Ipiranga vence RS Motos e conquista bicampeonato do futsal municipal | Folha Paranaense
Ipiranga vence RS Motos e conquista bicampeonato do futsal municipal
13/06/2017 às 09:56

Arapoti – Uma grande festa do esporte. É assim que pode ser definida a decisão da Copa Hendrio Prestes de Futsal ocorrida na noite desta segunda-feira, 12, no Ginásio Otacílio de Souza (Bigodão). Os mais de mil presentes puderam acompanhar a vitória por 4 a 3 do Ipiranga sobre a forte equipe do RS Motos de Ventania.

Ipiranga – Bicampeão do Futsal Municipal. Foto: Elliezer J. Silva

O jogo literalmente só foi decidido nos minutos finais, mantendo o suspense até o final da partida. No início, o time do RS Motos foi superior e chegou a abrir 2 a 0, com gols de Révinho, destaque da equipe de Ventania. Porém, a sorte da equipe do Ipiranga começou a mudar após a arbitragem anotar um pênalti em toque de mão do atleta Tico. Fabinho bateu e converteu. Antes do fim da primeira etapa, Tarzan em chute cruzado da esquerda, deixou tudo igual.

A partida foi para o intervalo equilibrada. Porém, no início do segundo tempo, em falta despretensiosa cobrada por Fabinho, o Ipiranga virou o marcador. Ele bateu por baixo da barreira e pegou o goleiro Felipão de surpresa. O RS Motos então partiu com tudo para cima e conseguiu empatar após boa jogada de Révinho. Ele passou pelo goleiro, ficou sem ângulo e cruzou a bola para a área. A pelota acabou desviando no zagueiro Fuinha e foi morrer no fundo das redes. Tudo igual novamente no marcador.

O jogo começou a ficar tenso com vários lances ríspidos. Em uma tentativa de contra-ataque, Fabinho foi puxado por Kiko do RS Motos. Como já tinha amarelo, acabou sendo expulso. Mesmo com um jogador a mais por dois minutos, o Ipiranga não conseguiu desempatar a partida. O jogo seguia para uma prorrogação quando aconteceu um dos lances mais contestados pelo time de Ventania. Fabinho, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura no atleta do Ipiranga. Os jogadores do RS Motos pressionaram o juiz para a expulsão, mas o árbitro não deu o cartão.

Faltando pouco mais de um minuto para o fim da partida, o próprio Fabinho, em jogada caraterística do Ipiranga, fez o gol do título. Escanteio batido por Tarzan na esquerda e canhonaço de direita Fabinho para o fundo das redes. 4 a 3 Ipiranga. Quando tudo parecia decidido, o RS Motos sofreu falta no setor de ataque e como o Ipiranga já tinha estourado o limite de faltas, o tiro foi direto. Aí surgiu a estrela do goleiro reserva Gabriel que fechou a meta, defendendo a cobrança de Révinho, e garantindo o título e o bicampeonato da equipe arapotiense, após sensacional defesa à queima-roupa com apenas 10 segundos.

Terceiro Lugar

Na primeira partida da noite, a equipe da Colônia FC venceu o Jakeline Modas por 2 a 1 e garantiu o terceiro lugar. Após os jogos, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer realizou a premiação do torneio. Além de troféus e medalhas, o campeão recebeu uma premiação de R$ 2 mil, o vice R$ 500 e o terceiro R$ 300. A decisão ficou marcada também pela homenagem à família de Hendri Prestes, esportista arapotiense, vítima de acidente de trânsito em Janeiro deste ano, e pelas apresentações artísticas de grupos de dança do município.

Deixe seu comentário