quarta-feira, janeiro 20, 2021
Início Notícias Locais Capal : Crescimento de 32% foi um dos maiores do Paraná

Capal : Crescimento de 32% foi um dos maiores do Paraná

Arapoti – A Capal Cooperativa Agroindustrial registrou aumento de 32% em seu faturamento no ano de 2016. É uma das Cooperativas que mais cresceu no estado. O faturamento bruto foi de R$ 1.298.451 e marca a conquista do primeiro bilhão faturado pela Cooperativa.

A Capal teve um lucro líquido de R$ 42 milhões em 2016. Foto: Divulgação/Capal

“Foi um marco importante para a história da Cooperativa ultrapassar a barreira de um bilhão em faturamento, porém, acima de tudo, o importante é crescer de forma consistente e é isso que estamos fazendo, pois além do faturamento, também crescemos 35% nos resultados.”, ressalta Adilson Roberto Fuga, superintendente da Capal.

O resultado líquido foi bastante satisfatório, alcançando R$ 42 milhões. Além disso, a Capal também teve uma evolução expressiva em seu quadro social, fechando o ano com 2.616 cooperados, 23% a mais do que em dezembro de 2015.

As sobras do exercício à disposição da AGO totalizaram R$ 14,7 milhões.

“Se imaginarmos que o País vem atravessando uma grave crise econômica, com muitas empresas enfrentando grandes dificuldades, até mesmo de manter suas estruturas, a Capal demonstra solidez para continuar crescendo e se desenvolvendo”, complementa Adilson.

 Pré-assembleias e AGO – Todos os números de 2016 foram apresentados aos associados nas oito pré-assembleias, realizadas durante a última semana, e na Assembleia Geral Ordinária, no dia 18 de fevereiro em Arapoti.

Os números foram apresentados na assembleia realizada no último sábado. Foto: Divulgação/Capal

O cooperado de Wenceslau Braz, Anselmo B. da Silva, comentou sobre a participação na pré-assembleia. “Gosto de participar porque assim fico sabendo em detalhes o que acontece na Cooperativa, e também fico sabendo sobre o destino dos investimentos. Também é muito bom saber do grande crescimento da Capal neste período, pois todos fazemos parte disso”, afirma.

Na AGO, destaque para a presença do Superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, que comentou sobre o crescimento e sobre a gestão da Cooperativa. “Através da Ocepar acompanho a Capal há muitos anos e sei de sua história. Há alguns anos, quando passou por uma grande crise, a Capal aprendeu a se reerguer de forma organizada e se capitalizou, isso é um grande diferencial. Outra coisa que destacamos na Capal é a forma diferenciada de gestão, onde existe o Conselho de Administração e a gerência executiva, cada um com suas funções bem definidas, profissionalizando assim a administração”, conta Leonardo.

“Também admiro a forma de trabalho da Capal, por ser fiel aos valores cooperativistas e manter seu foco no atendimento de seus associados”, complementa.

 Investimentos – Em 2016 foram R$ 29 milhões investidos, incluindo a abertura de uma nova loja na cidade de Ibaiti e a incorporação da COAC, da cidade de Curiúva. Para os próximos dois anos está previsto investimento de R$ 91 milhões, nas unidades da Cooperativa, principalmente em aumento da capacidade de armazenagem.

“Fizemos um plano de investimentos para os próximos dois anos. Queremos deixar nossas unidades preparadas e adequadas para atender o quadro de associados, que não para de crescer”, afirma o Superintendente.

“Em algumas unidades a capacidade de armazenagem, recepção e secagem vai dobrar. Acreditamos que o investimento em infraestrutura é necessário para atender a forte demanda dos associados”, completa.

A Capal – Estrutura – A Capal atua nos estados do Paraná e São Paulo, com quinze unidades próprias e cinco indústrias da Intercooperação. Hoje gera cerca de 700 empregos diretos e atua nos segmentos agrícola – soja, milho trigo e feijão – e na produção de suínos e leite. Em algumas áreas há cultivo de café.

Imprensa Capal

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane