quinta-feira, agosto 5, 2021
Início Notícias Locais Advogado alega que prefeito não foi notificado e sessão de cassação é...

Advogado alega que prefeito não foi notificado e sessão de cassação é adiada

Arapoti – Era para ocorrer nesta terça-feira, 12, o julgamento do processo de cassação do mandato do prefeito Braz Rizzi (DEM), mas o advogado de defesa alegou que tanto ele como o prefeito não foram notificados pessoalmente da realização da sessão. Com isso, a mesa diretora da Câmara decidiu adiar o julgamento para a próxima quinta-feira, 14, às 14h no plenário da Câmara Municipal.

A defesa do prefeito, logo no início da sessão, interrompeu a fala do presidente da Câmara, Wesley Carneiro Ulrich (Lelo) afirmando que a Casa estava “pulando” os trâmites normais e que não poderia continuar na reunião, pois não havia recebido a notificação da mesma. A sessão foi suspensa e na volta, o presidente decidiu acatar o pedido do advogado.

O prefeito, então, foi automaticamente notificado através do seu advogado presente na sessão e a reunião remarcada. “Lamentamos que isso tenha ocorrido, pois fizemos a notificação inclusive em Diário Oficial. Lamentamos principalmente pelo público presente que deixou seu trabalho e não pode acompanhar a sessão. Agora a reunião já está remarcada para quinta-feira” explicou o Presidente da Câmara, Wesley Ulrich (Lelo).

A solicitação de adiamento também partiu do vereador Victor Brondani. “O pedido foi feito para evitar a nulidade do processo futuramente” reforçou o vereador Victor.

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane