Centro de Sismologia da USP confirma tremor de 2,8 graus em Piraí do Sul | Folha Paranaense
Centro de Sismologia da USP confirma tremor de 2,8 graus em Piraí do Sul
20/12/2018 às 16:07

Jaguariaíva – Desde a noite desta quarta-feira, 19, vários relatos nas redes sociais indicavam a ocorrência de tremores de terra nas cidades de Piraí do Sul e Jaguariaíva, nos Campos Gerais. Na tarde desta quinta-feira, 20, o fenômeno natural foi confirmado pelo Centro de Sismologia da USP (Universidade de São Paulo).

“Recebemos diversos telefonemas e mensagens de pessoas que sentiram um tremor na região dos chamados Campos Gerais, no Paraná. Uma análise mais detalhada dos registros das estações da RSBR confirma um pequeno sismo na cidade de Piraí do Sul (PR), ocorrido às 22:49:20 (Brasília), da noite de ontem, dia 19/12. O tremor teve uma magnitude mR de 2.8 (Escala Richter)” afirma o relato divulgado pelo centro de sismologia.

Ocorrido em Piraí do Sul, o tremor foi sentido também em Jaguariaíva, distante 45 quilômetros, como confirmaram diversos relatos publicados nas redes sociais. Apesar do susto, nenhum dano foi registrado.

Segundo o centro, eventos como esse não são incomuns e podem acontecer todas as semanas em qualquer parte do país e dificilmente causam algum dano relevante. O sismograma da imagem mostra o registro do tremor na estação de Fartura/SP, distante mais ou menos 120 km do epicentro.

Se você sentiu o tremor deixe seu relato aqui: http://www.moho.iag.usp.br/eq/dyfi

Sismograma da USP

Escala Ritcher

É uma escala que se inicia no grau zero e é infinita (teoricamente), no entanto, nunca foi registrado um terremoto igual ou superior a 10 graus na escala Richter. Um dos fatores é que ela se baseia num princípio logarítmico, ou seja, um terremoto de magnitude 6, por exemplo, produz efeitos dez vezes maiores que um outro de 5, e assim sucessivamente.

Os terremotos mais violentos já registrados atingiram 9,2 graus, no Alasca, em 1964, e 9,5 graus, em 1960, no Chile. Os dois apresentam magnitudes altíssimas, podendo causar destruição total de lugares habitados, porém, no primeiro caso, o sismo atingiu uma região pouco habitada. Já o terremoto no Chile, em 1960, atingiu uma área muito habitada, causando a morte de, aproximadamente, 5.700 pessoas, além de deixar mais de 2 milhões de feridos.

Este tremor registrado em Piraí do Sul, de 2,8 graus na Escala Richter, é considerado como muito pequeno e geralmente não é sentido, sendo apenas detectado/registado por sismógrafos.

 

Deixe seu comentário