Ministro aceita Agravo e Marquito permanece como vereador | Folha Paranaense
Ministro aceita Agravo e Marquito permanece como vereador
21/02/2017 às 22:17

Jaguariaíva – A novela envolvendo a candidatura a vereador de José Marcos Pessa Filho (Marquito) do PSDB teve mais um capítulo nesta terça-feira, 21. Na semana passada, a Juíza Eleitoral Rafaela Mari Turra proferiu decisão em que solicitava o cumprimento de sentença monocrática dada pelo Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves da Silva. Com isso, Marquito perdia o cargo de presidente e consequentemente sua função como vereador eleito.

Porém, nesta semana o caso teve nova reviravolta. Advogados de Marquito entraram com um “Agravo Regimental” contra a decisão monocrática do Ministro do TSE. O Magistrado acolheu a ação e definiu que colocará o processo para análise do colegiado, ou seja, o caso será apreciado pelos membros da Corte Superior e posto em votação para saber se Marquito tem ou não razão em sua argumentação.

A Justiça Eleitoral já havia marcado para esta terça-feira, 21, a recontagem dos votos para formação do novo quociente eleitoral (sem os votos contabilizados a Marquito) que definiria o candidato que assumiria a função de vereador no lugar de Marquito. Porém, com a aceitação do Agravo, o processo foi momentaneamente suspenso, fazendo com que Marquito continue, pelo menos provisoriamente, em sua função até que seja dada uma solução definitiva no TSE.

Na noite desta terça-feira, 21, Marquito esteve conduzindo os trabalhos da sessão ordinária da Câmara Municipal. Ele não quis se manifestar em relação a decisão na Justiça. Em contato com a Juíza Rafaela Mari Turra, também nos foi informado, através de sua assessoria, que ela não se manifestaria em relação ao caso, “pois isso só causaria mais alvoroço na população”.

Deixe seu comentário