terça-feira, janeiro 26, 2021
Início Notícias Locais Polícia prende acusado de homicídio em motel de Jaguariaíva

Polícia prende acusado de homicídio em motel de Jaguariaíva

Jaguariaíva – Foi preso nesta segunda-feira, 02, em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, o suspeito de ter assassinado a jovem Kaoanny Queiroz de 22 anos. Ela foi morta com um tiro na cabeça no dia 14 de março. Seu corpo foi encontrado no quarto de um motel localizado às margens da PR-151 entre Jaguariaíva e Piraí do Sul. Cassiano Esteves Sardinha, 20 anos, foi preso com dois outros elementos durante patrulhamento da Polícia Militar a uma distribuidora.

Jovem de 22 anos foi morta em março deste ano. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo informações divulgadas pelo portal Bem Paraná, o acusado foi pego durante abordagem da PM que, em busca ao local, encontrou uma pistola 809 calibre 9 mm, com carregador sobressalente e uma caixa de munição. Na cintura de um dos indivíduos, tinha uma pistola modelo 100 calibre .40 municiada, com numeração suprimida.

De acordo com a publicação, no carro que estava com os suspeitos, a polícia localizou ainda uma pistola Glock modelo g17 com seletor de rajada e adaptador para pistola, espingarda calibre 12, marca Maverick, com 4 munições e um artefato pirotécnico com sistema de iniciação alterado.

Foi acionada a equipe anti-bombas da PM e isolado o local. A equipe realizou os procedimentos de isolamentos e contenção e remoção até a delegacia de Almirante Tamandaré. O veículo estava com as placas trocadas sendo que nas placas originais constava alerta de roubo. Todos foram encaminhados até a delegacia de Almirante Tamandaré.

Crimes em Jaguariaíva e região

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Jaguariaíva, Derrick Moura Jorge, o acusado permanecerá preso em Almirante Tamandaré. Ele possuía dois mandados de prisão em aberto, um por tentativa de latrocínio, contra o médico José Carlos Nisgoski, ocorrido em janeiro deste ano, e outro por homicídio qualificado, contra a jovem no motel. Ele também é suspeito de integrar uma quadrilha que praticou diversos roubos e arrombamentos a estabelecimentos na região. O delegado afirmou que os outros dois elementos presos na operação desta segunda, a principio, não possuem relação com os crimes praticados em Jaguariaíva e região. 

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane