Menor foi o autor de homicídio de rapaz de 26 anos encontrado no Burrinho | Folha Paranaense
Menor foi o autor de homicídio de rapaz de 26 anos encontrado no Burrinho
10/02/2018 às 08:31

Arapoti – A Polícia Civil divulgou na noite desta sexta-feira, 09, o esclarecimento do homicídio ocorrido na madrugada em que Alexsandro Rodrigues dos Santos, 26 anos, foi morto com um golpe de faca após desentendimento com o autor do crime, um menor de 17 anos. O corpo da vítima foi encontrado pela manhã em um terreno baldio na Rua Geniplo Pedroso, na Vila Burrinho.

Arma utilizada no crime. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo a Polícia Civil, os primeiros levantamentos realizados, identificou a vítima como sendo morador da cidade de Castro-PR, mas que estava parando há um tempo na cidade de Arapoti. A Perícia foi acionada e o corpo encaminhado para o IML. Em seguida, o caso foi encaminhado para Polícia Civil para esclarecimento da autoria.

O investigador Angelo Simões e equipe de apoio estiveram no local. Foi verificado que a vítima havia sido golpeada por arma branca nas proximidades da linha de trem na rotatória e havia fugido até o local onde foi encontrada. Várias marcas de sangue foram identificadas no percurso.

Antes do fim da tarde, foi identificado um adolescente de 17 anos como autor da facada que vitimou o rapaz. Segundo foi apurado, a vítima, minutos antes de ser golpeada, teria ajudado o adolescente a socorrer a namorada que havia passado mal. Durante o auxílio, Alexsandro acabou furtando o celular da moça.

O casal, então, questionou a vítima sobre o paradeiro de celular. Houve um princípio de discussão entre o adolescente e a vítima. Os ânimos se acirraram e o adolescente buscou uma faca no veículo e atingiu o rapaz que fugiu em direção ao terreno onde foi encontrado morto. A Polícia informou que o celular foi encontrado ao lado do corpo da vítima por um morador vizinho ao local.

A faca estava no carro do menor. Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A namorada e o adolescente foram localizados e estiveram na Delegacia. O menor admitiu ter praticado o crime e encontra-se à disposição do Ministério Público. A faca usada no crime foi apreendida pelos investigadores no carro usado pelo adolescente e ainda estava com sinais de sangue.

O Delegado, Dr. Gumercindo Atahyde instaurou o procedimento apuratório de Ato Infracional e ressaltou que, com mais esse caso, a Polícia Civil de Arapoti tem um altíssimo índice de esclarecimento de homícidios, ficando próximo aos 100% esclarecidos, considerando os casos já encerrados.

 

Deixe seu comentário