sexta-feira, outubro 22, 2021
Início Notícias Regionais Nova cadeia é inaugurada em Sengés

Nova cadeia é inaugurada em Sengés

Sengés – O secretário estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, participou nesta quarta-feira, 26, da inauguração oficial da Cadeia Pública Dr. José Elias Vilella Matos, em Sengés. O nome é uma homenagem a um dos advogados mais antigos da cidade.

Divulgação: AEN/PR

O projeto foi realizado com a participação da prefeitura em parceria com toda a comunidade, sendo utilizada mão de obra do Projeto Justiça Sem Grades.

A administração do local é feita pelo Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). “Sengés não tinha uma cadeia pública e mandava seus presos para outros municípios. Com essa unidade e a gestão do Depen, os policiais civis podem se dedicar ao trabalho de campo de investigação dos crimes”, afirmou o secretário Mesquita.

Iniciativas do delegado de Sengés, Renan Ferreira, com apoio do Poder Judiciário e Ministério Público, os projetos Justiça Sem Grades e Justiça Desenvolvendo visam estabelecer responsabilidade dos presos e auxiliar a comunidade de Sengés com mão de obra qualificada e execução de projetos de interesse social.

Os presos que se enquadram no perfil requerido pelos projetos têm um dia de remissão de pena para cada três dias trabalhados. Através de parcerias, receberão cursos profissionalizantes. Os detentos também estão fabricando blocos de concretos que serão doados para a comunidade. Sete presos já participaram do projeto, três permanecem e o índice de reincidência é zero.

A obra da cadeia foi custeada com recursos de um conselho da comunidade e tem capacidade para 52 detentos. “Esta é uma mostra do comprometimento de todos os entes da sociedade no municípios de Sengés com a gestão dos presos”, disse o secretário.

Na cadeia existem travas que impedem o contato do preso com os carcereiros. “As celas têm mais estrutura e capacidade para acomodar os presos de maneira adequada”, disse o chefe de cadeia pública Sebastião César de Araújo.

Para o juiz Marcelo Quentin, a cadeia pública é uma conquista almejada há anos. “Vai melhorar ainda mais a segurança pública no nosso município”, falou. Até então, a maioria dos presos da cidade era transferida para o município de Jaguariaíva.

Também participaram da inauguração o delegado-geral adjunto Naylor Gustavo Robert de Lima; o prefeito Nelson Ferreira Ramon, o juiz Marcelo Quentin; o promotor de Justiça, Antônio Murat Neto; e a presidente da Câmara Municipal de Sengés, Mariane Lupinacci.

AEN/PR

- Advertisment ----------------