sábado, setembro 18, 2021
Início Notícias Locais Polícia esclarece homicídio de jovem em motel de Jaguariaíva

Polícia esclarece homicídio de jovem em motel de Jaguariaíva

A Polícia Civil divulgou no início da noite desta sexta-feira, 16, o esclarecimento do homicídio da jovem arapotiense Kaoanny Queiroz de 22 anos. A garota foi assassinada na última quarta-feira, 14, no  quarto de um motel localizado às margens da rodovia PR-151, entre Jaguariaíva e Piraí do Sul, com um tiro disparado à queima-roupa em sua testa.

De acordo com o comunicado divulgado, o serviço de inteligência integrado das Polícias Civil de Jaguariaíva e Arapoti atuaram em conjunto para elucidar o crime que chocou a população da região. Segundo informações preliminares divulgadas pela Civil, a jovem e outra amiga teriam ido ao motel durante a madrugada. Ao amanhecer, um funcionário encontrou a garota morta no quarto com um tiro na cabeça.

Cena do crime

A Polícia Civil esteve no local para estudar a cena do crime. Pelo que foi apurado, Kaoanny estaria de bruços na cama, possivelmente com as mãos apoiando o queixo, quando foi atingida com um tiro a “queima-roupa” de pistola 9.mm na testa. Pelas características apresentadas no local, o atirador estaria sentado na cama com as pernas esticadas, enquanto Kaoanny estaria de frente para o atirador deitada de bruços.

“O crime foi praticado com extrema frieza e covardia, impossibilitando qualquer reação da vítima ou mesmo que ela pudesse imaginar que o parceiro faria isso com ela”, disse um dos policiais que trabalham no caso. Depois de terem assassinado a jovem, o rapaz e outros acompanhantes fugiram do local. A jovem, que era moradora da cidade de Arapoti, foi velada e sepultada na cidade nesta quinta-feira, 15, sob forte comoção.

Suspeito

Enquanto isso, o serviço de inteligência formado por policiais da cidade de Jaguariaíva e Arapoti, trabalhavam intensamente para esclarecer a autoria do crime e conseguiram identificar Cassiano Esteves, conhecido como “Gordinho”, como o autor do disparo. As câmeras de monitoramento do estabelecimento noturno não contribuíram muito para identificação do autor, no entanto, os investigadores conseguiram localizar imagens de estabelecimentos comerciais e de uma lanchonete da cidade de Arapoti que flagraram a vítima e Cassiano horas antes do crime.

Além de Cassino, outro rapaz que o acompanhava também foi reconhecido. Segundo a Polícia, Cassiano encontra-se foragido e já possui outros mandados de prisão em aberto por supostamente integrar uma quadrilha com envolvimento no arrombamento e furto de uma loja em Jaguariaíva, por praticar assaltos com reféns, realizar roubos a postos de combustíveis e também por uma tentativa de latrocínio contra casal de médicos na cidade de Jaguariaíva.

Inicialmente o crime foi registrado como homicídio qualificado, mas a polícia não descartou a possibilidade da ocorrência de estupro contra a jovem, já que conforme foi apurado, ambos os rapazes estariam armados com pistolas de uso restrito no motel. Cassiano está sendo procurado pela polícia e segundo as primeiras informações, teria dito a várias pessoas que estaria integrando uma facção criminosa na cidade de Curitiba.

Por se tratar de extremo interesse público, as fotos do acusado foram divulgadas pela Polícia. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro poderá informar imediatamente a Polícia Civil pelos seguintes números (43) 3557-13-23; (43) 3557-30-93; (43) 3535- 67-21; (43)35357215 ou 190 da Polícia Militar ou ainda no privado do Facebook (Messenger) da Polícia Civil de Arapoti-PR.

Fonte: Polícia Civil

Polícia divulgou fotos do acusado que se encontra foragido. Foto: Reprodução/Facebook

- Advertisment -