domingo, dezembro 5, 2021
Início ESPORTES Atlético derrota São Paulo e chega a terceira vitória consecutiva no Brasileirão

Atlético derrota São Paulo e chega a terceira vitória consecutiva no Brasileirão

O Atlético Paranaense reencontrou seu torcedor com vitória, na noite desta quarta-feira (21), após duas partidas fora de casa. O Furacão venceu o São Paulo por 1 a 0, com gol de Wanderson na primeira etapa, e alcançou a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 11 pontos e ocupa momentaneamente a 12ª posição.

O próximo compromisso pelo Brasileirão será no domingo (25), às 16h, contra o Vitória, no estádio atleticano. Os ingressos começam a ser vendidos nesta quinta-feira (22).

O jogo

Empurrado pela torcida, o Furacão começou bem a partida e abriu o placar logo no início.

Aos três minutos, Grafite recebeu de Rossetto e bateu forte, para defesa do goleiro Renan. Na jogada seguinte, cobrança do escanteio de Nikão pelo lado esquerdo, Wanderson tentou duas vezes para balançar as redes. A primeira tentativa foi de cabeça. Na sobra, com a perna esquerda, ele bateu rasteiro para fazer 1 a 0!

Ainda pressionando o adversário, o Rubro-Negro criou uma boa chance já no minuto seguinte, com Nikão. Ele fintou o marcador e finalizou, para intervenção de Renan.

A resposta do São Paulo veio aos sete minutos. A bola ficou “viva” dentro da área após cobrança de escanteio e Wanderson apareceu para cortar.

Aos 11’, Lucho apareceu bem no ataque. Ele finalizou de primeira após cobrança de escanteio e mandou por cima.

Dois minutos depois, Lucho apareceu com destaque novamente, mas desta vez na defesa. Em uma chance boa da equipe paulista, o volante estava bem posicionado para travar o chute.

Com 18 minutos, a equipe paulista teve nova oportunidade em cobrança de escanteio. Na primeira, Wanderson tirou. Cueva pegou o rebote e bateu para fora.

Aos 26’, o Furacão quase ampliou com Nikão. A jogada começou com Jonathan, na direita. Ele viu Rossetto no meio, que passou para Nikão, na esquerda, finalizar forte. Renan colocou para escanteio.

Na reta final da primeira etapa, o jogo ficou mais equilibrado e com muita marcação. As chances criadas foram em bolas levantadas na área. Em uma delas, aos 41’, Lucas Pratto finalizou de cabeça, à direita do gol defendido por Weverton.

Mas quem quase marcou mesmo foi o Furacão. Lugano recuou mal e a bola quase entrou. Rossetto estava próximo à jogada para conferir, mas a bola saiu em escanteio.

Logo no primeiro lance da segunda etapa, o time rubro-negro levou perigo. Carlos Alberto, que entrou no intervalo, recebeu no meio, carregou e bateu de perna esquerda para defesa do goleiro.

No minuto seguinte, Douglas Coutinho puxou um bom contra-ataque, driblou o defensor e tocou para Grafite, que finalizou na trave, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante.

Aos quatro minutos, Coutinho recebeu na entrada da área e bateu colocado. Renan fez a defesa em dois tempos.

Marcinho arriscou de longe aos dez minutos, fraco, e Weverton fez defesa tranquila, no meio do gol.

Em bola parada, o Atlético Paranaense levou perigo duas vezes seguidas ao gol do adversário. Na primeira, aos 20’, Nikão cruzou e Renan tirou de soco. A segunda, no minuto seguinte, teve desvio de Wanderson, mas ficou com o goleiro são paulino.

Aos 29’, Nikão tentou o cruzamento para Coutinho, dentro da área. A bola desviou na defesa e sobrou para Pablo, que tentou a finalização, travado pela defesa. Na sobra, Jonathan mandou por cima.

Em rápido contra-ataque, aos 34’, Nikão lançou Sidcley. Ele driblou o zagueiro, mas a bola foi longa demais e ficou com o goleiro.

Apostando nas bolas alçadas na área, o São Paulo levou perigo aos 37. Lugano desviou de cabeça um cruzamento e Weverton praticou a defesa.

No último lance, Wellington Nem bateu cruzado, de primeira, e a bola passou com muito perigo. Final de jogo, Atlético Paranaense 1 x 0 São Paulo!

Ficha técnica: Atlético Paranaense 1×0 São Paulo

Campeonato Brasileiro: Nona rodada

Data: 21/06/2017 [quarta-feira]

Horário: 21h45

Local: Estádio Atlético Paranaense, em Curitiba

Arbitro: Wagner do Nascimento Magalhães [FIFA, RJ]

Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa [FIFA, RJ] e Thiago Henrique Neto Correa Farinha [FIFA, RJ]

Quarto árbitro: Diogo Carvalho Silva [CBF, RJ]

Árbitros assistentes adicionais: Rodrigo Nunes de Sá [CBF, RJ] e Pathrice Wallace Corrêa Maia [CBF, RJ]

Público pagante: 19.150

Público total: 21.436

Renda: R$ 455.090,00

Atlético Paranaense: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto (Deivid, no intervalo) e Lucho González (Carlos Alberto, no intervalo); Nikão, Douglas Coutinho e Grafite (Pablo, aos 19’ do 2ºT).

Técnico: Eduardo Baptista

Gol: Wanderson, aos 3’ do 1º tempo.

Cartões amarelos: Jonathan, Sidcley e Pablo.

São Paulo: Renan Ribeiro; Éder Militão (Wellington Nem, aos 16’ do 2ºT), Lugano e Rodrigo Caio; Thiago Mendes, Jucilei, Cícero (Denílson) e Júnior Tavares; Marcinho, Cueva (Brenner, aos 30 do 2ºT) e Lucas Pratto.

Técnico: Rogério Ceni

Cartão amarelo: Lucas Pratto, Lugano, Wellington Nem

- Advertisment -