segunda-feira, janeiro 18, 2021
Início Notícias Locais “O objetivo é garantir a pacificação e a redução da criminalidade” afirma...

“O objetivo é garantir a pacificação e a redução da criminalidade” afirma novo delegado

Jaguariaíva – Na última sexta-feira, 23, apenas uma semana após assumir o comando da Polícia Civil, o novo delegado, Derick Moura Jorge, já realizou sua primeira operação. A ação realizada nos municípios de Jaguariaíva e Sengés resultou na prisão de três elementos envolvidos com roubos na região.

Esse tipo de operação, segundo o próprio delegado, será cada vez mais constante. Com apenas 27 anos de idade, o jovem delegado não se intimida com a pouca idade e acredita que a sua juventude permite lhe trazer um bom conhecimento da realidade e o desejo de mudar as coisas.

Formação

Derick é filho de Jaguariaíva. Se formou em Direito na UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) em 2012. Iniciou sua carreira como analista jurídico, após ser aprovado em concurso no Ministério Público da União, atuando na Procuradoria do Trabalho em Ponta Grossa. No início do ano passado, Derick assumiu o comando da Polícia Civil da comarca de Reserva, após ser aprovado no concurso de delegado.

Após 1 ano e dois meses de trabalho, Derick destacou que conseguiu reduzir o índice de crimes violentos, uma das maiores preocupações da comunidade local. “No ano de 2016, Reserva teve 22 homicídios. Somente neste  ano, o índice caiu para apenas seis, até o início do mês de junho” ressaltou o delegado.

Desafio

No último dia 16 de Junho, ele assumiu o comando da delegacia da Comarca de Jaguariaíva. “Sabemos que o problema maior em Jaguariaíva não são os homicídios, como em Reserva, mas sim os assaltos. Até por isso trabalharemos para reduzir este índice” comenta. No entanto, para reduzir os assaltos é essencial diminuir o tráfico de entorpecentes. “Hoje 90% dos crimes na região são relacionados ao tráfico” aponta Derrick.

Ele destaca três frentes de atuação; combate ao tráfico de drogas, conscientização da violência doméstica contra a mulher e a exploração sexual de menores. “Esses serão os nossos alvos principais para reduzir a criminalidade” diz. O fato de a cadeia ser desmembrada da delegacia, diferentemente de Reserva e a maioria dos municípios paranaenses, é apontado como positivo para que a equipe se concentre no trabalho de investigação.

Apoio do Cidadão

Derick também entende que a diminuição dos furtos e roubos depende da colaboração dos cidadãos. “Hoje os assaltos são a maior preocupação da população, mas é importante que o cidadão nos ajude, que venham até a Polícia e passem dados e prestem informações para podermos identificar os criminosos e pontos de venda do tráfico”.

Muitos dos furtos são praticados por menores, porém, ele acredita que a redução da maioridade penal no país não seria a solução para os crimes. “É complexo, mas mudar a idade só vai encher mais as cadeias e não vai resolver o problema em si, pois os criminosos vão se utilizar de menores de 16, 14 e assim por diante” explicou. Em sua visão, é necessário trabalhar em campanhas de conscientização em relação ao uso de drogas nas escolas para afastar os jovens do mau caminho.

Soluções

Outro ponto importante, debatido em audiência pública, e que ajudaria a inibir a criminalidade é a instalação de torres com câmeras de monitoramento em diversos pontos da cidade. “É uma boa solução apresentada durante a audiência e que facilitaria muito o trabalho de identificação de pessoas e veículos durante a prática de crimes, além de ser um inibidor natural do delito, já que o criminoso não quer ser identificado”.

Perfil

Quando questionado sobre o seu perfil como delegado, Derick não gosta de se definir de uma forma padrão. “Diria que não tenho um perfil estático. Gosto tanto da questão judiciária, de fazer os processos e inquéritos andarem, mas também sou adepto das operações policiais. Digamos que sou um misto entre dois tipos de perfil” explicou.

Além da realização de operações, o novo delegado entende que é importante a divulgação das mesmas. “Queremos transparência e mostrar à população a efetividade da polícia. Nosso objetivo é definido: garantir a pacificação e a redução da criminalidade”.

Com esse espírito é que Derick assume o comando da Polícia Civil de Jaguariaíva. “Como sou daqui, a minha vontade é a mesma da população e isso será uma das vantagens para juntos alcançarmos estes objetivos traçados” concluiu Derick.

Matéria Publicada na edição impressa da Folha Paranaense de 30/06/2017

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane