Pelo Campeonato Paulista, São Paulo é derrotado em Itu | Folha Paranaense
Pelo Campeonato Paulista, São Paulo é derrotado em Itu
22/02/2018 às 09:32

No Estádio Novelli Júnior, em duelo atrasado da sétima rodada do Campeonato Paulista, o Tricolor foi derrotado pelo Ituano por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (21). Após largar atrás no placar, o São Paulo reagiu na segunda etapa e igualou o marcador com o gol de Cueva, mas sofreu o segundo gol quando era melhor na partida. Já nos acréscimos, a equipe teve um pênalti, mas o goleiro adversário defendeu e impediu o empate.

Apesar do revés, o time são-paulino se manteve na liderança do Grupo B, com dez pontos. No próximo final de semana, em busca da reabilitação, o Tricolor receberá a Ferroviária no Morumbi, em duelo válido pela nona rodada do estadual.

Para encarar o clube do interior, o técnico Dorival Júnior contou com a volta de Rodrigo Caio, que cumpriu suspensão no San-São. Apesar da bola notícia, a equipe teve desfalques: Petros (suspenso), Anderson Martins (aprimora a forma física após se recuperar de mialgia na região dorsal) e Morato (aprimora forma física após cirurgia no joelho).

Assim, o time foi escalado com Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson, Cueva e Nene; Marcos Guilherme e Diego Souza. Já os anfitriões atuaram com Vagner; Igor, Léo, Alison e Raul; Baralhas, Marcelinho, Serrato e Guilherme; Ronaldo e Claudinho.

No primeiro tempo, o Tricolor tentou trocar passes para chegar ao ataque, mas não conseguiu a penetração na área para criar as situações de gol.  O rival, em casa, buscava fazer valer o mando de campo e também buscava as jogadas na frente. Aos 22 minutos, em rápida escapada, Ronaldo tocou na saída de Sidão e inaugurou o placar antes do intervalo.

Na volta para a segunda etapa, com o intuito de dar novo ânimo ao time, o treinador são-paulino promoveu duas alterações: Valdívia e Tréllez entraram nos lugares de Nene e Diego Souza. Com as mudanças, o Tricolor melhorou no jogo e logo conseguiu deixar tudo igual aos seis minutos com Cueva: após jogada pela esquerda, o camisa 10 aproveitou bate e rebate para estufar as redes! 1 a 1!

E justamente quando era superior e buscava a virada, o São Paulo sofreu o segundo gol: aos 16 minutos, marcado por Alison. Sem desistir, o Tricolor se mandou ao ataque novamente e acuou o Ituano, que se fechou na defesa e conteve o ímpeto são-paulino. Já nos acréscimos, Tréllez foi derrubado na grande área e a arbitragem assinalou pênalti. Cueva cobrou, mas o goleiro Vágner espalmou e impediu o empate.

São Paulo

Deixe seu comentário