fonte, no caso o próprio presidente José Marcos Pessa Filho. Em relação a suposta recondução do mesmo a presidência, afirmamos que tivemos como fonte o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em seu acompanhamento processual de nº 0000191-79.2016.6.16.0018 conforme despacho no dia 10 de Janeiro de 2017 pela Juíza Eleitoral Livia Simonin Scantanburlo.

Porém a própria Promotoria, conforme o ofício, afirmou que não existe nenhuma decisão judicial referente ao registro da candidatura de José Marcos Pessa Filho.

Com relação as supostas recomendações do MP em relação a contratação de assessores, deixamos claro na divulgação da matéria que a fonte dessas informações é o próprio vereador. Porém, eu repórter Diego Soares reconheço o erro em não confirmar informações junto ao Ministério Público. O próprio MP afirmou que não existe nenhum parecer acerca das recontratações de assessores parlamentares.

Lamentamos pelas informações inverídicas publicadas e nos colocamos à disposição para trazer a verdade dos fatos, abrindo o espaço para que o Ministério Público possa trazer os devidos esclarecimentos com o mesmo destaque e proporção apresentados na matéria equivocada. Para confirmar nossa retratação em relação ao equívoco, estamos agendando uma entrevista com a Promotora Mariana Andreola de Carvalho e Silva.

Jaguariaíva, 03 fevereiro de 2017.

Diego Fernandes Soares

Redator e jornalista -DRT/PR 5005

FOLHA PARANAENSE

Augustinho Argemiro Ludwig

Diretor

FOLHA PARANAENSE

Deixe seu comentário