segunda-feira, julho 26, 2021
Início Notícias Locais GMH prossegue com processo de instalação do frigorífico em Jaguariaíva

GMH prossegue com processo de instalação do frigorífico em Jaguariaíva

Jaguariaíva – Muitos já se perguntavam sobre o andamento da instalação do complexo avícola da GMH (General Mediterranean Holding) no município de Jaguariaíva, questionando, inclusive, se o negócio não teria esfriado. Porém, nesta sexta-feira, 23, a assessoria de comunicação da Prefeitura divulgou que una nova fase do processo de instalação foi cumprida nesta semana.

GMH inicia nova fase de implantação do frigorífico. Foto: Divulgação

Conforme release distribuído a imprensa, representantes do grupo GMH se reuniram com a empresa Big Dutschman para discussão de projetos de instalação das granjas, matrizeiros, frigorífico, fábrica de ração, entre outros espaços do conglomerado. Também foram tratados assuntos ligados à licença prévia e outorga do Instituto das Águas do Paraná.

Durante a reunião de planejamento, realizada no escritório da GMH, na Cidade Alta, o prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda, reforçou o apoio e falou das providências da administração municipal para agilizar o início da instalação, visando a geração de empregos e desenvolvimento econômico para Jaguariaíva e região.

Desapropriação de Terrenos

Com a conclusão dos projetos técnicos e de posse das licenças ambientais necessárias ao início da obra, será finalizado o procedimento de liberação de mais de R$4 milhões, via Governo do Estado, para desapropriação dos terrenos onde será instalado o complexo avícola.  A prefeitura se comprometeu com essa contrapartida porque o empreendimento deve trazer cerca de 1.400 empregos diretos, entre outros indiretos, atendendo assim uma necessidade urgente da população.

A expectativa, segundo Sloboda, é que as licenças ambientais sejam liberadas nos próximos dias. Na agenda do prefeito de Jaguariaíva e representantes da GMH estão programadas para a próxima semana reuniões em órgãos ambientais e visita técnica a um frigorífico em Toledo.

Cadastro de Produtores Rurais

Paralelo às providências ligadas à documentação, ocorre também o pré-cadastro de produtores rurais da região interessados em instalação de granjas agregadas em suas propriedades. Para facilitar esse atendimento os produtores estão sendo cadastrados em espaço cedido na Secretaria Municipal de Agropecuária e Meio Ambiente (SAMA).  Conforme Sloboda, a adesão dos futuros cooperados está superando as expectativas, garantido com isso o suprimento de frangos que serão necessários para o abate diário.

O Projeto

Com capacidade de abatimento de até 400 mil aves ao dia, o produto do frigorífico local será voltado principalmente ao mercado europeu e Oriente Médio, terra do investidor majoritário, o empresário Nadhmi Auchi.

O grupo GMH deve investir cerca de R$1,5 bilhão na obra. Sloboda salienta que o processo de instalação está em pleno andamento, porém o trabalho é grande e criterioso, o que se justificada pelo montante de investimento destinado, além do uso dos recursos naturais e exigências de se produzir com redução de impactos ambientais.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguariaíva

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane