Palmeiras derrota Mirassol de virada em estreia de gramado sintético | Folha Paranaense
Palmeiras derrota Mirassol de virada em estreia de gramado sintético
17/02/2020 às 09:15

O Palmeiras recebeu a equipe do Mirassol pela 6ª rodada do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, e venceu por 3 a 1 de virada. Todos os gols da partida aconteceram no segundo tempo. Os gols do Verdão foram anotados por Gustavo Gómez, de cabeça, Raphael Veiga e Luiz Adriano.

O jogador Luiz Adriano, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Mirassol FC, durante partida válida pela sexta rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na arena Allianz Parque.

Com 13 pontos (4v, 1e e 1d), o Palmeiras é o atual vice-líder do Grupo B – portanto, na zona de classificação –, atrás apenas do Santo André, com 15, sendo o segundo também na classificação geral do torneio. O Verdão detém o melhor ataque do torneio, com 13 gols – à frente do Mirassol, com 12; e também a segunda melhor defesa: apenas três gols sofridos, assim como o Santos e o Mirassol (o Novorizontino é o que menos sofreu gols, com dois tentos sofridos no certame).

O próximo compromisso do Palmeiras é contra o Guarani, novamente no Allianz Parque, na próxima quinta-feira (20), às 21h30, pela 7ª rodada. Já a 8ª rodada marcará o próximo compromisso fora de casa do Alviverde, contra o Santos, na Vila Belmiro, no sábado (29/02) – ou seja, só após o Carnaval.

O JOGO

Com um primeiro tempo morno e sem muitas chances neste domingo de pré Carnaval, o Palmeiras foi a equipe que mais dominou as ações e manteve a posse da bola. Com a partida estática, Vanderlei Luxemburgo resolveu mexer suas peças de xadrez e, já no intervalo, fez duas alterações: trocou Mayke por Gabriel Menino e Lucas Lima por Raphael Veiga.

O segundo tempo começou bem mais dinâmico, com as duas equipes buscando o resultado. Nos primeiros 10 minutos de bola rolando na etapa derradeira, o Alviverde chegou com perigo pelo menos três vezes: com Zé Rafael, Gabriel Veron e Felipe Melo. Aos 14 minutos porém, Rafael Silva arrancou pela esquerda para receber cruzamento de Maranhão e inaugurar o marcador. (Palmeiras 0x1 Mirassol)

Aos 20 minutos, sem nada a perder, o treinador esmeraldino fez sua última alteração: trocou Zé Rafael por Bruno Henrique no meio de campo. Em momento algum, apesar do tento sofrido minutos antes, o Verdão se deixou abalar. Mostrou um lado psicologico equilibrado e partiu com força para cima do adversário, princplamente depois de um gol oriundo de cobrança de escanteio batida por Gabriel Menino seguida de cabeceio certeiro de Gustavo Gómez aos 23 minutos (Palmeiras 1×1 Mirassol)

Depois disso, rapidamente, o Maior Campeão do Brasil se impôs em sua casa para os 26.538 torcedores presentes. Logo em seguida, aos 28 minutos, o volante Bruno Henrique sai em velocidade e cruza com classe, na medida para Raphael Veiga dar um toquinho de leve na bola e marcar o segundo do Alviverde, o gol da virada! (Palmeiras 2×1 Mirassol)

Mas o Palmeiras fechou mesmo o caixão do time visitante com Luiz Adriano, aos 31 minutos, após Gabriel Veron receber bola no lado esquerdo do campo, cruzar para o meio e tocar par ao camisa 10. O atacante, por sua vez, fez o que sabe fazer de melhor: balançou as redes ao dominar a bola e chutar colocado de direita. (Palmeiras 3×1 Mirassol)

Os três gols marcados em oito minutos pareceram desmotivar a equipe do Leão, que pouco conseguiu criar até a reta final do duelo. Gabriel Menino, até os minutos finais do prélio, chegou duas vezes com perigo ao ataque.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 1 MIRASSOL

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data/hora: 16/2/2020, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Público/renda: 26.538 presentes/R$ 1.543.471,14
Cartões amarelos: Gustavo Gómez e Felipe Melo (PAL) e Rafael Silva, Neto Moura, Kewin (MIR)
Cartão vermelho: –

GOLS: Rafael Silva 14’/2ºT (0-1), Gustavo Gómez 23’/2ºT (1-1), Raphael Veiga 28’/2ºT (2-1) e Luiz Adriano 31’/2ºT (3-1)

PALMEIRAS: Weverton, Mayke (Gabriel Menino intervalo), Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael (Bruno Henrique 20’/2ºT) e Lucas Lima (Raphael Veiga intervalo); Gabriel Veron, Willian e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

MIRASSOL: Kewin, Daniel Borges, Luiz Otávio, Reniê e Romário; Luís Oyama, Neto Moura (Matheus Rocha 11’/2ºT), Juninho e Chico; Maranhão e Rafael Silva (Marcelo Toscano 32’/2ºT). Técnico: Ricardo Catalá.

Deixe seu comentário