Construção de complexo avícola em Jaguariaíva foi assunto de reunião com vereadores e produtores rurais | Folha Paranaense
Construção de complexo avícola em Jaguariaíva foi assunto de reunião com vereadores e produtores rurais
11/03/2017 às 11:37

Jaguariaíva – O andamento do projeto de instalação do Complexo Industrial Avícola da GMH – General Mediterranean Holding foi apresentado aos vereadores, técnicos da Emater, alguns produtores rurais e Secretaria Municipal de Agropecuária e Meio Ambiente (SAMA) na terça-feira, dia 7, em Jaguariaíva. A reunião ocorreu no auditório do Departamento de Ensino Profissionalizante do município.

Entre os presentes estiveram o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasileira (CCIBRA), Ghassan Saab, o prefeito municipal, José Sloboda, a vice-prefeita Alcione Lemos, o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo (Smict), Pedro Leocádio Delgado, o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Leonardo von Liesengen e o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, José Marcos Pessa Filho (Marquito).

O destaque na reunião foi o anúncio pelo prefeito José Sloboda sobre a contratação de financiamento do Governo do Estado, na ordem de R$4.600 milhões, para aquisição das áreas necessárias à construção. Conforme Sloboda, em janeiro já havia sido feito à Câmara o pedido de autorização para a operação. Neste meio tempo, com apoio do Governo do Estado, também foi cogitada a compensação de créditos de ICMS à empresa detentora das terras, a Klabin, para desapropriação das áreas.

Conforme o prefeito, a proposta foi apresentada à empresa, contudo como o processo de habilitação ao programa poderia levar até um ano, ele teve de ser substituído por uma solução mais célere. “Tudo o que nos comprometemos a fazer no protocolo de intenções para instalação desta empresa nós estamos cumprindo”, destacou o prefeito. De acordo com ele, com a posse das áreas, passará pela Câmara de Vereadores o processo de transferência do imóvel.

Na ocasião Saab destacou a importância do incentivo aos produtores da região ao trabalho integrado ao frigorífico através das granjas de frango. Também parabenizou a administração municipal pelo empenho em viabilizar a contrapartida do município para a construção do complexo, com investimentos próximos a U$400 milhões.

O secretário Pedro Delgado, que esteve presente na reunião com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, comemorou o importante passo, destacando que nenhum município paranaense conseguiu neste ano recursos deste porte, provenientes do Governo do Estado, em virtude do momento econômico crítico. Acrescentou que Jaguariaíva obteve tal concessão porque o complexo deve alavancar a economia e a geração de emprego e renda na região.

A vice-prefeita Alcione também se pronunciou. Ela valorizou o trabalho da administração, que não tem medido esforços para oferecer todos os incentivos possíveis para a vinda desta nova e grande empresa, incentivando ainda os representantes da GMH a tornarem o projeto em realidade.

Deixe seu comentário