sexta-feira, abril 16, 2021
Início ESPORTES Atlético vence o Santos na Arena e deixa a zona de rebaixamento

Atlético vence o Santos na Arena e deixa a zona de rebaixamento

O Atlético Paranaense reencontrou a vitória no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira (31), o Furacão fez uma boa partida e venceu o Santos por 2 a 0, no Caldeirão, chegando aos nove pontos.
Com o resultado, a equipe ocupa agora a 13ª posição na tabela de classificação. Thiago Heleno e Guilherme marcaram os gols do jogo.
No próximo domingo (3), o Rubro-Negro volta a campo para a nona rodada da competição nacional. O adversário é o América Mineiro, em Belo Horizonte (MG), às 16h.
De cabeça, Thiago Heleno abre o placar
A primeira chance da partida foi da equipe adversária. Aos dez minutos, Deivid Braz desviou de cabeça após cobrança de escanteio. A bola saiu à direita.
Mas quem abriu o placar foi o Furacão! Aos 17 minutos, Carleto cobrou escanteio da esquerda e Thiago Heleno testou firme na primeira trave. 1 a 0!
Carleto, novamente na bola parada, levou perigo aos 31’. Ele cobrou falta de longe e obrigou Vanderlei a fazer a defesa, espalmando para o meio da área. Na sequência, a defesa afastou.
Quatro minutos depois, quase saiu o segundo. Guilherme cruzou e Nikão apareceu em velocidade na segunda trave. Ele pegou bonito na boa, de voleio, mas parou no travessão.
Rubro-Negro amplia no início da segunda etapa
O Atlético Paranaense seguiu melhor na partida no segundo tempo. Aos oito minutos, saiu o segundo gol. Guilherme recebeu de Carleto na entrada da área, adiantou e sofreu a falta. Carleto foi para a cobrança e Vanderlei rebateu. Guilherme estava esperto na sobra e bateu cruzado para ampliar o marcador. 2 a 0!
Aos 25’, Lucho foi lançado na linha de fundo e cruzou para Guilherme. Ele tentou a finalização, travado. A bola sobrou para Pablo, que finalizou de carrinho. A bola saiu com perigo, à esquerda.
No lance seguinte, Pablo segurou a bola na meia-lua e aguardou a chegada de Carleto para fazer o passe. O lateral-esquerdo bateu de primeira, por cima.
A pressão seguiu. Aos 27’, Nikão ganhou do marcador e partiu em velocidade no contra-ataque. Ele achou Pablo do outro lado, livre, e fez o passe. O camisa 92 tentou o drible no marcador, mas foi desarmado.
O Rubro-Negro não desistiu de buscar o terceiro gol. Foram três oportunidades na mesma jogada. Primeiro foi com Carleto, que arriscou de longe para defesa do goleiro. A bola ia saindo para escanteio, mas Nikão foi buscar, fez a finta na marcação e bateu para nova defesa de Vanderlei. Na sobra, Lucho mandou de primeira para mais uma intervenção do arqueiro santista.
Ficha técnica: Atlético Paranaense 2×0 Santos
Campeonato Brasileiro 2018: Oitava rodada
Data: 31/05/2018 [quinta-feira]
Horário: 21h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba
Árbitro: Savio Pereira Sampaio – DF [categoria AB]
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade – DF [categoria AB] e Ciro Chaban Junqueira – DF [categoria AB]
Quarto árbitro: Luciano Benevides de Sousa – DF [categoria AB]
Assistentes adicionais: Rafael Martins Diniz – DF [categoria CD] e Christiano Gayo Nascimento – DF [categoria CD]
Público pagante: 8.204
Público total: 9.173
Renda: R$181.655,00
Atlético Paranaense: Santos; Wanderson, Thiago Heleno e José Ivaldo; Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães, aos 35’ do 2ºT) e Carleto; Nikão (Bergson, aos 46’ do 2ºT), Guilherme (Raphael Veiga, aos 33’ do 2ºT) e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz
Gols: Thiago Heleno, aos 17’ do 1º tempo, e Guilherme, aos 8’ do 2º tempo.
Cartão amarelo: Pablo
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Deivid Braz e Dodô; Renato (Bruno Henrique, aos 19’ do 2ºT) e Jean Mota; Eduardo Sasha, Diego Pituca (Léo Cittadini, aos 33’ do 2ºT) e Rodrygo (Yuri Alberto, aos 37’ do 2ºT); Gabriel Barbosa.
Técnico: Jair Ventura
Cartão amarelo: Bruno Henrique

 

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane